Minha conta
    Furiosa mantém tradição de Mad Max - e isso pode ser um problema para o filme nos cinemas
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    Estrelado por Anya Taylor-Joy e Chris Hemsworth, expansão da franquia distópica chega aos cinemas em maio.

    Furiosa: Uma Saga Mad Max está no grupo dos filmes mais aguardados de 2024. Estrelado por Anya Taylor-Joy e Chris Hemsworth, o projeto traz o retorno do diretor vencedor do Oscar, George Miller, ao icônico universo cinematográfico desta amada franquia distópica.

    O longa acompanha a jovem Furiosa a partir do momento em que é sequestrada por Green Place das Muitas Mães e cai nas mãos da horda de motoqueiros liderada pelo Senhor da Guerra, Dementus.

    Vagando pelo deserto condenado, eles encontram a Cidadela controlada por Immortan Joe. Enquanto os dois tiranos lutam por poder e controle, Furiosa terá que sobreviver a muitos desafios para encontrar e trilhar o caminho de volta para casa.

    Warner Bros.
    Para Anya Taylor-Joy, Furiosa é uma história de “esperança”, enquanto sua co-estrela Chris Hemsworth exalta as sequências de ação

    Nessa semana, a Warner Bros. confirmou a classificação indicativa do filme dada pela MPA (Motion Picture Association). Por ter "sequências de forte violência” e “imagens perturbadoras", Furiosa deve chegar aos cinemas como um projeto R-Rated, proibido para menores de 18 anos.

    O prelúdio segue a tradição da franquia como um filme para maiores, assim como o longa original de 1979, Mad Max 2 - A Caçada Continua (1981) e Mad Max: Estrada da Fúria (2015). O único capítulo da saga destinado a audiências mais jovens, PG-13 no caso, foi Mad Max - Além da Cúpula do Trovão, longa estrelado por Tina Turner.

    15 minutos, 200 dublês e 78 dias de filmagem: Furiosa terá a cena de ação mais ousada da carreira de George Miller

    Essa notícia pode aumentar as expectativas do público quanto a liberdade de George Miller em continuar a expansão da franquia marcada por sequências com altas doses de violência gráfica, mas também é um risco para a bilheteria do próprio projeto, já que limita quem pode se sentar na sala escura. Ainda assim, isso nunca foi um problema para as narrativas distópicas de Mad Max - e Furiosa tem grandes chances de seguir os moldes de Duna 2 no grupo dos maiores blockbusters de 2024.

    Furiosa: Uma Saga Mad Max
    Furiosa: Uma Saga Mad Max
    Data de lançamento 23 de maio de 2024 | 2h 28min
    Criador(es): George Miller
    Com Anya Taylor-Joy, Chris Hemsworth, Tom Burke
    Usuários
    3,9
    Adorocinema
    4,5
    Ver sessões (580)

    Furiosa: Uma Saga Mad Max estreia em 27 de maio nos cinemas brasileiros.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Comentários
    Back to Top