Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Dama e o Vagabundo: 5 curiosidades do live-action do Disney+
    Por Amanda Brandão — 30 de nov. de 2020 às 17:27
    facebook Tweet

    O filme foi feito especialmente para o catálogo da plataforma da Disney.

    A versão live-action de A Dama e o Vagabundo está disponível no Disney+. Além de trazer diversas cenas semelhantes ao original, o filme emociona por contar com animais de verdade em cena. Vale ressaltar que o longa foi feito especialmente para o catálogo do Disney+. Nos Estados Unidos, ele estreou em novembro de 2019 como um de seus primeiros originais e não chegou a ir para as telonas dos cinemas.

    Após a chegada da plataforma no Brasil, o live-action já é um dos mais populares entre o público por aqui. Por isso, o AdoroCinema separou 5 curiosidades de A Dama e o Vagabundo de 2019. E confira aqui tudo sobre e como assinar o Disney+.

    A Dama e o Vagabundo: 5 cenas do live-action idênticas ao original



    A clássica cena da macarronada demorou para ser filmada


    Assim como a animação original, o live-action de A Dama e o Vagabundo conta com a cena clássica da macarronada. No entanto, para que este momento acontecesse, a produção precisou de paciência - principalmente por se tratar de animais de verdade.

    De acordo com o New York Post, demorou três dias para filmar a cena do jantar romântico no live-action. Fora isso, não foi usado um macarrão de verdade mas sim um caldo de galinha sem tempero. Mark Forbes, o treinador de cães, até ensinou o Vagabundo como empurrar aquela almôndega para Dama.


    Os humanos são vistos no live-action


    Diferentemente do original, o live-action não mostra apenas os pés dos pais da Dama. Jim e Darling ganharam vida no novo filme do Disney+ e também novas opiniões, interpretados por Thomas Mann e Kiersey Clemons. O elenco ainda conta com Yvette Nicole Brown como a amante de gatos tia Sarah.


    Onde o live-action de A Dama e o Vagabundo foi filmado?


    O original não tem nenhuma localização especificada, mas foi baseado na pequena cidade natal de Walt Disney, Marceline, Missouri. Enquanto isso, as filmagens do live-action aconteceram principalmente em Savannah, Georgia.


    Canções originais foram modificadas no live-action


    Além de, claro, contar com as clássicas faixas da trilha sonora da animação como "He's a Tramp," "Bella Notte," "La La Lu," e "Peace on Earth, o live-action alterou um número musical.

    A canção dos gatos da tia Sarah foi repaginada pela equipe de redação e produção de Janelle Monáe. O número dos gatos destruindo a sala agora conta com a música "What a Shame" e teve as suas ofensas racistas retiradas.


    O live-action de A Dama e o Vagabundo modificou algumas cenas



    Alguns momentos importantes do desenho foram mantidos exatamente iguais o live-action, outros, nem tanto. O período em que o filme se passa, de 1909, foi mantido o mesmo e a raça dos personagens principais também.

    Por outro lado, o live-action tem uma maior preocupação com os direitos dos animais em diversos momentos e precisou fazer algumas alterações no roteiro - como, por exemplo, quando a focinheira é colocada na Dama. Fora isso, a cena final pode te surpreender se você está esperando que seja exatamente idêntica à animação.

    Veja todos os detalhes do Disney+ no Brasil e como assinar a plataforma!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top