Minha conta
    A Criança
    Média
    3,4
    17 notas
    Você assistiu A Criança ?

    1 Crítica do usuário

    5
    0 crítica
    4
    1 crítica
    3
    0 crítica
    2
    0 crítica
    1
    0 crítica
    0
    0 crítica
    Organizar por
    Críticas mais úteis Críticas mais recentes Por usuários que mais publicaram críticas Por usuários com mais seguidores
    Adriano Côrtes Santos
    Adriano Côrtes Santos

    680 seguidores 300 críticas Seguir usuário

    4,5
    Enviada em 13 de abril de 2019
    Dirigido e roteirizado pelos belgas Jean-Pierre e Luc Dardenne, A Criança se passa nos subúrbios de Liège, na Bélgica. Mais um extraordinário drama dos irmãos Dardenne, um soco no estômago e a temática típica de mostrar a condição humana, repleta de desequilíbrios sem meio tom, cinema cru. Bruno (Jérémie Renier) e Sonia (Déborah François) são dois marginalizados jovens que acabaram de ter a um bebê há nove dias. Os dois, sem emprego e perceptivas de futuro, limitam-se a sobreviver do subsídio de desemprego de Sonia e dos roubos insignificantes que Bruno e sua gangue pratica. Um filme longe dos cartões portais europeus, uma região muito pobre de Seraing. O casal vive um desequilíbrio emocional desastroso, levando o recém-nascido como um brinquedo, de um lugar a outro sem paradeiros e um lar. Por terem sido documentaristas os irmãos Dardenne sempre inspiram um inconfundível estilo naturalista em seus filmes. A Criança conduz a abster-se de julgamentos, pois, parece fácil condenar Bruno por suas atitudes. O final, porém, lança uma luz pequena e necessária no sombrio mundo das imaturidades dos dois, não há como provar que tudo irá melhorar, algo, no entanto, conduz a mudanças. Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2005. Prêmios Joseph Plateau 2005, Melhor Filme, Melhor Realizador Belga, Melhor Cenário, Melhor Ator para Jérémie Renier, Melhor Atriz para Déborah François.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top