Minha conta
    Um Amor Quase Perfeito
    Média
    2,3
    47 notas
    Você assistiu Um Amor Quase Perfeito ?

    4 Críticas do usuário

    5
    2 críticas
    4
    0 crítica
    3
    0 crítica
    2
    2 críticas
    1
    0 crítica
    0
    0 crítica
    Wellingta M
    Wellingta M

    Seguir usuário 782 seguidores Ler as 257 críticas

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Adoro esse filme, uma grande surpresa do cinema italiano que vejo muito pouco, confesso. Stefano Accorsi é um ator sensacional, além de lindo. Um ótimo roteiro que conta uma bela história de amor surpreendente. Recomendo!
    Cleber
    Cleber

    Seguir usuário 11 seguidores Ler as 97 críticas

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Os primeiros 70 minutos de filme são fantásticos. Primeiro mostra o casal, depois da morte dele, o sofrimento dela, depois ela descobrindo a infediliadade e a seguir o choque o marido tinha um amante não a amante... e esse universo.. o encontro com a outra família do marido e o convivio aos poucos... depois o filme entra no clichê natural... mas não perde a força. Filmaço. Um dos melhores do ano 2002.
    Júlio César
    Júlio César

    Seguir usuário 2 seguidores Ler as 35 críticas

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Atualmente só tenho me decepcionado com os filmes que vejo, pode ser que a escolha na hora de alugar um vídeo esteja sendo rápida demais, ou até mesmo influenciada pela opinião de outras pessoas. Não estou conseguido gostar de um filme sequer, a falta de originalidade está muito grande, e o clichê cada vez mais presente. Mas, às vezes a sorte bate à nossa porta, e vemos um filme pouco visto, mencionado e divulgado, e que é uma grande obra. É o caso do filme italiano, dirigido e escrito por Ferzan Ozpeteck, “Le Fate Ignoranti” que no Brasil foi lançado como “Um Amor Quase Perfeito”. Desta vez, procurei ler a sinopse antes de ver o filme. Achei que seria mais um filme de marido e mulher, suas brigas e desavenças, e traições. Porém a originalidade de Ferzan Ozpeteck nos leva a um mundo totalmente novo e incomparável a qualquer outro filme. Antonia, interpreta pela excelente e desconhecida Margherita Buy, é casada à 15 anos, trabalha como enfermeira, enfim, leva uma vida tranqüila com o marido. Em uma cena totalmente igual ao do filme “Encontro Marcado”, seu marido morre em um acidente de carro – Apenas foram retirados o fundo, deixando apenas o dublê voando pelos ares e fazendo o mesmo trajeto voador que o dublê de Brad Pitt fez, mas essa cena é totalmente esquecida logo depois. A vida de Antonia toma novo rumo, quando ela descobre que seu marido tinha ao lado outra pessoa, seu marido a estava traindo com outro homem. A partir daí, o roteiro de Ferzan nos leva à um mundo totalmente diferente, onde o preconceito deixa de existir quando nos mostra o verdadeiro lado homossexual, a sexualidade mostrada de uma maneira correta, e não as que somos induzidos a ver. As interpretações estão impecáveis, as cenas nos fazem rir e chorar. A atuação de Stefano Accorsi, famoso ator italiano que tem em seu currículo filme como “O Quarto do Filho” e “Capitães de Abril”, é fantástica. Todos os atores mostram o que querem mostrar, cada um com a sua história que nos brinda a cada passada de cena. Os diálogos são puros, corretos e diretos, não foi à toa que o filme ficou 8 semanas em primeiro lugar nos cinemas da Itália, levando mais de 1,5 milhão de espectadores só no seu país de origem. Um filme fantástico que nos faz esquecer de tudo à nossa volta por 1hora e 40 minutos e entrar numa história real e comovente. “Assista de coração aberto”."
    Carlos Antonio L.
    Carlos Antonio L.

    Seguir usuário 1 seguidor Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 9 de outubro de 2014
    Um filme sensível, que explora com inteligência e de uma maneira inusitada um tema extremamente controverso como a homossexualidade. Considere-se tb. a excelente direção e o desempenho ótimo de Accorsi já renomado por suas múltiplas facetas.Recomendo para quem quer ver algo diferente e interessante.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    • Melhores filmes
    • Melhores filmes de acordo a imprensa
    Back to Top