Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Admirável Mundo Pop: Nunca haverá um melhor momento para se curtir a cultura pop
    Por Pablo Miyazawa — 28/04/2019 às 20:00
    facebook Tweet

    2019 encerra as histórias de Marvel, Game of Thrones, Star Wars de uma só vez -- e jamais veremos algo parecido com isso.

    Na semana passada, Vingadores: Ultimato encerrou de forma consistente e satisfatória um ciclo impressionante, difícil de ser batido na história do cinema: foram 22 filmes do chamado "Universo Cinematográfico Marvel" lançados ao longo de 11 anos. É uma média perfeita de dois filmes por ano, os quais muita gente assistiu a cada um religiosamente logo nos finais de semana de estreia.

    Como bem definiu meu colega Bruno Carmelo em sua crítica no AdoroCinema "Vingadores: Ultimato não é apenas a conclusão de dezenas de filmes, mas também o veículo de sustentação de uma marca poderosa, despertando um senso de necessidade no espectador que raramente ocorre com outros filmes."

    Ou seja, a questão aqui não seria meramente conferir se Homem de Ferro, Capitão América, Thor e companhia conseguiriam derrotar Thanos e reverter a aniquilação de Guerra Infinita: o público quer a garantia de que todos esses anos de dedicação, e as muitas horas gastas no cinema, seriam recompensadas. Não é só curiosidade, mas quase uma obrigação de confirmar se o final dessa história é digno de tamanho esforço, de uma vez por todas e o mais rápido possível.

    Isso ficou claro pela velocidade com que os fãs foram ao cinema nos dias recentes para comprovar esse desfecho. Em menos de uma semana, Vingadores: Ultimato superou o bilhão de dólares nas bilheterias globais. O número tem tudo para aumentar muito nos próximos dias. Tem cheiro de recorde no ar. Te cuida, AvatarTitanic e Star Wars.

    Vingadores: Ultimato Trailer Legendado

     

    E por falar em Star Wars, 2019 também é o ano em que o mundo vai parar para presenciar um encerramento muito aguardado em uma galáxia muito, muito distante. Em dezembro, o Episódio IX:  A Ascensão Skywalker encerra a saga dos Skywalker (ou dá início a outra saga, conforme o título sugere). Trata-se do filme número 9 lançado em um período de 42 anos, descontando as histórias paralelas. Também é algo sem precedentes na história do cinema e impressionante por si só em se tratando da cultura pop que tanto curtimos — e a qual o primeiro Star Wars foi essencial para formatar.

    O recém-divulgado trailer de Episódio IX dá a entender que o Imperador Palpatine está de volta ao jogo. Para quem não sabe, ele é o grande vilão da trilogia original (Episódios IV a VI), em uma atuação construída nos bastidores durante a trilogia seguinte (Episódios I a III). Trazer de volta para a conclusão da terceira parte o grande antagonista das duas primeiras partes parece a coisa mais lógica a se fazer. Também parece algo arquitetado unicamente para presentear os fãs de longa data que são os reais responsáveis por manter Star Wars vivo por tanto tempo.

    Assim como ocorre com os filmes da Marvel, Star Wars também evoca no fã a necessidade de se sentir respeitado e contemplado após anos de devoção quase religiosa a Yoda, Leia, Luke e Darth Vader. É de se entender e parece justo que queiramos sempre mais e mais (e melhor), afinal, é para isso que essa brincadeira serve. A própria maneira como a franquia se desdobra e se retroalimenta justifica tamanha dedicação de quem a consome.

     

    Talvez ligeiramente menos grandiosa do que as franquias cinematográficas mas não menos importante, Game of Thrones também alcança seu aguardado final neste 2019 -- neste caso, antes mesmo do encerramento de sua obra original em papel. Como obra televisiva, também não existe nada parecido, tão grandioso, ambicioso e consumido por tanta gente Ao mesmo tempo. As noites de domingo tem sido emocionalmente difíceis, mas, graças às redes sociais, estão longe de ser solitárias.

    Não que tenha sido exatamente fácil desde o início. Foram oito longas temporadas, fora os muitos meses de espera entre uma e outra (e diversos invernos no meio do caminho). Notavelmente, o primeiro episódio da oitava temporada esteve carregado de referências ao primeiro capítulo exibido em 2011. Quem é mais atento e tem boa memória percebeu o carinho dedicado aos fãs perseverantes.



    Essas três franquias, cada uma a sua maneira, trazem aspectos que fazem referências aos primórdios de cada trama, de um modo que os fãs de carteirinha se sentem privilegiados de terem sido testemunhas oculares da história. Mas estamos tão ocupados saciando esses fan services e vibrando a cada resolução épica, que talvez não estejamos pensando direito sobre o que virá depois. Não somos capazes de perceber agora a magnitude de presenciar tantos eventos espetaculares se desenrolando quase ao mesmo tempo. E que assim como é satisfatório que tudo enfim termine, o gosto que virá em seguida pode ser um tanto amargo.

    Não faz muito tempo, nós fãs estávamos acostumados a ter muita paciência. Apreciar algo significava esperar por um próximo capítulo, uma novidade, um detalhe a mais que preencheria uma pequena parte de um todo distante, mas que nunca chegava de fato.  Agora, todas as peças se encaixaram juntas. Os aguardados desfechos chegaram. As jornadas exaustivas pagaram seus preços. Chegamos aos destinos, não muito sãos e talvez não tanto a salvo. Mas vivemos para ver tudo acontecer. E depois disso tudo, o que vai sobrar?

    Uma coisa é certa: não haverá tão cedo uma época incrível como esta para ser apreciador de cultura pop. Resta saber se vamos conseguir apreciar da mesma forma o que nos reserva esse futuro — dessa vez, incerto como nunca.

    Pablo Miyazawa é colunista do AdoroCinema, apresentador do programa Mitos do Pop e consome entretenimento desde que nasceu, há 40 anos, de Star Wars a Atari, de Turma da Mônica a Twin Peaks, de Batman a Pato Donald. Como jornalista, editou Rolling Stone, IGN Brasil, Herói, EGM e Nintendo World.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Rafa Almeida
      De fato, levará um tempo para termos outro boom da cultura pop novamente, mas ainda teremos spin-off de GOT, continuações da Marvel e, certamente, continuações SW, Disney sabe que suas franquias são altamente lucrativas, embora vão dar um tempo do cinema e focar no Disney+.(Aliás, tomara que o próximo arco da Marvel nos cinemas, seja fechado com Guerras Secretas).E viva a Cultura Pop!
    • Danilo
      Haverão outros momentos como este sim. Em 1988 as pessoas pagavam ingresso nos cinemas só para assistirem o trailer do Batman, de Tim Burton!! E se parar para pensar o que eram o Marvels Studio a 12 anos atras?! Um bando de sonhadores que penhoraram o escudo do Capitão América e o martelo do Thor para fazer um filme de um super herói, que de acordo com os engravatados dos grandes estúdios quase ninguém veria!!! E se pensamos que a bilheteria de Homem de Ferro se fosse hoje seria considerada morna para o mesmo Marvels Studios, pois em 12 anos, conseguiram criar um padrão de sucesso tão grande que 40% dos filmes que levam a sua marca quebraram a barreira do 1 bilhão. A questão é apenas, quando e quem encabeçara o próximo momento?
    • Diário Gay do Diego
      Acho que a própria Disney sabe que será difícil atingir esse nível 2019 com suas franquias novamente - inclusive com os live action, já que seus maiores sucessos já foram adaptados - - Provavelmente vão se escorar em Avatar e em suas animações clássicas (sdds) que eles mesmos não vem mais dando tanto destaque.
    • Batman
      Época incrível para admirar cultura pop
    • Manoel C.
      um filmaço, a 2 parte dos vingadores guerra infinita- ultimato. Um espetáculo exótico e reflete sobre o legado da franquia, poderam entregar um obra completa, nestes 11 anos a MCU atingiu seu triunfo ao entregarem aos fãs, uma saga que  começou em 2008, com o primeiro filme Homem de Ferro. A Marvel conseguiu tornar seus filmes em grandes produções deslumbrantes, quebrando recordes  de bilheteria pelo mundo. Neste Vingadores Ultimato, o desfecho foi sensacional, uma produção épica e que deixará um grande legado no Universo do entretenimento. Enfim, o filme é simplesmente  demais...pelos efeitos especiais, momentos de emoção e humor, conseguindo amarrar os  fãs em 3h de duração , levando ao patamar de um filme inesquecível....Muito bom !Show.👏👏👏
    • Vidamell Vida R.
      WOWOWW.....
    Mostrar comentários
    Siga o AdoroCinema
    Trailers
    Entre Facas e Segredos Trailer Legendado
    Brincando com Fogo Trailer Legendado
    Brooklyn - Sem Pai Nem Mãe Trailer Legendado
    Crime sem Saída Trailer (1) Legendado
    Synonymes Trailer Legendado
    Frozen 2 Trailer (1) Dublado
    Todos os últimos trailers
    Últimas notícias de cinema
    CCXP 2019: Painéis da Netflix e Mulher-Maravilha 1984 serão exibidos ao vivo nas redes sociais
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 7 de dezembro de 2019
    CCXP 2019: Star Wars - A Ascensão Skywalker revela cena do início do filme (Descrição)
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 7 de dezembro de 2019
    CCXP 2019: Fãs rompem barra de contenção na chegada de Ryan Reynolds
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 7 de dezembro de 2019
    CCXP 2019: Viúva Negra ganha trailer estendido e cena inédita (Descrição)
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 7 de dezembro de 2019
    CCXP 2019: Eternos ganha primeiro teaser no painel da Marvel (Descrição)
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 7 de dezembro de 2019
    CCXP 2019: Eternos ganha primeiro teaser no painel da Marvel (Descrição)
    CCXP 2019: Viúva Negra ganha cartaz
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 7 de dezembro de 2019
    CCXP 2019: Viúva Negra ganha cartaz
    Últimas notícias de cinema
    Filmes da semana
    de 05/12/2019
    As Golpistas
    As Golpistas
    Diretor: Lorene Scafaria
    Elenco: Constance Wu, Jennifer Lopez, Julia Stiles
    Trailer
    Brooklyn - Sem Pai Nem Mãe
    Brooklyn - Sem Pai Nem Mãe
    Diretor: Edward Norton
    Elenco: Edward Norton, Gugu Mbatha-Raw, Alec Baldwin
    Trailer
    Ainda Temos a Imensidão da Noite
    Ainda Temos a Imensidão da Noite
    Diretor: Gustavo Galvão
    Elenco: Ayla Gresta, Gustavo Halfeld, Steven Lange
    Trailer
    Feliz Aniversário
    Feliz Aniversário
    Diretor: Cédric Kahn
    Elenco: Catherine Deneuve, Emmanuelle Bercot, Vincent Macaigne
    Trailer
    Diante dos Meus Olhos
    Diante dos Meus Olhos
    Diretor: André Félix
    Elenco: Afonso Abreu, Marco Antônio Grijó, Mario Ruy
    Trailer
    O Juízo
    O Juízo
    Diretor: Andrucha Waddington
    Elenco: Felipe Camargo, Carol Castro, Joaquim Torres Waddington
    Trailer
    Lançamentos da semana
    Back to Top