Minha conta
    Lolita
     Lolita
    14 de setembro de 2021 em Hbo max / 2h 33min / Drama, Romance
    Direção: Stanley Kubrick
    Roteiro Vladimir Nabokov, Stanley Kubrick
    Elenco: James Mason, Peter Sellers, Shelley Winters
    Assista agora em HBO Max
    Usuários
    4,1 178 notas e 11 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Erudito professor universitário britânico vai trabalhar nos Estados Unidos e lá fica tão obcecado por uma ninfeta de 14 anos que casa sua mãe, para estar próximo dela. Porém, quando a esposa morre atropelada ele acredita ser o momento adequado para seduzir a enteada, mas algo acontece que pode prejudicar seus planos.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      HBO MaxInscrições
    Veja todas as ofertas de streaming

    Trailer

    Lolita Trailer Original 1:03
    Lolita Trailer Original
    37.943 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    Shirley Douglas, atriz e mãe de Kiefer Sutherland, morre de pneumonia
    NOTÍCIAS - Personalidades
    segunda-feira, 6 de abril de 2020
    Veja 38 pôsteres feitos com emojis
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sábado, 22 de agosto de 2015
    Você reconhece todos?
    16 anos sem o cultuado cineasta Stanley Kubrick! Relembre seus principais trabalhos
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sábado, 7 de março de 2015
    Qual é o seu filme favorito do diretor?

    Elenco

    James Mason
    Personagem : Prof. Humbert Humbert
    Peter Sellers
    Personagem : Clare Quilty
    Shelley Winters
    Personagem : Charlotte Haze
    Roberta Shore
    Personagem : Lorna
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    anônimo
    Um visitante
    0,5
    Enviada em 12 de janeiro de 2017
    Além de ser um filme que só leva o nome do livro, Kubrick conseguiu transformar um pedófilo doentio (o próprio se reconhece como doente, o livro está aí que não me deixa mentir) e transformar uma garota de catorze anos em uma mulher que consegue seduzir o tão "inocente" Humbert Humbert. A PIOR COISA QUE PODERIAM TER FEITO É UMA ADAPTAÇÃO CINEMATOGRÁFICA DE UM LIVRO ONDE AS PESSOAS LÊEM E SIMPLESMENTE NÃO ENTENDEM O QUE SE PASSA! ...
    Leia Mais
    Vinícius O.
    Vinícius O.

    Seguir usuário 4 seguidores Ler as 2 críticas

    5,0
    Enviada em 26 de maio de 2014
    Muitos ignorantes associam erradamente o filme à pedofilia. O filme não tem nada a ver com pedofilia. Pedofilia é a atração sexual primária por pré-púberes (garotas com menos de 9 anos; quem ainda não alcançou a puberdade). A puberdade feminina começa aos 9 anos, com o broto mamário, e termina aos 13 anos. Historicamente, era comum essas garotas casarem. Há várias pessoas com avós/bisavós que casaram aos 12 anos. A Julieta, de ...
    Leia Mais
    Tibério M.
    Tibério M.

    Seguir usuário 73 seguidores Ler as 59 críticas

    3,5
    Enviada em 3 de setembro de 2013
    Ok, dos filmes que eu já vi do Kubrick esse é o mais doentio. Eu passei o filme todo pirando como um cara, de fato um adulto, se perde de uma forma insana por uma garota de doze anos. DOZE ANOS!!! Isso só mostra que deveras a pedofilia é algo assustador na mente das pessoas fracas e doentes. O mais louco mesmo é ver que a garota tinha o total domínio e que o cara era um completo capacho. Cego pela ilusão da paixão? Poderia ser se fosse ...
    Leia Mais
    Camila Reis
    Camila Reis

    Seguir usuário 51 seguidores Ler as 103 críticas

    2,0
    Enviada em 29 de setembro de 2013
    O filme é bom somente por mostrar a obsessão doentia de um adulto por uma garota de quatorze anos. Vê-se, ao longo da trama, que o professor Humbert divide-se entre os papeis de pai e amante, apresentando-se para a sociedade como o primeiro e para Lolita, em momentos íntimos, como o segundo. Por isso, é possível notar que a garota também não é tão inocente quanto a maioria que tem essa idade - além de relacionar-se com o padrasto, ...
    Leia Mais
    11 Comentários do leitor

    Fotos

    20 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Vários

    - Os atores Laurence Olivier e Noel Howard chegaram a ser convidados para interpretar o personagem Humbert Humbert, mas ambos recusaram o papel;- A atriz Tuesday Weld chegou a ser considerada para o papel-título de Lolita;- Um dos motivos pelo qual a atriz Sue Lyon foi escolhida para ser a intérprete de Lolita foi o tamanho de seus seios. O diretor Stanley Kubrick chegou a ser advertido sobre os perigos da censura americana em usar uma atriz meno Leia Mais

    Prêmios

    OSCARIndicaçãoMelhor Roteiro Adaptado

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades Reino Unido, EUA
    Distribuidor -
    Ano de produção 1962
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Orçamento 2 000 000 $
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Preto & Branco
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    • Guilherme M.
      Bom filme, um assunto controverso, ainda mais na época em que foi lançado, o filme te prende e consegue manter um bom ritmo até o final. Nota: 7,5/10
    • Thiago Soares Mota
      - 362º filme de 2.019 - Visto pela segunda em 05/11 (visto anteriormente em 30/10/2.011)...- Um dos melhores filmes do mestre Stanley Kubrick, já que eu, particularmente, não gosto de alguns dos filmes dele que são aclamados pela crítica! Questão de gosto! Claro que um filme de 1.961, com 153 minutos de duração e em preto e branco requer um pouco de paciência do espectador, pelo ritmo lento e bem diferente do atual, além do fato de que os cortes entre algumas cenas, com a tela ficando escura são repetitivos e cansativos! Mas quem optar por assistir até o final vai ser recompensado com um filmaço sobre obsessão e paixão, com atuações marcantes do casal James Mason e Shelley Winters como a chatíssima mãe da personagem título, daquelas que a gente ama odiar, do camaleão Peter Sellers em mais uma atuação memorável sob o comando do Stanley Kubrick e da lindíssima Sue Lyon como Lolita, a melhor encarnação da personagem título no cinema até o momento, dúbia e sensual ao extremo, numa mistura de inocência e sedução até mesmo ousada para época, se mostrando com uma excelente escolha do diretor! Eu gosto de filmes antigos e de filmes em preto e branco, acho que eles tem um charme que o cinema de hoje em dia perdeu e, como cinéfilo, amo assistir os filmes considerados clássicos, por isso recomendo esse, que faz parte da história do cinema! O próximo será do remake do diretor Adrian Lyne...- Nota: 9,0/10 (ótimo)...
    Mostrar comentários
    Back to Top