Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    The Walking Dead S08E10: Os perdidos e os saqueadores
    Por Vitória Pratini — 5 de mar. de 2018 às 13:02
    facebook Tweet

    Confira nossa crítica do 10º episódio da 8ª temporada — com spoilers!

    AMC

    Atenção: o texto a seguir contém spoilers do 10º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead.

    Depois do emocionante e devastador episódio no retorno da 8ª temporada, todo focado na despedida Carl (Chandler Riggs), The Walking Dead entregou um novo capítulo dividido em diferentes arcos narrativos.

    Chegou a hora de dar adeus a Alexandria e a Carl. Enquanto Rick (Andrew Lincoln) e Michonne (Danai Gurira) lamentavam a morte do rapaz nas primeiras cenas do episódio, o luto de Grimes era visível. Entretanto, por mais que ele parecesse sem chão ao enterrar o filho, no restante do episódio, o ator não conseguiu transmitir a tristeza — se compararmos com a brutal morte de Gleen (Steven Yeun) no início da temporada anterior — um erro não de Lincoln, mas do roteiro. Parecia que Rick tinha perdido só mais um dos seus, e não seu próprio filho — talvez por já estar calejado do mundo pós-apocalíptico. Mesmo assim, após um 9º episódio que fez muita gente chorar, faltou um pouco de emoção por parte dos próprios protagonistas.

    Ainda assim, os pontos altos do capítulo foram nos momentos mais inesperados. Dando espaço para coadjuvantes que não apareciam desde a midseason finale — cujos nomes foram anunciados na tela, sem motivo, em intertítulos — "The Lost and the Plunderers" apresentou a perspectiva de cada um.

    AMC

    Foi interessante ver Simon (Steven Ogg) escondendo suas falhas de Negan (Jeffrey Dean Morgan) e posteriormente tentando conter seu ímpeto de matar o povo do Lixão, mas falhando. Foi possível, inclusive, notar um quê de Trevor de "GTA V", personagem dublado por Ogg no videogame. Já Pollyanna McIntosh pela primeira vez entregou uma Jadis profunda e emotiva, devastada, porém forte diante da morte de seu povo. Nesta sequência, inclusive, voltamos a ver a maquiagem e os efeitos visuais da produção sendo investidos nos zumbis e nas repugnantes cenas, tão típicos de TWD.

    Ao mesmo tempo em que mostrou outro lado dos Salvadores e do povo do Lixão, com Simon e Jadis brilhando, cada um a sua maneira; desperdiçou minutos do episódio focando em Enid (Katelyn Nacon), Aaron (Ross Marquand) e Oceanside — um arco que sempre promete colocar a história de volta nos trilhos, mas só parece perda de tempo (tanto para os personagens, quanto para os espectadores). A questão que fica, entretanto, é: qual é o plano de Aaron? Ele irá se sacrificar pela causa, agora que perdeu Eric (Jordan Woods-Robinson)?

    AMC

    Outro destaque do capítulo foi a conversa entre Rick e Negan, na qual este se mostrou mais emotivo do que aquele em relação a Carl, e culpou Grimes pela morte do filho. Foi o momento de cada um puxar a sardinha para o seu lado, com o líder dos Salvadores afirmando que o seu modo é a resposta. Curiosamente, o personagem de Dean Morgan revelou que tinha planos para o jovem — dando um vislumbre para os fãs sobre o que poderia ter sido transportado dos quadrinhos para as telas.

    E a enrolação para o encontro final entre Rick e Negan cada vez aumenta mais...

    O que será que o restante da temporada reserva? The Walking Dead é exibida todos os domingos, às 23h30, nos canais Fox e Fox Premium.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Flavia
      Claro que Rick sofreu com morte do filho. Eles tiveram um tempo de despedida. Diferente da morte brutal do Gleen. Apesar de eu não concordar com a morte se Carl e achar até que eu não ia querer ver mais, os episódios 9 e 10 foram ótimos! Povo reclama demais tb...
    • サイラス
      The Walking Dead não tem mais pra onde correr, agora é só arrumar um final digno para série.
    • Daniel B.
      The walking dead já foi muito melhor. Só isso que tenho a dizer. E olha que sou fã e assisti a todos ep. E continuo com esperança de que volte a ser como antes. Assistam Peaky Blinders, Mindhunter, Rick and Morty que tá valendo muito mais a pena. Anos luz..triste mas é a realidade.
    • Cristiane O.
      Eu adorei este episódio.
    • Francisca
      Perder alguém sempre será doloroso. Rick já perdeu muitas pessoas, e mesmo que ele não tenha demonstrado sua dor, sabemos que ele sentiu muito, mas ele tem uma forma diferente de lidar com isso, ele no momento não pode realizar o desejo de Carl, ele quer que o Negan sofra da mesma forma que ele sofreu, não há mais negociações. Sobre o que Negan disse, eu sentir que ele ficou abalado com a morte de Carl, ele já sentiu essa dor, ele sabe o que Rick está sentindo e sabe o que ele pretende, mas a culpa talvez seja dele, sempre será dele, independente das escolhas do Carl, um pai sentirá isso, uma mãe sentiria isso, a culpa, e talvez se perguntaria se poderia ter sido diferente. Eu gostei dessa conversas entre os dois, gostei da carta de Carl, e me sentir muito comovida com a Jadis, quem diria... Ela perdeu tudo, e acho, tenho quase certeza que ela ainda apareça e fará o seu melhor para acabar com Rick, Negan e quem estiver no seu caminho. Tive essa impressão. Foi um bom episódio, apesar de monótomo.
    • FSociety
      No fundo ele está triste e arrasado mais o foco é pegar o Negana todo custo então ele abril mão dos seus sentimentos.
    Mostrar comentários
    Back to Top