Minha conta
    Oscar 2015: 10 apresentações musicais inesquecíveis da história da premiação
    Por Renato Hermsdorff — 20 de fev. de 2015 às 11:55

    É um pássaro? É uma avião? Não, é um cisne mesmo.

    01. Three 6 Mafia – "It's Hard Out Here For a Pimp" – Ritmo de um Sonho (2005)

    Essa é uma daquelas grandes zebras do Oscar. Apenas três músicas concorriam ao prêmio de melhor canção original em 2006: "In the Deep", parte da trilha do grande vencedor daquele ano, Crash – No Limite; Dolly Parton, a sexagenária rainha do country, com “Travelin' Thru", de Transamerica; e um grupo de hip-hop com a palavra Máfia no nome (Three 6 Mafia), cujo título da canção pode ser traduzido livremente como “a vida aqui fora tá dura para um cafetão” ("It's Hard Out Here For a Pimp"), de Ritmo de um Sonho. Como no caso de “Blame Canada”, só a seleção da música pela Academia já era surpreendente. Mas o mais chocante é que os mano ainda levaram a melhor – depois da censura de boa parte da letra para a apresentação, é claro. “Para aqueles que gostam de contar o placar em casa”, disse o apresentador da noite, Jon Stewart, “Martin Scorsese, zero; Three 6 Mafia, um”. O diretor de Os Infiltrados só iria levar a estatueta no ano seguinte, depois de seis indicações.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Filmes de Hollywood que criticam Hollywood
    • Minha vida dava um filme: 20 cinebiografias que vêm por aí
    • 30 maiores musicais da história do cinema
    • As grandes zebras do Oscar
    • Ben Affleck, Jennifer Aniston e Jessica Chastain estão entre os apresentadores do Oscar
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top