Minha conta
    Diretor de documentário sobre Amy Winehouse irá produzir filme sobre a carreira do Oasis
    Por João Vitor Figueira — 4 de nov. de 2015 às 15:23

    Documentário sobre uma das maiores bandas britânicas dos últimos 25 anos conta com a direção de Mat Whitecross. Os produtores do filme terão "acesso sem precedentes à banda e a um arquivo inédito deles", de acordo com reportagem da NME.

    A trajetória da popular banda Oasis será retratada em um documentário desenvolvido pelo diretor Asif Kapadia, responsável pelo aclamados documentários Amy, sobre a cantora Amy Winehouse, e Senna, sobre o piloto brasileiro Ayrton Senna. A direção será de Mat Whitecross (Caminho para GuantanamoSpike Island).

    "O Oasis é sem nenhuma dúvida uma das clássicas bandas de rock britânicas, vendendo 70 milhões de álbuns no mundo inteiro e definindo a sonoridade de toda uma era. Liam e Noel Gallagher, o coração da banda, são dois dos melhores músicos que esse país já produziu. A sensibilidade e o estilo de Mat [Whitecross] serão o complemento perfeito para a história da formação de uma das maiores bandas de rock do mundo", afirmou Andrew Orr, diretor administrativo do estúdio Independent Films, em entrevista para o Screen Daily.

    O longa-metragem irá cobrir a jornada da popular banda inglesa a partir de sua formação, em 1991, quando os irmãos Noel e Liam se juntaram na cidade de Manchester e, começaram a produzir canções, influenciados pela sonoridade de bandas como Beatles, The Stone Roses e Happy Mondays. Em 1994, a banda lançou seu disco de estreia, o elogiado "Definitely Maybe", que os alçou ao estrelato do dia para a noite. No ano seguinte, o grupo despontou com o álbum "(What's the Story) Morning Glory?", que transformou os então novos ícones da música britânica em um fenômeno de escala global graças ao sucesso de faixas como "Wonderwall", "Don't Look Back in Anger" e "Champagne Supernova".

    O Oasis ganhou atenção da imprensa por conta das faíscas entre os irmãos Noel e Liam, que não hesitavam em difamar um ao outro publicamente, além do desdém que ambos tinham por quase todas as outras bandas contemporâneas a eles — o Blur era o alvo favorito dos irmãos Gallagher — e da maneira aberta com que falavam sobre o abuso de álcool e outras drogas. 

    Noel deixou o Oasis no ano de 2009, depois de 18 anos de estrada e 7 discos de estúdio. Após a saída do guitarrista e eventual vocalista, a banda acabou.

    O longa-metragem ainda não tem título ou previsão de estreia. De acordo com uma reportagem da NME, os produtores do documentário ganharam "acesso sem precedentes à banda e a um arquivo inédito deles".

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top