Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Quero Ser John Malkovich
    Média
    4,0
    420 notas e 19 críticas
    distribuição de 19 críticas por nota
    4 críticas
    4 críticas
    5 críticas
    3 críticas
    2 críticas
    1 crítica
    Você assistiu Quero Ser John Malkovich ?

    19 críticas do leitor

    Pedro R.
    Pedro R.

    Segui-los 25 seguidores Ler as 46 críticas deles

    3,5
    Enviada em 7 de maio de 2013
    Um filme que faz você pensar!!! Eu gostei! No começo do filme achei tudo muito chato, absurdo e surrealista, porém com o passar do tempo fui entendendo as críticas inteligentes e sarcásticas por de trás de tudo isso. Tem que ter uma pouco de paciencia para que as peças possam se encaixar e o filme ficar mais interessante. Há muitas críticas por trás desse filme. Como as pessoas desejam ser outras o tempo todo; como o sucesso depende das influências que você já tem; como o amor pode ser colocado a prova de posses e dinheiro e como a controlar outra pessoas pode ser prazeroso. Tente ter um olhar crítico sobre tudo que está acontecendo que você vai gostar. Com certeza este é um filme que você pode odiar ou gostar muito.
    Bruno Maschi
    Bruno Maschi

    Segui-los 282 seguidores Ler as 215 críticas deles

    4,5
    Enviada em 8 de maio de 2016
    Um filme que tem uma das melhores ideias já abordadas. Um roteiro muito mas muito bem escrito. Vale a pena assistir. Possivelmente um futuro clássico do cinema.
    Anderson  G.
    Anderson G.

    Segui-los 812 seguidores Ler as 281 críticas deles

    4,0
    Enviada em 23 de julho de 2016
    Spike Jonze tem em suas mãos um complicado roteiro de Charlie Kaufman, e é incrível como ele transforma esse roteiro complexo, diferente, bobo e aparentemente quase infilmável em uma obra áudio visual completa (em termos narrativos) , mas de algum modo a obra não me pega, isso não é culpa do filme, todos os filmes do Spike Jonzen são ótimos, mas nenhum me cativa emocionalmente, e esse não é diferente, como eu disse antes, parece algo bobo, que se transforma em uma belo romance(fora do tradicional), mas eu não consigo desvincular aquela premissa “Boba” com o restante do filme, talvez Spike devesse usar mais do recurso sonoro, pois nesse filme faz falta uma trilha sonora em alguns momentos, embora a mixagem de som seja impecável, a fotografia, os personagens e até os figurantes em cena são emblemáticos, alguns personagens tem apenas uma fala na historia, mas se percebe suas grandes personalidades, e os cenários surpreendentes , lembre-se da casa do casal Schwartz ou da empresa surrealista que Craig (John Cusack) trabalha, O filme também tem uma filosofia a apresentar, estamos presos em nossos corpos, nossa vida é miserável, somos escravos de ambição (Sim, lembre-se de Clube da Luta), o que não daríamos pra ser outra pessoa nem que seja por quinze minutos? Nossas vidas são tão ruins assim? Não sei dizer, nem Spike ira saber, pois ele apenas apresenta a questão e não se aprofunda nela. “Eu quero ser John Malkovich” É um bom filme, não espere nada surpreendente, mas eu acredito fielmente que dependendo da pessoa, ela irar achar “Eu quero ser John Malkovich” o seu filme favorito, pois ele tem algo a dizer, mas depende da pessoa entender e se solidarizar com ele.
    Francisco Russo
    Francisco Russo

    Segui-los 13611 seguidores Ler as 687 críticas deles

    2,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    O filme é genial! Um dos grandesinjustiçados deste Oscar, merecia sem sombra de dúvidas figurar entre os indicados amelhor filme. É estranho, é bizarro, é esquisito, mas é também muito engraçado. Etoca numa questão muito explorada ultimamente: o fato das pessoas por vezes quer seroutras pessoas, ao ponto até de ocupar o corpo delas, como acontece aqui em "Queroser John Malkovich".O elenco todo está bem, mas a Cameron Diaz estásensacional! Não só pelo fato dela estar visualmente irreconhecível, mas também pelasua atuação, que se moldou perfeitamente ao personagem. Foi um verdadeiro sacrilégio aAcademia deixá-la de fora da categoria de atriz coadjuvante. A Catherine Keener (que foiindicada) está bem também, mas Cameron está muito melhor. Já John Cusack medecepcionou um pouco, ele não está mal, mas por vezes parece que dorme em cena. Já JohnMalkovich merece um capítulo a parte, nem tanto pela sua atuação, mas sim por ele terconcordado em participar e permitir este filme. Isto porque "Quero ser JohnMalkovich" é, na verdade, uma grande piada que aprontam para John Malkovich,transformando-o numa mera marionete nas mãos de Cusack, Cameron e Keener. Se fosse umator mais "estrela", provavelmente este filme não teria sido feito.Apenas um aviso: procurem ler o mínimo possível sobre estefilme. Isto é crucial para aproveitar melhor o que aparece em cena. Tal como aconteceu em"Dogma", várias revistas e jornais já contaram algumas das piadas eesquisitices deste filme e isto com certeza faz com que tais cenas percam o impacto quandovc as vê, pois não existe mais o fator novidade. Mas, principalmente, não leiam NADAque sequer insinue o que acontece quando John Malkovich entra na cabeça de JohnMalkovich. É uma das cenas mais bizarras, impressionantes e divertidas da história docinema. Realmente imperdível.
    anônimo
    Um visitante
    1,5
    Enviada em 15 de maio de 2014
    Boa tarde! Sinceramente, eu achei essa comédia super chata! Apesar do John Cusack ser meu ídolo, eu não amo todos os filmes que ele faz ou participa! Esse, por exemplo, assisti uma vez e nunca mais quis vê-lo! O elenco é bom, mas a história na minha opinião não tem sentido algum! E continua passando na Net, eu tiro do canal assim que sei que vai passar, rsrsrsrs! Tem filmes que são sensacionais e eu vejo vezes e vezes seguidas, mas tem outros que eu fujo para não assistir!
    romarioalg
    romarioalg

    Segui-los 1 seguidor Ler as 8 críticas deles

    1,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Filme viaja muito e deixa muita coisa mal explicada! Em alguns momentos você tem que se esforçar para tentar concordar e aceitar o rumo do história. Não recomendo!
    Ricelli R.
    Ricelli R.

    Segui-los 1 seguidor Ler as 11 críticas deles

    4,5
    Enviada em 8 de abril de 2016
    Louco, surreal, genial! Quem espera ver uma comédia barata, fácil e rasa, é melhor não assistir esse filme. Com um começo bastante louco (e o que vem pela frente não deixa de ser menos louco), fiquei receoso de que a trama excedesse a linha do bizarro e não tivesse uma história plausível por trás. Mas o que se vê é a criação de um universo tão surreal e particular, e que escancara situações e sentimentos tão presentes em nossas mentes, que não para de nos surpreender a cada minuto e nem dá tempo de parar pra pensar "o que será que vem agora?". Como disse o Francisco Russo, leia o menos possível sobre filme, pois desde o começo são situações inimagináveis de acontecerem dentro de um mesmo filme. Apenas assista e descubra! Merece todos os prêmios e indicações que recebeu, de roteiro original e direção. Nota 4.5 / 5
    anônimo
    Um visitante
    3,5
    Enviada em 26 de dezembro de 2015
    Indicado ao Oscar por Melhor Diretor,Spike Jonze realiza um de seus melhores trabalhos,de fato. O filme tem uma variedade de astros,alguns meio que aparecem rapidamente.Outros conduzem uma história forte até o final.Que foi o caso de John Cusack,Cameron Diaz e Catherine Keener.O trio vive os melhores momentos.A cada momento uma novidade no roteiro. -Filme assistido em 26 de Dezembro de 2015 -Nota 7/10
    Franklin  S.
    Franklin S.

    Segui-los 41 seguidores Ler as 107 críticas deles

    5,0
    Enviada em 28 de junho de 2014
    Spike Jonze consegue fazer uma comedia leve e ao mesmo tempo inteligente,Com um elenco de peso em mão John Cusack, Cameron Diaz(que confesso custei a reconhecer) e o sempre brilhante John Malkovich. Direçao e Roteiro impecavel,Além das otimas atuaçoes. -Recomendadíssimo- Afinal Quem nao queria ser John Malkovich.?!
    Larissa K.
    Larissa K.

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 10 de maio de 2015
    infelizmente devido as recomendações acabei por vendo um dos piores filmes produzidos na arte cinematográfica. A mensagem se perde diante de tanta loucura e falta de capacidade do diretor.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top