Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Conheça a carreira de Carla Diaz, atriz de O Clone, A Menina que Matou os Pais e agora no BBB21
    Por Ygor Palopoli — 21 de jan. de 2021 às 15:30
    facebook Tweet

    Selecionada para a 21ª edição do BBB, a atriz tem dois filmes prontos para serem lançados, onde interpreta Suzane von Richthofen.

    Nacionalmente conhecida por papéis marcantes na teledramaturgia brasileira como, por exemplo, a Khadija de O Clone, a Maria de Chiquititas ou a Márcia de Rebelde, a atriz Carla Diaz atualmente é uma das integrantes do BBB21, que mais uma vez está reunindo celebridades a pessoas anônimas na edição deste ano. 

    Aquecimento BBB: 5 Filmes sobre reality shows para entrar no clima da próxima edição

    Conforme a procura pela carreira da atriz vai crescendo após sua confirmação, o AdoroCinema resolveu fazer a alegria dos curiosos de plantão e trouxe uma lista completa resumindo a trajetória artística de Carla desde sua estreia na televisão, passando por sua escalação nos dois filmes a respeito do caso de Suzane von Richthofen — A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais.

    Então, vamos conferir!

    INSHALÁ! O INÍCIO DA CARREIRA E MUITO OURO

    Com apenas quatro anos de idade, Carla Diaz começou sua carreira na televisão na clássica Éramos Seis, de 1994, onde interpretava a menina Eliana. Carismática e talentosa desde cedo, com 6 anos ela interpretou Tininha na série Colégio Brasil e ganhou maior projeção com Chiquititas Brasil, até hoje referenciada em diversos lugares. 

    Em 2000, com 10 anos, a atriz esteve na prestigiada Laços de Família, novela que a levou direto para a obra que viria logo depois dela: O Clone, que também ficaria marcada na história da teledramaturgia. Foi lá que Carla interpretou um de seus papéis mais conhecidos até hoje, a Khadija Rachid, do bordão "Inshalá! Muito ouro!". A partir daí, se iniciava uma era de trabalhos contínuos em sua adolescência e fase adulta nas novelas.

    A CONSOLIDAÇÃO NAS NOVELAS

    Depois de A Casa das Sete Mulheres, da qual participou em 2003, a atriz ficou 3 anos sem participar de novos projetos, até fazer uma ponta em A Grande Família, e logo no ano seguinte voltar para Os Sete Pecados, já com 17 anos de idade. Entre indas e vindas na TV, Carla participou de séries e novelas como Casos e Acasos, até ser contratada pela RecordTV. 

    Lá, ela participou de Mutantes: Promessas de Amor, Milagres de Jesus, Plano Alto e A Terra Prometida, encerrando seu tempo de contrato em 2016. Um ano depois, ela voltou a participar de uma novela das nove, A Força da Querer, embarcando logo depois em Malhação e em Espelho da Vida, ambos no ano de 2018.

    CARREIRA CINEMATOGRÁFICA E BBB21

    No mesmo ano, Carla começou as negociações para estrelar um projeto diferenciado: a mesma história contada em dois filmes, sob duas óticas e perspectivas. Baseado no famoso caso de Suzane von Richthofen, que encomendou o assassinato do pai e da mãe. A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais seriam lançados em 2020, mas foram adiados devido à pandemia de Coronavírus.

    Big Brother: Personagens do cinema que representam os participantes do BBB

    Eles foram filmados na mesma época e iriam inaugurar algo bastante diferenciado no cinema brasileiro. No entanto, de qualquer forma os longas serão lançados em 2021. E também será no ano de 2021 que Carla Diaz participará do Big Brother Brasil, onde foi recentemente confirmada como integrante do grupo Camarote. E sua torcida, vai pra ela? Conta pra gente!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonas Furtado Bittencourt
      totosinha dms
    Mostrar comentários
    Back to Top