Minha conta
    20 grandes filmes com brigas de casais
    Por Bruno Carmelo — 4 de dez. de 2015 às 01:00

    À Beira Mar traz Angelina Jolie e Brad Pitt em crise, entre tapas e beijos. Lembre 20 grandes filmes (uns engraçados, outros sangrentos) sobre casais que se odeiam.

    17. Força Maior (2014)

    Uma família viaja a uma estação de esqui. Por um momento, uma avalanche desce na direção deles. A mãe corre para proteger os filhos pequenos, mas o pai sai correndo. Todos sobrevivem, entretanto, o resto da viagem será péssimo: como confiar no marido depois de uma cena dessas? O excelente drama de Ruben Östlund mostra todo o desconforto destas pessoas que tentam manter as aparências, mas não conseguem mais suportar a presença um do outro.

    Uma frase: "Eu sou apenas uma vítima dos meus instintos!", o marido se defende.

    Assista ao trailer


    18. Kill Bill - Volume 1 (2003) e Volume 2 (2004)

    Esta é menos uma "briga de casal" no sentido tradicional do termo do que uma história sangrenta de vingança. Mas não dá para esquecer que a trama é motivada por um crime passional: a Noiva (Uma Thurman) é atacada pela equipe de assassinos da qual faz parte, seguindo ordens de seu amante, Bill (David Carradine). Ela sobrevive, e parte em busca de vingança. Os reencontros entre eles são os melhores momentos da saga.

    Uma frase: "Aquela mulher merece vingança, e nós merecemos morrer".

    Assista ao trailer.


    19. Gata em Teto de Zinco Quente (1958)

    As brigas deste drama são bastante tristes: enquanto Maggie (Elizabeth Taylor) é ingênua, e passa seus dias implorando pelo amor do marido Brick (Paul Newman), ele não aguenta a presença dela, e não tem a menor vontade de agradá-la. Entre as várias brigas do casal, ele persegue sua "amada" com uma muleta dentro do quarto, ameaçando agredi-la.

    Uma frase: "Tome cuidado, Maggie, consigo ver as suas garras", diz o marido.

    Assista ao trailer


    20. A Garota Com a Pistola (1968)

    Numa cidade italiana católica e conservadora, o sexo só é permitido depois do casamento. A jovem Assunta (Monica Vitti) está apaixonada e cede aos flertes do namorado. Mas ele não tem a menor intenção de se casar, e foge para a Inglaterra, deixando-a desonrada, para a vergonha da família. Essa mulher determinada não pensa duas vezes: compra uma arma, uma passagem para Londres e vai atrás do homem da sua vida - e não pretende voltar sem uma aliança no dedo.

    Uma frase: "O dever do homem é tentar, e a obrigação da mulher é recusar", diz um personagem, explicando a moral machista da época.

    Assista ao trailer.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top