Meu AdoroCinema
    George Stevens

    Direção

    Ano Título Profissão Nota do usuário
    1970 Jogo de Paixões Diretor -
    1965 A Maior História de Todos os Tempos Diretor
    3,2
    1959 O Diário de Anne Frank Diretor
    4,2
    1956 Assim Caminha a Humanidade Diretor
    3,9
    1953 Os Brutos Também Amam Diretor
    3,8
    1951 Um Lugar ao Sol Diretor
    3,7
    1943 Original Pecado Diretor
    3,2
    1942 A Mulher do Dia Diretor
    3,1
    1942 E a Vida Continua Diretor
    3,0
    1939 Gunga Din Diretor
    3,0
    1937 Cativa e Cativante Diretor -
    1937 Rua da Vaidade Diretor -
    1936 Ritmo Louco Diretor -
    1935 A Mulher Que Soube Amar Diretor
    3,0
    1935 Na Mira de um Coração Diretor -

    Roteiro

    Ano Título Profissão Nota do usuário
    1965 A Maior História de Todos os Tempos Roteirista
    3,2

    Equipe técnica

    Ano Título Profissão Nota do usuário
    1927 Velhos e Velhacos Curta-metragem Diretor de fotografia -

    Produção

    Ano Título Profissão Nota do usuário
    1965 A Maior História de Todos os Tempos Produtor
    3,2
    1959 O Diário de Anne Frank Produtor
    4,2
    1956 Assim Caminha a Humanidade Produtor
    3,9
    1953 Os Brutos Também Amam Produtor
    3,8
    1951 Um Lugar ao Sol Produtor
    3,7
    1942 E a Vida Continua Produtor
    3,0
    1939 Gunga Din Produtor
    3,0
    Comentários
    • Jurandir Bernardes de Lima
      Graças a Deus, fui premiado na vida por minha existencia em tempos deste memorável diretor. Vi cinco ou seis filmes seus, porém foram o bastante para caracterizá-lo como um mestre, um gerente de atores, um artesão qualificado, um homem que sabia escolher suas criações, um diretor de mão cheia e que deu para mim assistir obras como; Um Lugar ao Sol ( poucos filmes do gênero chegarão perto desta realização), Os brutos Também Amam (classificado por muitos, ou melhor, pala maioria da critica cinematográfica como o Lider dos Westerns, como a melhor obra no gênero já produzina e etc) e o grandioso e quase que inigualável drama Assim Caminha a Humanidade (onde se observa uma narrativa preciosa de várias gerações, com cenas explendorosas, uma trilha sonora marcante de Tiomki, tão bela que chega a nos mobilizar as entranhas, e um trio de atores que nesta fita terminaram por dizer o porque tinham seus nomes e os valores que lhes eram dedicados: Hudson, marcante, seguro, muito estável e, como sempre, um bom ator. Taylor mais linda, mulher e atriz que nunca. Dean, infringindo todo um talendo ainda pouco exposto e que ali se encerraria. Ele está perfeito neste seu trabalho. Chego a dizer que ele está memorável! Um filme cuja marrativa longa jamais incomoda, e a qual nos sensibiliza de forma tal que, até quando a fita termina, é como se passasse a nos faltar algo na vida.  Stevens valeria apenas por este seu formidável Giante, uma obra de Edna Ferber, que também nos deu Cimarrom, dentre outros bons Best Seller's. E toto este aparato meu sobri Giant sem ainda por falas no elenco de apoio. Cambridge está soberba e mereceu seu Oscar. Baker ótima, sempre boa atriz e sempre centrada em suas interpretações. e ainda os ótimos Sal Mineo, Earl Holliman (um ator pouco falado mas de muito boas qualidades, vide sua filmografia), o desnecessário elogiar Dennis Hooper, magnífico e assim o é tudo neste longo, completo e perfeito filme. 
    Mostrar comentários
    Back to Top