Minha conta
    Nicholas Hoult e Jack O’Connell podem atuar em drama sobre John Lennon e Brian Epstein, empresário dos Beatles
    Por João Vitor Figueira — 16 de out. de 2015 às 14:45

    A Life in the Day vai contar a história do "quinto beatle".

    Nicholas Hoult e Jack O’Connell podem atuar em A Life in the Day, de acordo com informações do site Deadline. O filme, cujo título inverte os termos da clássica canção que encerra o disco "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", irá contar a história do empresário Brian Epstein (1934 - 1967), que levou os Beatles ao estrelato mundial e gerenciou todos os contratos da banda mais popular do século XX até sua morte.

    Hoult, conhecido por sua atuação como o Fera nos mais recentes filmes da franquia X-Men e por seu trabalho como Nux em Mad Max: Estrada da Fúria, está cotado para o papel de Epstein. O'Connell, que estrelou Invencível e fez uma participação em 300 - A Ascensão do Império, pode ficar com o papel de John Lennon.

    Justin Chadwick (Mandela - O Caminho Para a Liberdade, A Outra) negocia para dirigir o projeto, que terá David Permut (A Outra Face, Charlie, Um Grande Garoto) como produtor.

    Ringo Starr, Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Brian Epstein.

    Alguns dos aspectos mais marcantes da vida pessoal de Epstein foram sua dedicação aos "quatro garotos de Liverpool" e sua homossexualidade, que apesar de velada, era conhecida pelos integrantes da banda. O empresário era viciado em anfetaminas e remédios para insônia, hábito que se tornou fatal. Ele foi encontrado morto em 1967, vítima de uma overdose acidental de um destes remédios. Em 1997, Paul McCartney afirmou: "Se alguém foi o quinto Beatle, esse alguém foi Brian".

    A relação entre Epstein e Lennon já foi muito descutido por historiadores do rock, jornalistas e fãs ao longo dos anos. Nesta semana, Yoko Ono, viúva de John, chegou a levantar a possibilidade de seu marido ter sido bissexual. "A história que me contaram foi muito explícita, mas, pelo o que sei, eles não fizeram sexo. Estou segura de que Brian Epstein tentou alguma coisa, mas John simplesmente não faria isso. Acho que ele tinha o desejo de dormir com outro homem, mas era muito inibido para isso", contou. Ela ainda disse que o que os dois tinham era "quase um relacionamento amoroso, mas não chegava a tanto": "Nunca foi consumado. Mas era um relacionamento muito intenso".

    Há uma outra cinebiografia de Epstein sendo desenvolvida atualmente. Trata-se do filme The Fifth Beatle, baseado HQ biográfica sobre o empresário. O longa terá Simon Cowell, jurado de programas como American Idol e The X Factor, como produtor.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top