Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Cinemas do Rio de Janeiro reabrirão em outubro com 50% da capacidade
    Por Redação — 14 de set. de 2020 às 10:01
    Atualizado 22 de set. de 2020 às 17:02
    facebook Tweet

    Estabelecimentos obtiveram a liberação do consumo de alimentos no local.

    Desde março fechados por conta da pandemia do Coronavírus, os cinemas e teatros estão autorizados a reabrirem na cidade Rio de Janeiro a partir desta segunda-feira, 14. A liberação faz parte do projeto de flexibilização da Prefeitura do Rio.

    No entanto, as salas só podem funcionar com 50% da capacidade e, neste primeiro anúncio, as bombonieres continuariam fechadas e a Associação dos Exibidores de Cinema afirmou que não abriria desta maneira.

    Agora, após reunião virtual com representantes da Prefeitura do Rio de Janeiro e da Vigilância Sanitária, os exibidores de cinema foram informados de que está confirmada a data do dia 1º de outubro para a liberação do consumo de alimentos e bebidas dentro das salas de cinema. Sendo assim, os cinemas da cidade já têm data de reabertura: 1º de outubro. 

    Os estabelecimentos precisarão seguir todas as regras, dentre elas: o uso obrigatório de máscara, assentos numerados, higienização entre as sessões e metade da capacidade.

    Salas de cinema de todo o Brasil terão medidas de segurança para o público na reabertura

    A proibição de alimentos nos cinemas

    Em reportagem do G1, a Associação dos Exibidores de Cinema lamentou a proibição de alimentos no local pois, desta maneira, inviabiliza o pagamento de salários dos funcionários e custos do estabelecimento, e enviou um pronunciamento oficial:

    "Os exibidores de cinema da cidade do Rio de Janeiro agradecem o reconhecimento do Prefeito de que nossas salas são tão ou mais seguras que restaurantes, salões de festa e academias. Os cinemas estão liberados para funcionar na cidade a partir de segunda-feira, 14 de setembro. Entretanto, NÃO VAMOS ABRIR", disse o comunicado na época.

    A Associação de Produtores Teatrais do Rio afirmou que a decisão de reabrir ou não será dos diretores das peças. A Fase 6A de retomada na cidade permite também a abertura de museus, galerias de arte, parques de diversão, bibliotecas, centros culturais e cursos profissionalizantes e de capacitação.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Jonas Furtado Bittencourt
      Ah não, pera, eles nunca pararam as atividades Kkkks....
    • Jonas Furtado Bittencourt
      A bandidagem também já avisou que vai começar a reabertura gradual das suas atividades, com 20% da capacidade de homicídio, 30% da capacidade de sequestro, e 50% da capacidade de assalto.
    • Dheo
      Palhaçada isso! As bombonieres deveriam funcionar tbm. Prefeito vacilou.
    Mostrar comentários
    Back to Top