Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Roma, novo filme de Alfonso Cuarón, ganha teaser minimalista
    Por Renato Furtado — 25 de jul. de 2018 às 13:10

    O longa, um dos mais aguardados deste ano, será exibido nos principais festivais do segundo semestre, incluindo Veneza e Toronto.

    "Existem períodos na história que assustam sociedades e momentos na vida que nos transformam como indivíduos". Foi com esta enigmática e potente sentença que Alfonso Cuarón, vencedor do Oscar por Gravidade, divulgou o minimalista teaser de seu mais novo projeto: o aguardadíssimo Roma, produzido pela Netflix, selecionado para os festivais de Veneza, Toronto e Nova Iorque e fortíssimo candidato à temporada de premiações 2018/2019.

    Até o momento, pouco se sabe sobre a trama do vindouro drama, primeiro filme de Cuarón em cinco anos. Elogiado pelos diretores das mostras onde será exibido ainda neste fim de ano de 2018, Roma, uma espécie de autobiografia de seu realizador, narra a história de uma família de classe média cujo motor principal é a empregada Cleo (Yalitza Aparicio) - provavelmente a "protagonista oculta" do teaser. Ao lado de Adela (Nancy García García), sua ajudante, Cleo precisará fazer o possível para apoiar a patroa Sofia (Marina de Tavira) em tempos politicamente conturbados.

    Ambientado na década de 1970 e explorando os diversos acontecimentos que impactam a vida da família no centro do drama, Roma trata diretamente do período de queda do PRI, ou Partido Revolucionário Institucional, força política que governou o México de 1929 até 1995; o drama também deve ficcionalizar os eventos da tragédia que ficou conhecida como El Halconazo, uma chacina de estudantes que protestavam contra o governo, ocorrida em 1971.

    Roma - que será lançado nos cinemas, contrariando a estratégia de distribuição via streaming tradicional da Netflix por demanda do próprio Cuarón - ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonathan k_78
      vai ser uma obra-prima do Afonso Cuaron.
    Mostrar comentários
    Back to Top