Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Os maiores clássicos de Faroeste no Festival 125 Anos de Cinema do Telecine
    Por Ygor Palopoli — 24 de fev. de 2021 às 21:30
    facebook Tweet

    Celebrando os 125 anos de cinema, o Telecine separou o melhor do Western para você!

    Ah, um bom e velho Western! Ou, como se popularizou por aqui no Brasil, o clássico Faroeste, um dos gêneros mais populares dentre os espectadores cinéfilos durante as décadas passadas. Responsável por influenciar a hegemonia do cinema de Hollywood através do universo mítico do velho oeste, este tipo de filme influenciou toda uma geração de obras que viriam nos anos seguintes.

    Aproveitando o Festival 125 anos de Cinema do Telecine, que acontece na plataforma de streaming e no Telecine Cult entre dezembro de 2020 e junho de 2021, o AdoroCinema resolveu trazer uma lista especial com os maiores clássicos de Western e Western Spaghetti, que tornou Clint Eastwood uma estrela e lançou ao mundo o diretor Sergio Leone e o maestro Ennio Morricone. Vamos conferir?

    POR UM PUNHADO DE DÓLARES

    Primeiro capítulo da famosa “Trilogia dos Dólares”, dirigida pelo lendário Sergio Leone, Por Um Punhado de Dólares conta a história de um pistoleiro sem nome (Clint Eastwood) que chega à San Miguel, uma cidade no México que faz fronteira com os Estados Unidos. 

    No entanto, o lugar está em guerra, dividido entre duas facções poderosas, os Baxters e os Rojos, e ambas querem o apoio do pistoleiro. Para ganhar dinheiro, ele aceita as duas propostas e passa a trabalhar para as gangues rivais.

    POR UNS DÓLARES A MAIS

    Segundo capítulo da trilogia, Por Uns Dólares a Mais agora traz Manco (Clint) perambulando pelas cidades do velho oeste americano em busca de um novo alvo. Ele o encontra quando vê o cartaz de procurado de Indio (Gian Maria Volonté), um perigoso bandido que também está sendo procurado pelo coronel Douglas Mortimer (Lee Van Cleef), outro caçador de recompensas. 

    Os dois partem no encalço de Indio mas, sem conseguir capturar o bandido nem eliminar o rival, eles precisam decidir entre unir forças ou serem eliminados pela gangue de Indio.

    ERA UMA VEZ NO OESTE

    Terceiro e último capítulo da trilogia, Era Uma Vez é, para muitos, a consolidação máxima do Western Spaghetti. No enredo, em virtude das terras que possuía serem futuramente a rota da estrada de ferro, um pai e todos os filhos são brutalmente assassinados por um matador profissional. 

    Entretanto, ninguém sabia que ele, viúvo há seis anos, tinha se casado com um prostituta de Nova Orleans, que passa ser a dona do local e recebe a proteção de um hábil atirador, que tem contas a ajustar com o frio matador.

    MATAR OU MORRER

    Partindo agora para o Western clássico, Matar ou Morrer é de 1952, marcando uma década muito importante não apenas para o gênero, mas também para o cinema, no geral. Aqui, Will Kane (Gary Cooper) é um xerife que fica sabendo na hora de seu casamento que ao meio-dia chegará um trem trazendo Frank Miller (Ian MacDonald), um criminoso que mandou para a cadeia e planeja se vingar. 

    Apesar de Amy (Grace Kelly), sua noiva, argumentar que devem ir embora, ele acha que fugirá para sempre se não enfrentar a situação. A população (com raras exceções) se refugia sem ajudá-lo, apesar dele pedir aos cidadãos para enfrentarem o pistoleiro e seus cúmplices.

    SETE HOMENS E UM DESTINO

    Já da década de 60, com remake feito recentemente, em 2016, Sete Homens e um Destino mostra um vilarejo mexicano onde os habitantes sofrem constantes ataques de um bando de pistoleiros liderados pelo temido Calvera (Eli Wallach). Cansados de serem saqueados, alguns moradores locais que não têm armas e muito menos temperamento violento viajam até a fronteira. 

    Lá, encontram Chris (Yul Brynner) e Vin (Steve McQueen), dois pistoleiros desempregados que estão dispostos, não pelo dinheiro mas pela aventura, a reunir mais cinco outros foras-da-lei, que concordam por motivos diversos, a defendê-los de Calvera. A vitória parecia assegurada, mas Calvera não desiste facilmente e volta ao povoado, obrigando Chris e seus companheiros a lutarem até a morte para salvar os habitantes da pequena cidade.

    OS BRUTOS TAMBÉM AMAM

    Mais um vencedor do Oscar na lista, Os Brutos Também Amam veio em 1954 e marcou de vez a década de 50 como consolidação do Western. Na história, o filho de humildes rancheiros passa a idolatrar o gentil e muito hábil pistoleiro Shane (Alan Ladd). 

    Ele, por sua vez, um forasteiro na cidade, ajuda o grupo de pequenos colonos a defender suas terras de capangas a serviço de um barão do gado. 

    Sabe o melhor de tudo? Todos estes clássicos da lista estão disponíveis na plataforma de streaming do Telecine, onde acontece o Festival 125 Anos de Cinema, com muitos outros filmes que representam a história do cinema como conhecemos! Aproveite para assinar e ter 30 dias grátis para assistir a mais de 2.000 filmes, incluindo os maiores sucessos dos estúdios mais renomados de Hollywood!

     
    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top