Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Charlie Hunnam diz que desistiu do papel de Christian Grey em Cinquenta Tons de Cinza por medo de falhar
    Por João Vitor Figueira — 12 de set. de 2014 às 12:20
    facebook Tweet

    Ator de Sons of Anarchy disse que conflitos na agenda quase lhe causaram um "colapso nervoso" e que ter abandonado o papel do magnata entusiasta do BDSM foi "doloroso".

    Charlie Hunnam estava prestes a fazer o papel que lhe daria a maior repercussão de sua carreira nos cinemas, mas desistiu de interpretar o sadomasoquista Christian Grey em Cinquenta Tons de Cinza em outubro do ano passado, apenas um mês depois de ter sido anunciado no filme. Na época, o abandono da produção baseada no livro de E. L. James foi justificada por conflitos de agenda com o trabalho de Hunnan na série Sons of Anarchy e nas filmagens de Crimson Peak, de Guillermo del Toro

    Posteriormente, levantou-se a hipótese de Hunnam ter desistido de Cinquenta Tons de Cinza por causa de sérias divergências criativas com a diretora Sam Taylor-Johnson e por estar cansado do assédio da imprensa.

    Hunnam como Jax Teller em Sons of Anarchy.
    Agora, Hunnam decidiu esclarecer alguns pontos de sua decisão e disse que quase teve um "colapso nervoso" antes de deixar o filme. 

    "Em primeiro lugar, eu não teria assinado com o filme se eu não quisesse fazê-lo", disse o ator em entrevista ao site Moviefone, que depois pondera que aquele foi "um tempo muito, muito difícil" de sua vida. Ele sugeriu que nunca teve nenhum problema com a cineasta responsável por Cinquenta Tons de Cinza e que sempre admirou o senso artístico de Taylor-Johnson. 

    Em seguida o ator ainda disse que o misterioso bilionário Christian Grey tinha lhe fascinado como personagem: "Eu me apaixonei, criativamente. Eu comecei a discutir sobre isso e ficava muito animado. Eu me apaixonei pelo personagem, comecei a projetá-lo e fiquei intoxicado. É assim que eu trabalho: encontro um personagem que eu amo e começo a pensar nisso o tempo inteiro".

    Cartaz de Cinquenta Tons de Cinza.
    Porém, os compromissos com as filmagens da sexta temporada de Sons of Anarchy e com o filme Crimson Peak quase o fizeram ter um "colapso nervoso", nas palavras do ator. Ele também diz que a reação negativa dos fãs ao fato dele ter sido escolhido para viver Grey o fez pensar que poderia ser um equívoco trabalhar no filme,o que influenciou sua decisão. 

    "Eu apenas dizia: 'Eu não consigo... Eu não consigo.' Eu realmente não queria falhar numa escala tão grande. Eu não conseguia fazer a transição de Jax Teller para Christian Grey em 48 horas. Eu quis ter mais do que eu poderia ter e isso foi doloroso. Eu adorava o personagem e queria ter interpretado ele. Foi uma situação de m..... Foi mesmo uma grande pena ter de fazer isso. Era uma situação em que eu iria me prejudicar se fizesse [Cinquenta Tons de Cinza] ou não fizesse", esclareceu Hunnam.

    O papel de Christian Grey acabou ficando com Jamie Dornan, que estrela o filme com Dakota Johnson, a intérprete da jovem Anastasia Steele. 

    Cinquenta Tons de Cinza estreia dia 12 de fevereiro de 2015.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • T?zia L.
      Concordo demais, ele seria perfeito!
    • Deise Ferreira
      Louro,lindo e talentoso,mas,em minha opinião,falta aquele ar de homem poderoso e elegante;já que não poder ser Matt Bomer,prefiro a beleza e elegância de Jamie Dornan.
    • Noemya C.
      Que pena... Adorei sua atuação em A fuga. Com a "pegada" que ele tinha no filme, 50 Tons de Cinza lhe seria como uma luva, talvez até melhor do que o atual !!!
    Mostrar comentários
    Back to Top