Meu AdoroCinema
Feud: Ryan Murphy discute etarismo em Hollywood e a importância de mostrar o lado sexual de Bette e Joan
Por Laysa Zanetti — 15/03/2017 às 11:28
facebook Tweet G+Google

"Elas não eram apenas atrizes e mães, elas tinham uma outra coisa acontecendo, como todo mundo tem."

Há certamente muito mais em Bette e Joan do que apenas a famosa contenda entre as duas lendárias atrizes. E Ryan Murphy está empenhado em mostrar todos os lados dessa briga em Feud, não apenas entre Davis e Crawford mas também a parte disso que cabe aos preconceitos de Hollywood quanto a idade e à obsessão da mídia por alimentar disputas em troca de audiência.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o showrunner relatou:

"Eu cresci com muitas mulheres ao meu lado na minha carreira, e todas elas eventualmente vêm ao meu escritório e às vezes se desmontam em lágrimas, dizendo que de repente o telefone parou de tocar. 'De repente as pessoas não estão mais interessadas em mim porque eu fiquei mais velha.' E isso me move muito. Perseverar e lutar para ficar no jogo ao invés de desistir e ainda lutar para demonstrar o seu valor é algo muito emocionante. Pra mim, o mais triste é o potencial desperdiçado. Isso é sempre o mais devastador porque há alguma coisa a ser minada de uma situação ou uma pessoa que não é explorada; isso é uma tragédia ao meu ver. Eu olhei para [Feud] como uma peça trágica sobre um grupo de pessoas que estranhamente tinha muito em comum, mesmo que não soubessem disso naquele momento."

A primeira temporada de Feud, protagonizada por Susan Sarandon e Jessica Lange como Bette Davis e Joan Crawford (respectivamente), se passa nos bastidores de O Que Terá Acontecido a Baby Jane? (1962), o único filme em que contracenaram. Elas foram dirigidas por Robert Aldrich, vivido por Alfred Molina, com produção da Warner Bros., precisamente na figura influente de Jack L. Warner (Stanley Tucci). A série também conta com Catherine Zeta-Jones como Olivia de Havilland e Kathy Bates como Joan Blondell.

"Acho que tem uma parte do processo de envelhecimento de Hollywood em que há uma data de expiração estampada nas suas nádegas e você está lutando para permanecer relevante e então de repente você acorda e as pessoas decidiram que você já expirou", comentou Murphy. "Todos os nossos protagonistas [...] estavam tendo essa mesma sensação, e isso é muito tocante para mim."

Mas a 'opressão' do sistema de Hollywood não é alimentada apenas por produtores e grandes estúdios, e Feud faz questão de estabelecer também a influência da mídia. Neste caso, cabe a Hedda Hopper (Judy Davis) este papel. "Muito daquilo foi criado pelo sistema, pelos colunistas", explicou o showrunner. "O que eles fizeram ainda acontece hoje em dia com as mulheres. Susan, Jessica e eu conversamos muito a este respeito; esse tipo de relato mulher-contra-mulher é um artifício bastante usado pela mídia como click bait ou para vender jornais naquela época", alfinetou. 

Tão fascinante quanto for acompanhar a rixa entre Bette e Davis ir atingindo novas proporções nos bastidores do único trabalho que fizeram juntas, há ainda um outro lado de suas vidas pessoais que Feud não deixa de lado: suas sexualidades. 

"Joan Crawford e Bette Davis estavam em seus 50 quando fizeram Baby Jane, e na nossa cultura, após os 40 anos as mulheres não são mais sexualizadas — elas não têm mais desejos, ou necessidades. Foi importante para mim, Jessica e Susan mostrar esse lado de Bette e Joan. Elas eram sexuais, tinham romances, dormiam com homens em seus 50 anos. Elas não eram apenas atrizes e mães, elas tinham uma outra coisa acontecendo, como todo mundo tem. Mas você não costuma ver isso com muita frequência no cinema ou na TV em relação a mulheres acima dos 40, ou particularmente acima dos 50. Então dedicamos muito tempo falando sobre as vidas românticas e sexuais de Bette e Joan, e tendo certeza de que seriam documentadas. Um pouco antes de Com a Maldade na Alma, Bette Davis teve um romance com um ator em seus 20 e poucos anos. Ninguém imaginaria isso de Bette Davis, mas essa era quem ela era e como ela agia. Eu amo o fato de ela ter vivido sem remorso como um homem viveria e eu tinha vontade de mostrar isso."

Feud: Bette and Joan é exibida no Brasil através do Fox Premium, todos os domingos às 22h.

Feud: Bette and Joan 1ª Temporada Trailer Original

 

facebook Tweet G+Google
Links relacionados
Pela web
Comentários
Mostrar comentários
Siga o AdoroCinema
Novas séries mais esperadas
Marvel's Cloak And Dagger
1
Marvel's Cloak And Dagger
Fantasia, Romance
Estreia
7 de junho de 2018 em Freeform
Todos os vídeos
The Rain
2
The Rain
Drama, Ficção científica
Estreia
4 de maio de 2018 em Netflix
Jack Ryan
3
Jack Ryan
Espionagem, Suspense
Estreia
31 de agosto de 2018 em Amazon
Todos os vídeos
Os Inocentes
4
Os Inocentes
Drama, Fantasia
Estreia
24 de agosto de 2018 em Netflix
Todos os vídeos
Novas séries mais esperadas
Últimas notícias de séries
HBO cancela Here and Now após uma temporada
NOTÍCIAS - Negócios
quinta-feira, 26 de abril de 2018
HBO cancela Here and Now após uma temporada
George R.R. Martin afirma que sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo não será lançado em 2018
NOTÍCIAS - Personalidades
quarta-feira, 25 de abril de 2018
George R.R. Martin afirma que sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo não será lançado em 2018
Cobra Kai: Série baseada em Karate Kid terá homenagens e cenas inéditas com o Senhor Miyagi
NOTÍCIAS - Personalidades
quarta-feira, 25 de abril de 2018
Cobra Kai: Série baseada em Karate Kid terá homenagens e cenas inéditas com o Senhor Miyagi
Emmy 2018: Game of Thrones tentará indicar Emilia Clarke e Kit Harington nas categorias principais de atuação
NOTÍCIAS - Festivais e premiações
quarta-feira, 25 de abril de 2018
Emmy 2018: Game of Thrones tentará indicar Emilia Clarke e Kit Harington nas categorias principais de atuação
Os Simpsons: Hank Azaria está disposto a parar de dublar Apu após controvérsia com o personagem
NOTÍCIAS - Visto na web
quarta-feira, 25 de abril de 2018
Os Simpsons: Hank Azaria está disposto a parar de dublar Apu após controvérsia com o personagem
Máquina Mortífera: Clayne Crawford pede desculpas após comportamento abusivo que ameaça o futuro da série
NOTÍCIAS - Personalidades
quarta-feira, 25 de abril de 2018
Máquina Mortífera: Clayne Crawford pede desculpas após comportamento abusivo que ameaça o futuro da série
Notícias de séries
Top séries
La Casa de Papel
1
Direção: Álex Pina
Elenco: Úrsula Corberó, Álvaro Morte, Alba Flores
Drama, Suspense
The 100
2
Direção: Jason Rothenberg
Elenco: Eliza Taylor, Paige Turco, Bob Morley
Aventura, Drama
Riverdale
3
Direção: Roberto Aguirre-Sacasa
Elenco: K.J. Apa, Lili Reinhart, Camila Mendes
Drama, Suspense
Perdidos no Espaço (2018)
4
Direção: Zack Estrin, Burk Sharpless, Matt Sazama
Elenco: Molly Parker, Toby Stephens, Max Jenkins (II)
Aventura, Drama
Séries mais consultadas
Back to Top