Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Os Irmãos Willoughby: 5 curiosidades sobre a animação da Netflix
    Por Amanda Brandão — 8 de mai. de 2020 às 12:00
    facebook Tweet

    A versão original conta com dublagem de Terry Crews.

    Na última semana de abril, chegou à Netflix Os Irmão Willoughby, animação que está acumulando elogios ao redor do mundo. Com direção e roteiro de Kris Pearn (Tá Chovendo Hambúrguer 2), o longa traz lições para as crianças e aborda questões familiares.

    Na trama, ao lado de seus irmãos gêmeos, Tim e Jane bolam um plano para se livrar dos pais egoístas, com o objetivo de escolher uma família que os valorize. Depois de colocá-los em uma viagem de férias, as crianças começam a aprender o verdadeiro significado dos laços familiares, e como nós temos o poder de contar com quem amamos.

    Além de promover uma experiência divertida e reflexiva, Os Irmãos Willoughby destaca ensinamentos importantes para os pequenos e também para os mais velhos. Aproveitando o sucesso do filme, a Netflix divulgou algumas curiosidades sobre a produção e o AdoroCinema destaca 5 nesta matéria.



    1. O filme é baseado em um livro

    Os Irmãos Willoughby é uma adaptação cinematográfica da obra de Lois Lowry, The Willoughby. Lançado em março de 2008, A obra que traz a história dos irmãos que decidiram ficar órfãos após sofrerem maus tratos dos pais foi premiada com um Newbery Honor.

    2. Os Willoughby aparecem em Interstelar

    Lançado em 2014, Interstelar faz uma pequena menção aos irmãos Willoughby, enquanto a animação também aproveitou para citar o longa estrelado por Matthew McCoughney. Em uma das cenas do filme da Netflix, os gêmeos aparecem lendo “Interstelar”, como referência à presença dos Willoughby no longa de Christopher Nolan.

    3. Homenagem à Mary Poppins

    Os Irmãos Willoughby presta uma singela homenagem à babá mais querida do mundo: Mary Poppins, do filme de 1964. Para isso, foi inserido o famoso guarda-chuva da personagem nas mãos da babá que aparece para cuidar dos irmãos.

    4. Referências à filmes clássicos

    O longa tem pequenos detalhes que são difíceis de se perceber mas que foram muito bem pensados, como por exemplo as várias referências à obras clássicas do cinema. A casa de doces do Comandante, por exemplo, foi levemente inspirada em João e Maria, enquanto o jardim da casa da família foi desenhado para lembrar O Jardim Secreto.

    5. Os personagens de Os Irmãos Willoughby são estilos musicais

    A música é uma das principais ferramentas do filme da Netflix e não está ali sem um propósito. A trilha sonos dos pais é sempre um jazz, baseado nas Big Bands do estilo swing, popular nos Estados Unidos entre 1935 e 1946. Já a música das cenas do bebê é sempre clássica, o gato é uma mistura de jazz, blues e rock e a do comandante é música eletrônica.

    Veja todas as curiosidades sobre Os Irmãos Willoughby:

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top