Minha conta
    10 autores que não aprovaram a versão para o cinema de seus livros
    Por Renato Hermsdorff — 18 de jan. de 2015 às 09:55

    #xatiado

    Stephen King/ O Iluminado (1980)

    “Eu já admirava o [Stanley] Kubrick (de novo não!!!) há um tempo e tinha grandes expectativas em relação ao projeto, mas o resultado final me desapontou profundamente. Kubrick não conseguiu alcançar o tom de maldade do hotel. Então, ele optou por procurar a maldade nos personagens e transformou o filme numa tragédia doméstica com tons apenas vagamente sobrenaturais”. “Essa foi a falha básica: como ele não acreditava, ele não conseguiu tornar o filme crível para a audiência”. “Shelley Duvall como Wendy é uma das opções mais misóginas da história do cinema. Ela está ali basicamente para gritar e ser estúpida, e essa não é a mulher sobre a qual eu escrevi”. Palavras de Stephen King que, em diversas ocasiões, já difamou a versão cinematográfica de O Iluminado. Ele também não aprovou a atuação de Jack Nicholson (de novo não!!!). O autor queria que o protagonista não parecesse um maluco até chegar ao hotel mas, para ele, Nicholson incorpora o doido desde o início do filme.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Calendário de filmes brasileiros em 2015
    • As maiores bilheterias do cinema em 2014
    • 30 novas séries que prometem fazer barulho em 2015
    • 10 momentos marcantes do Globo de Ouro 2015
    • Calendário de animações em 2015
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top