Minha conta
    20 grandes filmes com brigas de casais
    Por Bruno Carmelo — 4 de dez. de 2015 às 01:00

    À Beira Mar traz Angelina Jolie e Brad Pitt em crise, entre tapas e beijos. Lembre 20 grandes filmes (uns engraçados, outros sangrentos) sobre casais que se odeiam.

    13. Azul é a Cor Mais Quente (2013)

    A bela história de amor entre a adolescente Adèle (Adèle Exarchopoulos) e a artista Emma (Léa Seydoux) tem bons momentos juntos, mas com o passar do tempo, o relacionamento esfria e elas começam a se afastar uma da outra. O drama premiado em Cannes traz várias cenas marcantes de briga, como o momento em que Emma bate na namorada e a expulsa de casa após uma traição.

    Uma frase: "Eu tenho uma ternura infinita por você, e terei sempre, toda a minha vida", admite Adèle.

    Assista ao trailer.


    14. O Lobo Atrás da Porta (2013)

    Bernardo (Milhem Cortaz) está casado, mas se envolve com Rosa (Leandra Leal). O caso avança, até a inevitável separação. Entretanto, ela não está disposta a ser abandonada, e pensa na melhor maneira de chantagear o amor de sua vida. Como uma versão brasileira de Atração Fatal, os dois começam a se atacar - verbalmente, e depois fisicamente - até a briga tomar proporções impensáveis. Cuidado com esses dois, porque eles são perigosos.

    Uma frase: "Pelo amor de Deus, o seu casamento acabou, todo mundo vê isso! Dá uma chance pra gente!", ela implora.

    Assista ao trailer.


    15. Quem Tem Medo de Virginia Woolf? (1966)

    Adaptado da peça de teatro de mesmo nome, o drama de Mike Nichols mostra uma noite infernal com dois casais: de um lado, os amargurados George (Richard Burton) e Martha (Elizabeth Taylor), do outro lado, os recém-casados Nick (George Segal) e Honey (Sandy Dennis). A dupla mais velha passa a noite inteira se provocando, gritando, chantageando, para o desconforto dos convidados. Até a descoberta de um grande segredo... Os atores estão excelentes, e raros filmes conseguem criar diálogos tão perversos quanto os de Edward Albee.

    Uma frase: "Martha, na minha cabeça eu te imagino coberta de cimento até o pescoço. Não, até o nariz, é mais silencioso".

    Assista ao trailer.


    16. Que Fiz Eu Para Merecer Isto? (1984)

    Pobre Gloria. Esta dona de casa, interpretada por Carmen Maura, é agredida e violentada pelo marido, que não faz a menor questão de esconder suas traições. Ela ainda aguenta uma sogra insuportável, um filho traficante... Mas um dia ela explode. E quando Gloria explode, ela vai se vingar com toda a raiva contra seu marido. Pedro Almodóvar cria uma das cenas de briga mais engraçadas do cinema, envolvendo o poder assassino de uma coxa de frango.

    Uma frase: "Olhe Gloria, entendo que nem todo mundo pode ter um corpo como o meu, que deixa os homens loucos, mas as feias também poderiam ter um pouco de educação, não é?", diz a amante.

    Assista ao trailer.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top