Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Olivia de Havilland processa FX por uso indevido de sua identidade em Feud: Bette and Joan
    Por Katiúscia Vianna — 30 de jun. de 2017 às 17:20
    facebook Tweet

    A veterana atriz não aprovou a produção, onde foi vivida por Catherine Zeta-Jones.

    Olivia de Havilland realmente não está feliz com Feud: Bette and Joan. A vencedora de duas estatuetas do Oscar - por Só Resta uma Lágrima (1946) e Tarde Demais (1949) - anunciou que está processando a FX por uso indevido de sua identidade no show.

    Antologia produzida por Ryan Murphy, a primeira temporada de Feud acompanhou a histórica rivalidade entre Joan Crawford (vivida por Jessica Lange) e Bette Davis (Susan Sarandon) durante as filmagens de O Que Terá Acontecido a Baby Jane?. Catherine Zeta-Jones foi responsável por interpretar Olivia, confidente de Davis.

    "FX não pediu atorização da Sra. de Havilland para usar seu nome ou identidade; e ela não foi compensada por tal uso. Além disso, a série coloca palavras em sua boca que são imprecisas e contrárias à reputação que ela construiu em 80 anos de carreira, especialmente se recusando a participar de qualquer fofoca sobre outros atores para gerar atenção a si mesma", afirmaram os advogados de Olivia, em declaração oficial. Por enquanto, a emissora não respondeu sobre o assunto.

    Meses atrás, Olivia de Havilland revelou que não tinha assistido Feud, mas declarou que é oposta a qualquer tipo de representação de pessoas falecidas, que não podem refutar determinados incidentes. Olivia é a única das protagonistas retratadas na atração que ainda está viva, residindo atualmente em Paris, aos 100 anos.

    Elogiada pela imprensa, a segunda temporada pretende mostrar o conturbado relacionamento de Princesa Diana e Príncipe Charles, com previsão de estreia para 2018. Enquanto isso, leia nossa crítica de Feud: Bette and Joan.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top