Minha conta
    CPH:DOX 2017: Quando o racismo no futebol faz com que a torcida se volte contra o próprio time
    Por Francisco Russo — 24 de mar. de 2017 às 17:30

    Conheça o incrível (e triste) caso do Beitar Jerusalem, que disputa a Liga Israelense de Futebol.

    Infelizmente, o racismo no futebol tem sido algo cada vez mais recorrente, replicando a segregação cada vez maior na própria sociedade. Mas o que poderia acontecer quando um time judeu, pela primeira vez na história, contratasse dois jogadores muçulmanos?

    Forever Pure traz justamente esta história, ao acompanhar a surpreendente e assustadora saga do Beitar Jerusalem, time da primeira divisão da Liga Israelense de Futebol que passou a ser boicotado pelos próprios torcedores, por não aceitarem de forma alguma a presença de árabes na equipe. E isto é apenas o começo...

    O AdoroCinema pôde assistir Forever Pure em seu último dia de cobertura no CPH:DOX. O desfecho do festival ficou por conta de The Cinema Travellers, uma viagem nostálgica pelos cinemas itinerantes existentes na Índia.

    Confira no vídeo o que achamos deles! Acompanhe também nossa cobertura ao CPH:DOX através do Instagram Stories!

    O AdoroCinema viajou a Copenhague a convite do CPH:DOX.
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top