Minha conta
    Uma Família em Apuros
    Críticas AdoroCinema
    1,5
    Ruim
    Uma Família em Apuros

    Tudo vai dar certo

    por Bruno Carmelo

    Esta comédia familiar propõe uma mecânica simples: opor a modernidade, representada por um casal de pais politicamente corretos, amantes da ecologia, do vegetarianismo e da educação não competitiva, à tradição, ilustrada por um casal de avós defensores de armas, violência e fast food. O humor nasce do contraste entre duas caricaturas, para chegar a uma conclusão simples: o que importa é a família toda estar unida e se amar.


    Foto - FILM - Parental Guidance : 197155Não considere esta informação como um spoiler, afinal, em nenhum momento o espectador é convidado a duvidar da inevitável união entre os opostos. Esta é uma história de conveniências, onde tudo está no seu lugar: o pai perde o emprego e passa a ter muito tempo livre, justamente quando sua filha precisa que ele cuide dos netos; ele sonha em ser locutor de uma grande equipe de beisebol, um dia antes de descobrir que sua filha trabalha para a ESPN e recebe e-mails sobre concursos de locutores. Billy Crystal atua com os mesmos tiques de sempre, Bette Midler faz as caretas habituais, Marisa Tomei se coça e rola os olhos para fazer rir.


    A trama fornece a cada personagem um único conflito, exatamente como fazem muitos sitcoms. Assim, a filha mais velha tem que lidar com a pressão para se tornar uma grande violinista, o filho do meio gagueja e tem dificuldades de inserção social, o menor deles dialoga com um amigo imaginário. O desafio proposto por Uma Família em Apuros é fazer com que os três superem seus problemas e sejam crianças bem resolvidas, da primeira cena até a última. Melhor ainda, elas devem encontrar a felicidade através de uma fusão mágica e súbita entre a educação repressiva dos pais e a educação liberal dos avós. Quando a história decide que é hora de terminar, os problemas são suspensos. Todos dão as mãos e reina a paz em família.


    Foto - FILM - Parental Guidance : 197155Talvez o elemento que mais contribua a essa noção de magia seja o som. Embora tenha poucas canções, a história é pautada por uma melodia quase ininterrupta de orquestra, dizendo ao espectador quando a cena é dramática (com a entrada de violinos tristonhos), cômica (com tubas e outras percussões burlescas) ou romântica (com instrumentos melodiosos de sopro). Parece que o diretor e os produtores não acreditam na capacidade do espectador em perceber por si mesmo o tom de cada imagem, guiando-o assim pelas variações de humor.


    Muitos filmes defendem com unhas e dentes o valor da união familiar – e têm todo o direito de fazê-lo – mas alguns são simplesmente ingênuos em sua pregação. Uma Família em Apuros parte de um conflito interessante, realista, sobre a educação dos filhos em meio ao conflito de gerações. Mas sua solução apela para a simples moral cristã: Amem-se uns aos outros. Tentem de novo, façam esforços. Julgando pela história, essa boa vontade não ajuda a superar os problemas, ela simplesmente faz com que desapareçam. Sorria, e o mundo sorrirá com você.

    Quer ver mais críticas?

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top