Minha conta
    O Homem do Sputnik
    O Homem do Sputnik
    7 de dezembro de 1959 No cinema / 1h 38min / Comédia
    Direção: Carlos Manga
    Roteiro José Cajado Filho
    Elenco: Norma Bengell, Jô Soares, Oscarito
    Usuários
    3,1 4 notas e 1 crítica
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Um estranho objeto parecido com o famoso Sputnik cai no quintal de Anastácio (Oscarito), matando suas galinhas de estimação. Ele tenta negociar o suposto satélite para recuperar o prejuízo, mas fato chama a atenção de espiões internacionais, que transformam a vida do pacato Anastácio e de sua esposa Cleci (Zezé Macedo) num completo caos.

    Pela web

    Últimas notícias

    Apresentador e humorista Jô Soares morre aos 84 anos
    NOTÍCIAS - Personalidades
    sexta-feira, 5 de agosto de 2022
    Abraccine elege os 100 melhores filmes do cinema brasileiro
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 26 de novembro de 2015
    Cidade de Deus é o melhor filme dos últimos 20 anos. Líder do ranking é também o filme mais antigo da lista, com 85 anos…

    Elenco

    Norma Bengell
    Personagem : BêBê
    Jô Soares
    Personagem : Espião americano
    Oscarito
    Personagem : Anastácio
    Zezé Macedo
    Personagem : Cleci
    Ficha completa

    Crítica de usuários

    Duntalmo Campolina Dias Teixeira Ervilha
    Duntalmo Campolina Dias Teixeira Ervilha

    Seguir usuário Ler a crítica

    5,0
    Enviada em 20 de março de 2022
    Fantásticos :direção, fotografia, roteiro, produção, trilha sonora!... O Brasil já fez cinema de verdade.
    1 Crítica de usuários

    Fotos

    Curiosidades das filmagens

    O tal Sputnik

    Sputnik foi o primeiro satélite artificial da Terra. Produzido e enviado ao espaço pelos soviéticos, gerava constante preocupação em relação ao local em que cairia no retorno ao planeta.

    Oooh Norma

    Primeiro filme da musa do cinema nacional Norma Bengell. Sua personagem, BêBê, é uma paródia da estrela francesa Brigitte Bardot.

    Ironia arriscada

    Por conta do tema político o filme enfrentou alguns problemas. Sua exibição quase foi cancelada por conta do alto grau de deboche com a Guerra Fria, que já durava 14 anos. Nos cinemas dividiu os críticos. Uma parte julgou o filme uma ridicularização fruto da ignorância dos produtores. Outros perceberam ali uma potente e inteligente sátira aos Estados Unidos.
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade Brasil
    Distribuidor U.C.B.
    Ano de produção 1959
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Preto & Branco
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top