Minha conta
    Festival de Cannes 2019: Filme brasileiro Indianara, sobre ativista transexual, é selecionado para a mostra ACID
    Por Bruno Carmelo — 24 de abr. de 2019 às 10:02

    O cinema nacional terá cinco representantes em mostras competitivas.

    As conquistas do cinema brasileiro continuam no 72º Festival Internacional de Cannes. Após emplacar quatro filmes em três mostras diferentes (BacurauO Traidor na competição oficial, A Vida Invisível de Eurídice Gusmão na mostra Um Certo Olhar e Sem Seu Sangue na Quinzena dos Realizadores), a produção nacional foi incluída também na mostra ACID, que reserva pouco espaço para produções não-francesas.

    Indianara, de Aude Chevalier-Beaumel e Marcelo Barbosa, acompanha a luta da ativista transexual Indianara Siqueira pela defesa de indivíduos LGBT. O documentário segue tanto as disputas dentro do PSOL, partido do qual ela foi desfiliada, quanto o combate com o governo de extrema-direita.

    A mostra ACID privilegia o cinema radical, independente, e passa à margem das grandes produções na seleção oficial de Cannes. Mesmo assim, representa uma vitrine importante para obras de experimentação e cunho político.

    O Festival de Cannes 2019 ocorre entre os dias 14 e 25 de maio, e terá cobertura diária do AdoroCinema.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top