Minha conta
    Cine Ceará 2016: Clever surpreende e ganha o prêmio principal do festival

    Comédia uruguaia supera Avó, Menino 23, Maresia e Clarisse. Júlio Andrade e Sabrina Greve confirmam favoritismo. O Teto Sobre Nós venceu como melhor curta-metragem.

    Depois de uma semana de exibição de filmes rodados no México, Uruguai, Cuba, Panamá, Cabo Verde e em todas as partes do Brasil, o 26º Cine Ceará chegou ao fim nessa noite de 22 de junho de 2016 com muita emoção.

    "Viva, Eusélio!", bradou Wolney Oliveira, celebrando o nome de seu pai, que foi assassinado cinco meses após a criação do Cine Ceará. Diretor do evento e cineasta bem-sucedido, Wolney chorou. Sem perder a força, reivindicando justiça pela morte de Eusélio Oliveira.

    E o grande vencedor do Cine Ceará 2016 foi surpreendente: o filme uruguaio Clever, que encerrou a mostra ibero-americana como a única comédia da competição (leia a crítica). Assim, o longa-metragem desbancou favoritos, como AvóMenino 23, Maresia e Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois — que venceram outros prêmios na noite. O Teto Sobre Nós, de Bruno Carboni, ganhou a competitiva brasileira de curtas-metragens.

    Confira todos os premiados:

    Mostra competitiva de longas-metragens

    Melhor filme: Clever, de Federico Borgia e Guillermo Madeiro

    Melhor direção: Marcos Guttmann (Maresia)

    Melhor roteiro: Bianca Lenti e Belisario Franca (Menino 23

    Melhor ator: Júlio Andrade (Maresia)

    Melhor atriz: Sabrina Greve (Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois)

    Melhor fotografia: Javier Agirre Erauso (Avó)

    Melhor montagem: Yan Motta (Menino 23)

    Melhor som: José Miguel Enríquez e Pablo Fernández (Epitáfio)

    Melhor trilha sonora: Ismael Varela (Clever)

    Melhor direção de arte: Avó, de Asier Altuna Iza

    Prêmio da crítica (Abraccine): Avó, de Asier Altuna Iza

    Mostra competitiva de curtas-metragens

    Melhor filme: O Teto Sobre Nós, de Bruno Carboni

    Melhor direção: Índios no Poder, de Rodrigo Arajeju

    Melhor roteiro: Fotograma, de Luís Henrique Leal e Caio Zatti

    Melhor filme cearense: A Festa e os Cães, de Leonardo Mouramateus

    Prêmio da crítica (Abraccine): Fotograma, de Luís Henrique Leal e Caio Zatti

    Mostra Olhar do Ceará

    Melhor filme: Cinemão, de Mozart Freire

    Prêmio da crítica: Antes da Encanteria, de Elena Meirelles, Gabriela Pessoa, Jorge Polo, Lívia de Paiva e Paulo Victor Soares

    Prêmios especiais

    Aquisição Canal Brasil (curta-metragem): USP 7%, de Daniel Mello & Bruno Bocchini.

    Olhar universitário (longa-metragem): Casa Blanca, de Aleksandra Maciuszek

    Olhar universitário (curta-metragem): Janaína Overdrive, de Mozart Freire

    Troféu Oscarito: Fotograma, de Luís Henrique Leal e Caio Zatti

    Prêmio Mistika: Fotograma, de Luís Henrique Leal e Caio Zatti 

    O Cine Ceará 2016 terminou com o filme O Estranho Caso de Ezequiel, de Guto Parente. Mas a noite mesmo só termina após a festa de encerramento, celebrada no Beach Park.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Back to Top