Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Socorro, Virei uma Garota!
    Nota média
    2,2
    6 publicações
    • Cinema com Rapadura
    • O Globo
    • Folha de São Paulo
    • Observatório do Cinema
    • Cineweb
    • Papo de Cinema

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    6 críticas da imprensa

    Cinema com Rapadura

    por Denis Le Senechal Klimiuc

    Com um elenco afinado, o que parecia ser um roteiro requentado engaja o espectador em exercício de empatia com boas piadas e sacadas atuais.

    A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

    O Globo

    por Sérgio Rizzo

    O show pertence sobretudo a Thati Lopes — que, embora mais velha do que a personagem, como costuma ocorrer em elencos jovens de cinema e TV, entra bem no seu corpo.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    Folha de São Paulo

    por Sérgio Alpendre

    Há algo nesse gênero de filme que segura nossa atenção. Os traumas e desejos da adolescência a gente nunca esquece, o que de certa forma faz de filmes que lidam com isso um banquete de atrações, mesmo quando identificamos uma certa pobreza narrativa.

    A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

    Observatório do Cinema

    por Caio Lopes

    Por mais que pareça um detalhe banal, é este mau gerenciamento da música que confere a "Socorro! Virei uma Garota" um ar mais vulgar mesmo quando não se propõe a sê-lo.

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    Tathi Lopes é uma excelente atriz de comédia [...] mas nem seu talento salva o filme do insuportável. Não fica muito claro se é porque todos os diálogos são tão gritados ou porque a edição faz trucagens ruins para dar um ar mais moderninho ao filme.

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    Papo de Cinema

    por Marcelo Müller

    O roteiro escrito por Paulo Cursino, além do esquematismo prevalente, coloca alguns pontos duvidosos quanto ao desenho de homens e mulheres, sem falar daquilo que diz respeito às questões de cunho homossexual.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top