Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    David Lynch anuncia aposentadoria do cinema
    Por João Vitor Figueira — 8 de mai. de 2017 às 17:56

    "...as coisas que fazem sucesso nas bilheterias não são as que eu queria fazer"

    Aos 71 anos de idade, David Lynch afirmou que não pretende mais dirigir filmes. De volta aos holofotes por conta do lançamento da nova temporada da cultuada série Twin Peaks, o cineasta famoso por explorar os limites entre sonho/pesadelo e realidade em filmes repletos de alegorias e da boa manipulação de mistérios se disse desencantado com o estado da produção cinematográfica atual.

    "Os filmes que fazem sucesso nas bilheterias hoje em dia são os que eu não quero fazer", contou o diretor americano em entrevista ao jornal The Sydney Morning Herald, sem esconder seu descontentamento com o status da indústria cinematográfica — já quando o assunto é a nova fase de Twin Peaks, Lynch desconversa e fala de forma bem mais enigmática.

    O último longa-metragem de Lynch foi o thriller Império dos Sonhos (2006), lançado há 11 anos, sobre os devaneios surreais de uma atriz na corda bamba da sanidade mental durante os preparativos para interpretar um importante papel. O elenco do filme contou com Laura Dern e Jeremy Irons. A reação da imprensa especializada foi positiva, mas as bilheterias, nem tanto, e a produção teve uma arrecadação mundial de apenas US$ 4 milhões.

    "As coisas mudaram muito nesses 11 anos, e uma dessas coisas é a forma como as pessoas percebem os filmes", argumentou Lynch. "Muitos deles não funcionam bem nas bilheteria apesar de serem grandes filmes."

    Elogiado como um dos grandes nomes do cinema estadunidense de sua geração, Lynch — que também é pintor, músico e fotógrafo — é o responsável por clássicos como o terror surreal Eraserhead (1977), o drama biográfico O Homem Elefante (1980), o neo-noir Veludo Azul (1986) e o suspense Cidade dos Sonhos (2001).

    "Sempre disse que há uma expressão védica: 'O homem tem o controle da ação, não dos frutos dessa ação'", avaliou o diretor sobre a forma que suas obras são recebidas pelo público."Quando algo termina, perde-se o controle sobre isso, e é o destino que decide".

    A terceira temporada de Twin Peaks estreia dia 21 de maio deste ano, com o retorno de vários atores e atrizes do elenco original. Como parte dos eventos que comemoram os 70 anos do famos festival, dois dos novos episódios da atração terão sua première no Festival de Cannes, que acontece entre os dias 17 e 28 de maio, com cobertura do AdoroCinema.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top