Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Outono, magia e o desconhecido: um dia nos bastidores de Frozen 2
    Por Laysa Zanetti — 23 de nov. de 2019 às 09:00
    facebook Tweet

    Anna, Elsa, uma floresta encantada e, é claro, novas músicas.

    “Ei, por favor, não pode tirar foto aqui! Vocês podem, por gentileza, apagar?”

    Foi assim que um grupo de jornalistas — o AdoroCinema incluso — chegou na sede da Disney Animation Studios, na Califórnia, levando uma bronca. Em nossa defesa, dois pontos: não sabíamos da proibição e os corredores são nada menos que encantadores para qualquer um que já se sentou em frente a uma tela para assistir a alguma animação da Disney. São metros e metros de corredores decorados com quadros relacionados às produções da casa — de A Princesa e o Sapo a Carros. Mas o tema do dia era outro. Rumo ao destino final, o segundo andar, somos recepcionados por uma pequena estátua do Olaf, que já denuncia o tema: Frozen 2.

    A aguardada sequência do filme de 2014 escrito e dirigido por Jennifer LeeChris Buck traz de volta, além dos realizadores, Idina Menzel, Kristen BellJosh GadJonathan Groff como as vozes principais, e adiciona ainda Evan Rachel Wood (Westworld) e Sterling K. Brown (This Is Us) nas vozes de Rainha Iduna, mãe de Elsa e Anna, e Tenente Mattias, um personagem inteiramente novo. Em um passeio pelos bastidores da nova animação, que chega aos cinemas brasileiros em 2 de janeiro de 2020, descobrimos quais as motivações das irmãs para a sequência e quais as maiores novidades da história. 

    Os poderes de Elsa

    © 2019 Disney. All Rights Reserved

    Para Lee e Buck, a ideia da sequência não foi imediata. A dupla tirou inspiração tanto da surpreendente recepção que Frozen: Uma Aventura Congelante teve junto ao público quanto das próprias perguntas feitas pelos espectadores. A principal delas era justamente ao redor do mistério da origem dos poderes da rainha. “De onde Elsa tirou seus poderes gelados? Por que Anna é diferente? Para onde os pais delas estavam indo, de verdade, quando sofreram o acidente marítimo?” 

    Para responder a estas e outras perguntas, o grupo envolvido na produção fez uma viagem de campo, em 2016, para absorverem referências reais que pudessem influenciar no filme. Os locais escolhidos para a viagem foram três países: Noruega, Finlândia e Islândia. De lá, além das inspirações para os cenários — e, é claro, para a floresta encantada que será parte essencial da trama de Frozen 2, foram tiradas referências para as cores de folhas, árvores e céu, quedas d’água e até formatos das pedras!

    Um dos grandes desafios a respeito da construção dos personagens é observar o quanto absolutamente tudo — das cores e formatos das roupas ao cabelo — precisa ser construído no sentido de contribuir para a história que está sendo contada. Para o time de animadores liderado por Becky Bresee, as roupas estão entre as maiores preocupações. Elsa traça a jornada mítica do Herói, e ela precisa constantemente transmitir a ideia de ser “etérea” e “gelada”. Por isso, nada de roupas com cores quentes ou tons mais escuros para ela. 

    O tema familiar, eternamente pertinente em Frozen, traça conexões entre os personagens e os animadores. Becky Bresee, por exemplo, explica que um dos frames mais icônicos de Anna e Elsa na infância durante o longa original foi inspirado em uma foto dela mesma com a própria irmã.

    As preocupações de Anna

    © 2019 Disney. All Rights Reserved

    Ainda que seja vista como aquela que deve ser protegida, por ser a mais nova, Anna na verdade tem a função inversa na continuação. De acordo com Bresee, ela estará extremamente preocupada com Elsa, que é quem está sendo chamada pelo desconhecido. 

    Isso porque, no início da trama, apesar da calmaria que toma conta de Arendelle após os eventos do longa original, Elsa começa a sentir um desconforto quando ouve uma voz pelas paredes e pelos corredores chamando por ela. A questão é que ninguém mais ao seu redor — seja sua irmã ou os amigos — ouvem a tal voz. É esse chamado que faz com que Elsa parta rumo à floresta encantada, a mesma floresta, aliás, que era o tema central de uma das histórias que as irmãs ouviam do pai durante a infância.

    Afinal de contas, a participação de Evan Rachel Wood como a Rainha Iduna acontece em momentos de flashback, e é em um destes flashbacks que o Rei Agnarr fala de uma floresta que frequentava durante a infância, até que um misterioso evento deixou o lugar praticamente inabitável.

    Justamente por ser esta mesma floresta que atrai Elsa para fora de Arendelle e para dentro de seus segredos, Anna tem seus instintos protetores ainda mais ativos em Frozen 2. Mas suas maiores características são a força, a positividade e a energia. Isso se retrata no seu figurino, que o tempo todo tem referências aos símbolos do reino. E, de fato, a preocupação é tanta com o vestuário que uma das roupas usada por Anna só foi finalizada na versão 122 — que estava sendo desenvolvida para Elsa antes de a equipe chegar à conclusão que, pelas cores, combinava mais com a personagem de Kristen Bell.

    Olaf, o garoto que queria crescer

    © 2019 Disney. All Rights Reserved

    O boneco de neve que sonhava em fazer o que quer que coisas congeladas fazem no verão agora tem outro sonho e outra paixão. O encantador Olaf, na voz de Josh Gad, nutre uma paixão por leituras. Graças aos poderes de Elsa, ele tem uma nuvem para chamar de sua, que o acompanha em todos os lugares e permite que ele frequente lugares que não são tão gelados assim.

    É claro, Olaf acompanha Elsa, Anna, Kristoff e Sven na missão pela floresta encantada, e neste caminho ele acaba traçando a sua própria jornada de autodescoberta. Tanto que a sua canção no longa, “When I Am Older”, é um momento tanto ilusório quanto inocente e fofo: ele acredita que tudo — todos os mistérios — fará sentido quando ele for mais velho. “Um dia, quando eu for mais velho e sábio, vou olhar para trás e perceber que todos esses eram eventos completamente normais.”

    Vai acreditando, querido…

    Florestas encantadas e mares sombrios

    © 2019 Disney. All Rights Reserved

    Ar, fogo, água e terra. Estes são os elementos que dominam a floresta encantada que atrai Elsa em Frozen 2, elementos que devem ser importantes para os nossos personagens queridos. A floresta, afinal de contas, é um lugar de transformação, e servirá como metáfora de amadurecimento das irmãs. 

    Para enfrentar os perigos da floresta, Elsa inicialmente opta por seguir um caminho solitário, mas logo percebe, graças à insistência de Anna, que precisa de ajuda. Uma das ajudas que recebe é Nokk, o espírito protetor do mar — que ela tenta conquistar em uma das cenas do trailer. Ele é um cavalo selvagem, e ainda que seja inicialmente feroz, logo torna-se extremamente afeito a Elsa.

    Mas Nokk não é o único espírito, pois há outros três novos seres que farão parte da história. Os “Earth Giants”, ou “Gigantes da Terra”, são espécies de gigantes de pedra que são ligados aos trolls — e, naturalmente, protetores da terra. 

    Definitivamente o mais fofo de todos é Bruni, a salamandra. Ele será o novo amigo de Elsa e, segundo a equipe de animadores, sua maior função é ser simplesmente adorável.

    Olha, aparentemente… conseguiu.

    Por fim, o quarto é Gale, o espírito do vento. Trata-se de um personagem construído em colaboração entre o time de efeitos especiais e o time de animação, já que ele é um personagem que não aparece fisicamente — ele é, no fim das contas, vento.  Bruni é percebido quando altera o que está à sua volta e quando mexe folhas, por exemplo.

    No fim das contas, Frozen 2 reúne elementos de fantasia e magia saindo do inverno para mergulhar na próxima estação, o outono. Tratando-se de aspectos técnicos, isso influencia sobretudo na escolha da paleta de cores, mas para o público, o divertido mesmo será descobrir quais aventuras vão unir ou atrapalhar o caminho das irmãs.

    Agora, enquanto janeiro não vem… já ouviu a trilha sonora?

    *Laysa Zanetti viajou até a Califórnia a convite da Walt Disney Pictures.

     
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top