Minha conta
    “Insuportavelmente chato”: O épico de faroeste Horizon, de Kevin Costner, recebe críticas surpreendentemente ruins
    Eduardo Silva
    Eduardo Silva
    -Redator
    Jornalista que ama filmes sobre distopias e animes de battle royale. Está sempre assistindo alguma sitcom e poderia passar horas falando sobre Yu Yu Hakusho e Jogos Vorazes.

    O astro de Yellowstone, Kevin Costner, está atualmente apresentando a primeira parte de sua saga Horizon, que terá várias partes. As críticas iniciais foram negativas.

    Durante o Festival de Cannes, o astro de Yellowstone, Kevin Costner, apresentou a primeira parte de sua saga de faroeste em quatro partes, Horizon. Enquanto isso, as primeiras críticas estão chegando – e não estão sendo exatamente positivas. Depois de 27 críticas, a avaliação média do Rotten Tomatoes está em apenas 41%.

    As primeiras críticas de Horizon são bem negativas

    David Rooney, do The Hollywood Reporter, por exemplo, diz em sua crítica:

    “Para muitos amantes do faroeste de uma certa idade, Costner é uma presença reconfortante no papel certo. Ele nunca foi um ator com a maior variedade, mas é sempre atraente – mesmo quando chega atrasado, como acontece aqui, e permanece no lado deprimente. Mas não crie muitas expectativas.”

    Warner Bros.

    Byo Hoai-Tran Bui, da Inverse, critica o filme por acreditar no mito do Oeste americano sem olhá-lo através de uma lente crítica, o que o torna comparável aos representantes do gênero do passado:

    “Costner impregna o filme com uma grandiosidade condizente com os faroestes dos anos 1960, deleitando-se com vistas deslumbrantes e silhuetas de tirar o fôlego, enquanto a trilha sonora de John Debney torna cada momento dolorosamente romântico. Mas todas essas paisagens de tirar o fôlego e os momentos românticos não podem compensar o fato de Horizon ser insuportavelmente chato.”

    Stephanie Zacharek, da TIME Magazine, também elogia os valores visuais das paisagens extensas, mas também acha que Horizon não é totalmente bem-sucedido como uma carta de amor ao faroeste:

    “A primeira parte de uma saga planejada em quatro partes assume muitas coisas, mas principalmente nos lembra o melhor do gênero sem fazer parte dele.”

    Warner Bros.

    Vozes conservadoras, como a de Robbie Collin, do Daily Telegraph, naturalmente se sentem um pouco melhor em relação ao indulgente filme de pai retrô, mas também incluem alguns elogios antecipados à parte 2:

    “O filme é sincero, mas esperançoso, com personagens bem desenhados – mas talvez sua verdadeira grandeza não seja percebida até a segunda parte. [...] Parte da alegria de Horizon é a pura e simples maestria de tudo isso – com montanhas, colinas e planaltos como esses, quem precisa de CGI? Mas sua textura está nos pequenos e significativos detalhes.”

    No Filmstarts, Christoph Petersen chegou a dar 4,5 estrelas ao filme e escreveu, entre outras coisas, na conclusão:

    “Além de os 180 minutos passarem rápido demais, depois disso, você mal pode esperar para ver o que mais nos espera nas nove (!) horas seguintes.”

    Horizon: An American Saga Chapter 1
    Horizon: An American Saga Chapter 1
    Data de lançamento 28 de junho de 2024 | 3h 01min
    Criador(es): Kevin Costner
    Com Kevin Costner, Sienna Miller, Sam Worthington
    Usuários
    3,4

    *Fique por dentro das novidades dos filmes e séries e receba oportunidades exclusivas. Ouça OdeioCinema no Spotify ou em sua plataforma de áudio favorita, participe do nosso Canal no WhatsApp e seja um Adorer de Carteirinha!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Comentários
    Back to Top