Meu AdoroCinema
    Watchmen - O Filme
    Críticas AdoroCinema
    4,0
    Muito bom
    Watchmen - O Filme

    DOS QUADRINHOS PARA OS QUADROS... 24 POR SEGUNDO

    por Roberto Cunha

    Uma coisa tem que ficar clara para quem gosta de cinema. A invasão dos quadrinhos na sala escura é inexorável. Portanto, seja você um iniciado neste universo ou não, as novas tecnologias estão aí para permitir, cada vez mais, novas adaptações. A questão que muitas vezes pega o espectador é: dá para entender? Sim, quando ela é bem feita e não, quando a trama rende nos quadrinhos, mas na telona a coisa fica diferente. Principalmente, quando no papel ela é mais reflexiva e complexa. Existem quadrinhos assim. Prepare-se para conhecer um.

    Watchmen - O Filme é baseado numa série mensal em quadrinhos dos anos 80 publicada em 12 meses. Sabe aquela coisa "to be continued..." ? É por aí. E a primeira coisa que deve ser levada em consideração pelo pessoal da poltrona é saber que o filme não é cheio de ação como muitos de seus congêneres. E apesar da sequência inicial ser agitada e emendar com uma abertura (ao som de Bob Dylan) muito bem realizada e de extremo bom gosto, nas cenas seguintes podem começar as dificuldades para o leigo. Então, "watchout"! Primeiro porque é durante os créditos iniciais que se mostra rapidamente a origem dos vigilantes e de sua aposentadoria. E depois porque a tal cena de ação inicial foi, na verdade, o assassinato de um deles: o Comediante. É a deixa para você entrar na trama e em contato com os heróis de nomes diferentes como, Coruja, Espectral, Ozymandias, Dr. Manhattan e Rorschach. Esse último, aliás, é quem decide investigar o tal crime por acreditar numa conspiração para matá-los, mesmo depois de colocados na geladeira pelo governo americano.

    Essa aposentadoria forçada é meio que o fio da trama repleta de reflexão, moral e conflitos existencialistas. O que pode causar estranheza de início (isso não veio dos quadrinhos?!), mas necessário para entender porque alguns personagens são "assim ou assado". Compreender, por exemplo, os perigos da onipotência e porque o pior inimigo do ser humano é ele mesmo. Refletir sobre a sentença de Rorschach diante de um seqüestrador: "Homens são presos. Animais são eliminados." E concordar com a frase dos manifestantes na rua: "Quem vigia os vigilantes?" Esse é um dos méritos do filme. Ter um roteiro bem elaborado apesar da complexidade e do tamanho (mais de duas horas) da história. Os efeitos especiais são muito bem utilizados assim como a trilha sonora, mesclando a suavidade de Nat King Cole, o virtuosismo de Jimmy Hendrix, o folk rock de Simon & Garfunkel e a diversão de K.C. & The Sunshine Band.

    Entre as curiosidades, o motivo da classificação mais severa nos Estados Unidos: cenas de nudez (nu frontal) e sexo (ménage à trois), início de estupro, assassinato de grávida, fraturas expostas e doses de sangue. Elementos incomuns no gênero, caracterizando a obra como sui generis. Watchmen - O Filme foi dirigido com competência por Zack Snyder (300) e tem elenco coeso com nomes poucos conhecidos como Malin Akerman (Antes Só do que Mal Casado) e Billy Crudup (Missão Impossível 3). Um ponto que só serve para ajudar porque você não fica "vigiando" a atuação de ninguém e se concentra na trama. Se está com medo de encarar, fique de olho na opinião de amigos.

    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema

    Comentários

    • Jonas
      CENAS DE NUDES PRINCIPAIS26:00 ate 26:10 e 29:00 até 29:2054:37 até 54:4055:35 - 55:501:04:18 - 1:04:271:09:07 - 1:09:171:39:00 1:40:021:44:451:48:101:53:151:53:401:57:372:04:20 até os 2:04:262:06:452:09:052:19:052:19:202:20:00 até 2:20:452:26:37
    • Raito Sama
      algumas cenas de sexo são bem inuteis
    • Carla Bertoloto
      mito bom o filme adorei
    Mostrar comentários
    Back to Top