Minha conta
    A Menina que Roubava Livros
     A Menina que Roubava Livros
    31 de janeiro de 2014 No cinema / 2h 11min / Drama, Guerra
    Direção: Brian Percival
    Roteiro Markus Zusak, Michael Petroni
    Elenco: Geoffrey Rush, Emily Watson, Sophie Nélisse
    Título original The Book Thief
    Assista agora em Star +
    Imprensa
    3,1 20 críticas
    Usuários
    4,5 3845 notas e 265 críticas
    Adorocinema
    3,0
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Não recomendado para menores de 10 anos

    Durante a Segunda Guerra Mundial, uma jovem garota chamada Liesel Meminger (Sophie Nélisse) sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo (Geoffrey Rush), ela aprende a ler e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu (Ben Schnetzer) que vive na clandestinidade em sua casa. Enquanto não está lendo ou estudando, ela realiza algumas tarefas para a mãe (Emily Watson) e brinca com a amigo Rudy (Nico Liersch).

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      Star +Inscrições
    Veja todas as ofertas de streaming

    Críticas AdoroCinema

    3,0
    Legal
    A Menina que Roubava Livros

    Emoção fast food

    por Lucas Salgado
    Adaptação de obra homônima de Markus Zusak, A Menina que Roubava Livros conta a história da jovem Liesel Meminger, uma garota que vive com os pais adotivos na Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial. Apaixonada por livros, ela acaba desenvolvendo o hábito de "roubar" obras para ler para o amigo Max, um judeu que mora clandestinamente em sua casa.Narrada pela Morte, de forma inconstante, mas curiosa, a trama tem como ponto mais interessante a relação entre Liesel (Sophie Nélisse) e seu amiguinho Rudy (Nico Liersch). Os jovens estão bem naturais e transmitem bem a inocência e, ao mesmo tempo, a vontade de descobrir o mundo das crianças.Os ótimos Geoffrey Rush e Emily Watson vivem os pais adotivos da protagonista, papéis quadrados e pouco complexos. Rush é o pai acolhedor e que tem momentos de quase criança, enquanto que Watson é o centro da família, uma figura dura e mal-humorada. Os per
    Ler a crítica
    A Menina que Roubava Livros Trailer Legendado 2:17
    A Menina que Roubava Livros Trailer Legendado
    188.681 visualizações
    A Menina que Roubava Livros Trailer Original 2:22

    Entrevistas, making-of e cenas

    A Menina que Roubava Livros Making of Legendado 1:16
    A Menina que Roubava Livros Making of Legendado
    1.814 visualizações
    A Menina que Roubava Livros Making of (1) Original 1:16
    A Menina que Roubava Livros Making of (1) Original
    390 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    Dicas do Dia: Garota, Interrompida e Fargo - Uma Comédia de Erros são os destaques na TV
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    terça-feira, 26 de junho de 2018
    O drama A Menina que Roubava Livros também embarca na programação.
    Dicas do Dia: Na Natureza Selvagem e Atração Perigosa são as atrações de hoje
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 12 de abril de 2018
    Na TV aberta tem sessão de À Prova de Fogo.
    Oscar 2018: Relembre as 51 indicações de John Williams ao prêmio da Academia
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    domingo, 28 de janeiro de 2018
    Só Walt Disney, com 59 nomeações, está à frente do compositor no ranking geral.
    Dicas do Dia: A Chegada e Um Tio Quase Perfeito estreiam na TV
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sábado, 27 de janeiro de 2018
    Avatar e Sing Street: Música e Sonho estão entre as outras opções.
    42 Notícias e Matérias Especiais

    Elenco

    Geoffrey Rush
    Personagem : Hans Hubermann
    Emily Watson
    Personagem : Rosa Hubermann
    Sophie Nélisse
    Personagem : Liesel Meminger
    Ben Schnetzer
    Personagem : Max Vanderburg
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Carlos O.
    Carlos O.

    Seguir usuário 10 seguidores Ler as 3 críticas

    5,0
    Enviada em 1 de fevereiro de 2014
    mais uma dos filmes que mostram o sofrimento de todos os envolvidos em uma guerra que mudou o curso do mundo...um filme que emociona do inicio ao fim e que me fez lembrar de muitas coisas ruim que só acontecem quando existe uma guerra. recomendo
    Vanusa G.
    Vanusa G.

    Seguir usuário 12 seguidores Ler a crítica

    3,0
    Enviada em 3 de fevereiro de 2014
    O filme deixou um pouco a desejar em alguns detalhes do livro que davam um Q especial . Mas, por outro lado , se redimiu em questao de deixar muitos fatos super realistas. Acho que esse foi o ponto forte, o realismo.
    Eduardo Santos
    Eduardo Santos

    Seguir usuário 274 seguidores Ler as 183 críticas

    2,5
    Enviada em 16 de fevereiro de 2014
    Comecei a ler o livro há algumas semanas atrás, mas não cheguei a concluí-lo, não exatamente por não considerar boa leitura, e sim por não ter tido muito tempo disponível para dedicar-me a terminá-lo. Decidi então assistir ao filme. Bem, posso dizer que houve uma escolha certeira do elenco, sem sombra de dúvida. Não imaginaria atores mais apropriados para os papeis de Mama Rosa e Papa Hans. Emily Watson tem sem dúvida a melhor ...
    Leia Mais
    Thaynan L.
    Thaynan L.

    Seguir usuário 20 seguidores Ler as 4 críticas

    5,0
    Enviada em 4 de fevereiro de 2014
    Eu amei o filme. Sai com a cara inchada de tanto chorar. A fotografia é ótima e os atores estão excelentes. A única coisa que não gostei é que a legenda está branca e não amarela e isso atrapalha um pouco a leitura. De resto, recomendadíssimo. É um dos filmes que comprarei o original para ter em casa.
    265 Comentários do leitor

    Fotos

    19 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Demorou para começar

    A Fox 2000 comprou os direitos de adaptação em 2006, mas só começou a dar seguimento ao projeto em 2013.

    Passado na telinha

    O diretor Brian Percival é conhecido pelo trabalho na premiada série Downton Abbey.

    Origem

    Adaptação do livro "A Menina que Roubava Livros", de Marcus Zusak.

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades EUA, Alemanha
    Distribuidor Fox Film do Brasil
    Ano de produção 2013
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Orçamento 35 000 000 $
    Idiomas Inglês, Alemão
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    • Bruno Z.
      Nota: 7/10.
    • Rodryg Alves
      leia o livro porque o filme é uma decepção, deixa muito a desejar.
    • Leonam
      Me sinto sem jeito de dizer, escrever, mas, não é meu tipo de filme, muito parado e não entendi o que é ou quem é o narrador que se assombra com os humanos, talvez não tenha prestado bem atenção, ou talvez, devesse ler o livro que alguns citaram ai, e estes filmes sobre Hitler, segunda guerra, já encheu o sac*.Em outra oportunidade vou rever o filme e talvez mude minha opinião, já me aconteceu assistir um filme e não gostar, anos depois assisto novamente e acho excelente, por hora, nota 3 🌟 🌟 🌟
    • Senhor Ivan
      O trabalho da vida da jovem Sophie Nélisse.É uma garota adorável,se apresenta muito bem ao lado de Geoffrey Rush e Emily Watson.A fotografia é belíssima.-07 de Março de 2018-Dou nota 6/10
    • Tommoraes M.
      Tem uma explicação no livro! A Morte conhece toda a vida de Liesel porque a mesma a escreveu no livro que o Max a presenteia. A Morte foi a primeira leitora da Liesel e conheceu assim a parte da vida dela além dos três encontros.
    • Kaique F
      A menina que roubava livros (2013) é um filme que se passa na segunda guerra mundial, SIM! Tempo do Hitler, o grande nazista, de fogueiras de livros, e – coisa e tão –. Não li o livro de Marcus Zusak que foi lançado em 2006, mas assisti o filme e achei incrivelmente triste e muito bom! O que é mais interessante é que a narradora dessa história é a própria morta, mas também ao mesmo tempo é a jovem Liesel (Sophie Nélisse), mas tem uma coisa que assim como no livro e no filme está um tanto errado quando a morte diz “só cruzei com Liesel, três vezes” e como ela conta toda sua história? Mas fora isso o filme é super-incrível, eu super-recomendo. De verdade você não vai se decepcionar, o filme tem uma ótima qualidade, roteiro bom e cenas triste e linda!. Filme excelente. –, um dos meus filmes preferidos de 2013.
    • Andrew Garfield
      Sério que a nota foi 3? Esse filme é maravilhoso! Daria 4,5 sem dúvida. A Tilha Sonora do Filme é linda!
    • Juninho R.
      filme muito bom
    • Gwen Stacy
      verdade o livro é bom
    • Kelly L.
      que é chato, é, mas a história é bem bonita e o livro diva!
    • Cida L.
      Primeiro li o livro, e, de curiosa por saber como eles fizeram, assisti ao filme. Nos dois casos, livro e filme, começou extremamente empolgante, divertido e, em certos momentos, dramático, mas nos dois casos tive aquela sensação de que tanto o autor quanto os produtores quiseram terminar logo com o livro e o filme, não lhe dando um final que lhe fizesse justiça. Já li muitos livros e assisti a muitos filmes com base em livros, assim como a opinião geral sempre foi de quem leu o livro se decepcionaria com o filme. Então, eu posso afirmar, em minha humilde opinião, (para não ofender os fãs) que tanto livro quanto filme não mereciam tanto sucesso, levando-me a crer que se outro tivesse narrando a história seria um daqueles livros que passaria despercebido.
    • Reinaldo Q.
      ÉEhhhhhh, mais ou menos, nunca veria outra vez!
    • Gwen Stacy
      sim mais o que eu quero dizer é que esse filme é mto perfeitinhona época da guerra nao era tudo assim ... "limpinho"
    • Almir S.
      MUITO BOM. Ficou muito boa essa adaptação, sem falar que a atriz mirim é uma excelente atriz.
    • Gwen Stacy
      concordo completamente! acho que esse filme pode ser melhor para as crianças terem um pouco de noçaomas é mto chato mesmo, mil vezes esses q vc citou e Fuga de Sobibor e a Lista de Schindler...Beeem melhores
    • Gwen Stacy
      "daquele jeito" tudo fantasioso e limpinho imagina, a casa deles é bombardeada e o Rudy tá inteirinho só sujo ¬¬ e o resto da familia com um sanguinho no nariz, tipo era pra estarem desfigurados
    • junior J.
      Trando a trilha sonora, que é excelente, o filme é bem razoável. A Sophie, que interpreta a Liesel (que roubava livros), não passa qualquer emoção. Senhores, não estou dizendo que o filme não é emocionante. A história em si é emocionante, porém a personagem principal foi mal escolhida. Ficou só como uma menina bonitinha fazendo uma história emocionante. Quem duvidar do que estou falando, assistam e comparem com os dois meninos que fazem o Menino do Pijama Listrado (principalmente o tal menino do pijama). O personagem judeu é só para constar que uma história sobre nazismo tem que envolver um judeu, porque, no mais, sua importância no filme é simplesmente para dar apoio às ânsias de leitura da menina. Tratou o nazismo de forma muito superficial. Nada sobre o sofrimento dos judeus (salvo uma cena quase ao final de uma fila de judeus e o tal do max, que como já disse, é só uma escora para o desenvolvimento da Sophie).Geoffrey Rush e Emily Watson fazem uma interpretação bem melhor que a personagem principal.Enfim, como eu disse, a história é um bom drama que causa uma certa emoção, o que está longe de transformar o filme em bom. Não é porque você vai chorar no final, se é que vai, que vai dizer que o filme é excelente.Li algum comentário comparando o filme ao A vida é Bela. Digo que está muito, muito, longe.Filme razoável; sem pontos altos; segue um padrão constante, sem qualquer acontecimento pelo meio que lhe faça ficar colado na cadeira aguardando o final.Se eu falar mais, vou contar a história.Mas não deixem de assistir. É mais um filme para catalogar sobre aquela época lamentável do nazismo.
    • Willian R.
      Excelente filme, recomendo vale a pena. Fui achando ser chato, mais me surpreendeu.
    • Rogerio Teixeira
      Esse filme é muito bom e vale muito assistir mesmo que você já tenha lido o livro!
    • Raquel S.
      Filme muito bom! Já li o livro e fiquei bem satisfeita com a adaptação! Tem seus erros sim, mas na maioria dos momentos nos emociona e fazem com que reflitamos sobre o que é viver.
    Mostrar comentários
    Back to Top