Minha conta
    Novo filme dirigido por Karim Aïnouz acompanhará duas irmãs ao longo de três décadas
    Por Francisco Russo — 9 de ago. de 2016 às 18:12

    A Vida Invisível de Eurídice Gusmão.

    Ausente das telas de cinema desde 2014, quando lançou Praia do Futuro, o diretor Karim Aïnouz está com novo projeto na praça. Trata-se de A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, baseado em livro homônimo escrito por Martha Batalha, cujas filmagens terão início em 2017. O roteiro é do próprio diretor, em parceria com Murilo Hauser. O filme marca o reencontro de Aïnouz com o produtor Rodrigo Teixeira, com quem trabalhou em O Abismo Prateado. A história acompanhará duas irmãs entre as décadas de 1940 e 1970, período em que a mais extrovertida delas resolve fugir de casa com o namorado, enquanto a personagem-título passa a se dedicar para se tornar musicista. Com o tempo, ela precisa encarar as dificuldades da vida adulta em um casamento sem amor. A Vida Invisível de Eurídice Gusmão marcará o retorno de Aïnouz aos filmes com fortes protagonistas femininas, como aconteceu em O Céu de Suely e o próprio O Abismo Prateado. "Trata-se de uma crítica ao modo como os homens tratam as mulheres", afirmou Rodrigo Teixeira à Variety. "Karim Aïnouz é o diretor perfeito para explorar esta questão social, criando um poderoso melodrama", complementou. Até o momento, não há nomes cotados para o elenco.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top