Minha conta
    Playtime - Tempo de Diversão
     Playtime - Tempo de Diversão
    Data de lançamento desconhecida / 2h 04min / Comédia
    Direção: Jacques Tati
    Roteiro Jacques Tati
    Elenco: Jacques Tati, Barbara Dennek, Billy Kearns
    Título original Playtime
    Usuários
    3,3 4 notas e 4 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    O senhor Hulot (Jacques Tati) tem que se encontrar com um oficial americano em uma versão high-tech de Paris, mas acaba por se perder no meio do labirinto urbano que a moderna e fria arquitetura causou. Seguindo uma excursão turística de americanos, ele anda pela cidade procurando traços de humanidade e cor em uma metrópole futurista e cinzenta.

    Trailer

    Playtime - Tempo de Diversão  Trailer Original 2:56
    Playtime - Tempo de Diversão Trailer Original
    3.113 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    Cidade de Deus está entre os 100 melhores filmes estrangeiros de todos os tempos
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    domingo, 4 de novembro de 2018

    Elenco

    Jacques Tati
    Personagem : Hulot
    Barbara Dennek
    Personagem : Jovem americano
    Billy Kearns
    Personagem : Schultz
    Rita Maiden
    Personagem : Amigo de Schultz
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Cid V
    Cid V

    Seguir usuário 100 seguidores Ler as 288 críticas

    3,5
    Enviada em 20 de julho de 2020
    Sr. Hulot (Tati), busca um funcionário americano, mas a arquitetura ultra-moderna do escritório onde o mesmo trabalha acaba prejudicando o encontro. Desavisadamente, ele acompanha um grupo de turistas americanos por Paris. Boa parte dos turistas se dirige a um restaurante, recém-aberto e ainda com uma série de detalhes a complementar. Na manhã seguinte o grupo de turistas retorna a seu ônibus, enquanto Hulot continua seu cotidiano. Mais ...
    Leia Mais
    anônimo
    Um visitante
    4,5
    Enviada em 20 de novembro de 2013
    Jacques Tati sem dúvida sabia como fazer um bom filme e esse é, sem dúvida, um dos seus melhores. Um filme bem peculiar, como todos os seus, que nos faz rir porém, ao mesmo tempo, com um fundo critico, nesse caso à modernidade, mesma critica que pode ser observada no seu filme anterior (Mon Oncle). Um filme que deu trabalho para ser feito pois ele teve que construir determinados locais, ele não usou um que já estava pronto, ele realmente ...
    Leia Mais
    4 Comentários do leitor

    Fotos

    26 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    A produção

    A produção foi de outubro de 1964 até outubro de 1967. As filmagens começaram em abril de 1965 em um set onde 100 trabalhadores construíram 2 edifícios.

    figurantes de papelão

    Para cortar custos da produção, manequins de papelão foram usados como figurantes no fundo de algumas imagens. Para dar vida a eles, os figurantes humanos interagiram com os de papelão.

    Melhores filme

    Foi adicionado à lista de melhores filmes de Roger Ebert, em Agosto de 2004.
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades França, Itália
    Distribuidor -
    Ano de produção 1967
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Francês, Alemão, Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top