Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Maldição da Mansão Bly
    Críticas dos usuários
    Críticas da imprensa
    Média
    3,7
    90 notas e 17 críticas
    distribuição de 17 críticas por nota
    9 críticas
    3 críticas
    0 crítica
    2 críticas
    1 crítica
    2 críticas
    Você assistiu A Maldição da Mansão Bly ?
    AntoniooinotnA
    AntoniooinotnA

    Segui-los Ler a crítica deles

    Crítica da série
    1,0
    Enviada em 12 de outubro de 2020
    A série não é de terror, no máximo se encaixa como mistério/romance/drama. Após três episódios eu tava desanimado mas achei que iria ficar boa dali pra frente, pena que quando cheguei no ep7 eu vi que tinha perdido meu tempo. Pra quem acha que é na mesma pegada da The Haunting of Hill House, nem vá... Na minha opinião a série decepciona exatamente por ter uma cara de série de terror e não conseguir ser. Para quem vai assistir, pode ir sem medo, porque essa aqui é fraca, muito fraca mesmo.
    Gleiscon S
    Gleiscon S

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    Crítica da série
    2,0
    Enviada em 12 de outubro de 2020
    Série promissora, porém se perde em meio a histórias interessantes mal contadas, tornando a mesma entediante, e confusa, não consegue prender sua atenção aos fatos narrados. Enfim, fraca demais.
    Queliom A.
    Queliom A.

    Segui-los Ler as 16 críticas deles

    Crítica da série
    4,5
    Enviada em 10 de outubro de 2020
    A nível de Mansão Hill, essa minissérie conta uma história bastante intrigante que pode soar bastante perturbadora e misteriosa. É o tipo de trama que não é bem vista pra que acha muito incrível ficar tomando sustos a cada dois segundos, pois trata-se de um enredo, a certo nível, complexo em detalhes e que foca em deixar o espectador curioso, ao mesmo tempo desconfortável com os elementos de terror que aparecem ao longo dos episódios.
    QG
    QG

    Segui-los Ler as 58 críticas deles

    Crítica da série
    5,0
    Enviada em 11 de outubro de 2020
    Não espere um terror da série por que não tem, é só um suspense romântico e nem chega a dá susto.
    Marcus Moreno
    Marcus Moreno

    Segui-los Ler as 12 críticas deles

    Crítica da 1 temporada
    3,0
    Enviada em 28 de outubro de 2020
    Uma série que começa interessante e vai se perdendo de forma bastante linear e constantemente à cada novo capítulo para finalizar de forma bastante monótona, com afirmações sem bom senso e mostrando alguns personagens, em seu destino final, totalmente desconexos (exemplo: escolhem um ator para mostrar o personagem mais velho sem nenhuma única relação com o personagem mais novo; totalmente alheio à trama, chegaria a dizer) Enfim, dica: assista outra coisa; se não tiver nenhuma outra opção viável, assista sem expectativas.
    khyquer
    khyquer

    Segui-los Ler as 10 críticas deles

    Crítica da série
    5,0
    Enviada em 29 de outubro de 2020
    Maravilhosa. Peca por explicar demais e por acelerar o final, que poderia ter durado uns dois episódios a mais. Porém tem suspense, sensibilidade, amor e terror na medida certa. Vale a pena maratonar.
    Vitor G.
    Vitor G.

    Segui-los Ler as 9 críticas deles

    Crítica da série
    5,0
    Enviada em 12 de outubro de 2020
    Super perfeita. Nao é exatamente um terror de dar medo... Mas a historia foi bem construida e foi ate triste o final. Simplesmente esplêndido rsrs. E explicaram tudo muito bem ao longo da serie. Basta prestar MUITA atencao que vera coisas escondidas
    ဣSrta. Erika
    ဣSrta. Erika

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    Crítica da série
    5,0
    Enviada em 10 de outubro de 2020
    excelente! me fez chorar, não tem jumpscare que nem a hill(eu amo a hil, mais graça a deus. Não aguento mais levar jumpscare kkk) e para as pessoas que acharam ruim, só pq n tem um "terror" que jogue sua primeira pedra! é um romance gótico, porém com uma camada de suspense.
    Mislene Moreira
    Mislene Moreira

    Segui-los Ler as 5 críticas deles

    Crítica da série
    4,5
    Enviada em 12 de outubro de 2020
    Eu amei a série e da medo SIM! O episódio 8 na minha opinião foi o melhor.Super recomendo a série . Muito bem explicada no decorrer de cada episódio...
    Iran D'el-Rei
    Iran D'el-Rei

    Segui-los Ler as 4 críticas deles

    Crítica da série
    0,5
    Enviada em 19 de outubro de 2020
    Meu Deus do céu, é ruim demais! Eu só queria de volta o tempo que perdi assistindo isso... Não assistam!
    Felipe Dutra Bandeira
    Felipe Dutra Bandeira

    Segui-los Ler a crítica deles

    Crítica da série
    5,0
    Enviada em 12 de outubro de 2020
    A série é, como dito inúmeras vezes pela personagem Flora, Perfeitamente esplêndida! Ao longo da narrativa audiovisual, acompanhamos inúmeras nuances do amor associadas às problemáticas inerentes a esse sentimento, como por exemplo: amor entre pais e filhos, amores suprimidos, amores incompreendidos, amores egoístas e amores que findaram, mas - de alguma forma - encontram-se incloncluso por pendências e apegos psicoemocionais e uma dose de culpa. A série também aborda, assim como na primeira temporada, todo rito de passagem entre vida e morte, salientando questões vinculadas ao luto e como ele é encarado por cada um dos personagens. Existe, na trama, uma doçura e uma necessidade constante de envolver o espectador com os dilemas vivenciados por cada morador da mansão Bly. É maravilhoso perceber o salto de consciência de um personagem que revela, simultaneamente, a fuga movida pela culpa de suas próprias escolhas. Existe um porquê claro para tudo, de modo que não restam pontas soltas ao final da obra. O modo como o autor conseguiu conduzir o universo que prende os mortos ao mundo dos vivos e denotar que carregamos, mesmo após a morte, nossas memórias e desejos mais profundos como enormes bagagens, nos faz refletir sobre como encararmos a vida e como escolhemos conduzí-la ao longo de nossa jornada. Que emoções valem a pena ser vividas? Que sentimentos deverão ser abandonados? E o que pode ser levado conosco ao fim de nossa peregrinação terrestre. A narrativa nos submerge a uma sequência de ações exploradas com intensidade e dinamização experiências pelos personagens a cada novo episódio. As falas são envolventes e carregadas de simbologias e alegorias conceituais. Imensamente grato e feliz pelo deleite que esta série nos proporciona!
    Maíra Muniz
    Maíra Muniz

    Segui-los Ler a crítica deles

    Crítica da série
    2,0
    Enviada em 19 de outubro de 2020
    Crianças super ricas órfãos que não tem mais ninguém da família e moram numa mansão no meio do nada com vários serviçais.. e claro.. sempre acontecendo algo sinistro.. Série arrastada, com a história dramatizada beeeeem clichê com uns sustinhos.. Que decepção! Fiquei tempão esperando uma "segunda" temporada da Maldição da Residência Hill, que essa sim tem um roteiro foda com uma história autêntica! Essa série só é boa pra quem gosta das mesmas histórias de sempre num terror meia boca. Só dou duas estrelas pelos atores que a maioria são bons, principalmente pela Victoria Pedretti.
    Ana_unisul
    Ana_unisul

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    Crítica da série
    0,5
    Enviada em 17 de outubro de 2020
    Muito parado , chega a dar sono. Diferente da Residência Hill, que simplesmente prendia sua atenção e te instigava a querer desvendar os mistérios ...
    Ana paula S.
    Ana paula S.

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    Crítica da série
    5,0
    Enviada em 19 de outubro de 2020
    amei essa série, um terror com misturas de romance e um drama, e pode sim dr muitos sustos e medos, gostei bastante , recomendo.
    Murilo Pinheiro
    Murilo Pinheiro

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    Crítica da série
    4,0
    Enviada em 20 de outubro de 2020
    Série excelente. Pra quem espera série de terror, pode esquecer, pois tanto essa quanto a maldição da residência Hill são séries que abordam dramas que vivenciamos (no caso da Hill o luto de um familiar, nessa a perda do amor da vida, seja ele qual for) de maneira inteligentíssima, usando o suspense e o terror apenas como plano de fundo. Nessa temporada em questão, são levantados conceitos do espiritismo e outras religiões, a questão da vida após a morte, a permanência no plano terreno, obsessividade e materialismo, com personagens bem desenvolvidos, cada um com seu choque de realidade. Além disso, é inspirada no livro "A Outra Volta do Parafuso", para os mais curiosos. O problema mais incômodo é a questão da "vilã", desenvolvida de forma que pode ser confuso ou viajado demais para alguns que não tenham muito conhecimento em questões de religiões mais voltadas ao lado espiritualista.
    Back to Top