Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    12 filmes imperdíveis para quem adorou Para Todos os Garotos que Já Amei
    Por Fernanda Pineda — 25 de ago. de 2018 às 08:34
    facebook Tweet

    O original Netflix aqueceu corações e agora a gente continua a vibe boa com mais indicações de comédias românticas adolescentes!

    Divulgação

    Estreia supercomentada da Netflix em agosto, Para Todos os Garotos que Já Amei é mais um dos filmes responsáveis por carregar a bandeira das comédias românticas adolescentes este ano. O gênero não tem mais a mesma popularidade de anos atrás na tela grande, mas não há dúvidas de que tem seu público — pelo menos nos serviços de streaming. 

    O filme inspirado na trilogia de Jenny Han conta a história da jovem Lara Jean (Lana Condor), que chega ao último ano da escola sem ter vida social e mantendo alguns "crushes" em segredo. Para desabafar e liberar seus sentimentos, ela escreve cartas de amor que nunca pretende enviar e guarda tudo numa caixa bem escondida. O problema é que um belo dia todos os bilhetes são enviados e ela precisará lidar com os rapazes vindo tirar satisfação.

    A continuação do romance na telinha já é uma possibilidade e os atores estão inclusive fazendo campanha nas redes sociais! Enquanto a sequência não é confirmada, o AdoroCinema traz mais 12 sugestões de filmes que vão aquecer o coração adolescente que há dentro de você. Alguns até tem certa semelhança com a história de Lara Jean! Já viu todos? Deixe seu comentário! 

    Divulgação
    Gatinhas & Gatões, 10 Coisas que Eu Odeio em Você, Cartas para Julieta e Nick & Norah - Uma Noite de Amor e Música

    1. Gatinhas & Gatões (1984)

    O filme de John Hughes não só é um clássico dos anos 80 que inspirou diversos outros longas do gênero quanto é inclusive citado nas conversas entre Josh e Lara Jean em Para Todos os Garotos que Já Amei. Vizinho de catálogo na Netflix, o longa conta a história de uma jovem prestes a completar 16 anos que está apaixonada por um colega do colégio ao mesmo tempo em que recebe investidas não requisitadas de um outro cara. Em casa, o drama continua: ela se sente esquecida pela própria família. 

    210 Coisas que Eu Odeio em Você (1999)

    A comédia romântica que consolidou o saudoso Heath Ledger como estrela tem uma mistura irresistível de elementos: aposta, romance, poesia, muita música (o ska estava em alta, quem lembra?) e várias referências a obra de Shakespeare, especialmente A Megera Domada, no qual é livremente inspirado. O colégio é palco para a história que começa com um relacionamento de mentirinha: o personagem de Ledger é pago para seduzir a irmã mais velha de uma aluna, no intuito de que finalmente a mais nova possa namorar com um colega também. 

    3Cartas para Julieta (2010)

    Se você acompanhou o drama de Lara Jean e ficou se perguntando afinal, quem é que ainda envia cartas nesse mundo, Cartas para Julieta pode ser um espanto. Não só as pessoas ainda vão ao correio quanto escrevem cartas de amor para a famosa Julieta de Shakespeare, uma espécie de Papai Noel dos pedidos românticos. Brincadeiras à parte, é claro que a resposta não vem da fictícia personagem, mas sim de um grupo de mulheres empenhadas de Verona. Durante uma viagem, a personagem de Amanda Seyfried se encanta com uma história enviada e parte numa investigação. 

    4Nick & Norah - Uma Noite de Amor e Música (2009)

    Na galeria dos romances que começam a partir de elementos que parecem não fazer mais sentido em 2018 está a história dos adolescentes Nick (Michael Cera) e Nora (Kat Dennings). A dupla não troca cartas, mas sim mixtapes. Ambos adoram música e numa noite muito louca acabam se conhecendo entre um show e outro. A magia acontece porque, acredite se quiser, ambos tem o mesmo gosto musical apurado. A trilha sonora do filme é, obviamente, apaixonante. 

    Divulgação
    Dirty Dancing - Ritmo Quente, Confissões de Adolescente, Nunca Fui Beijada e Todo Dia

    5Dirty Dancing - Ritmo Quente (1987) 

    Outro clássico dos anos 80, Dirty Dancing - Ritmo Quente tem cenas inesquecíveis de dança e romance ao mesmo tempo em que deixa uma mensagem social importante. Uma adolescente politicamente engajada está prestes a viver o último verão de sua vida antes de seguir sua vocação profissional. Nas férias, ela viaja com a família e acaba se encantando com um professor de dança que trabalha no hotel onde está hospedada. Juntos, eles precisam se aprimorar no ritmo e vencer uma competição.

    6Confissões de Adolescente (2014) 

    Baseado no livro de Maria Mariana e na série de TV brasileira que foi hit nos anos 90, o filme mostra a história de quatro garotas adolescentes e a relação delas com o pai, que é viúvo. Sentiu a relação com Para Todos os Garotos...? Então. A família enfrenta dificuldades financeiras e as filhas precisam se unir para superar os problemas, mesmo que cada uma ali esteja enfrentando uma experiência de juventude diferente. 

    7. Nunca Fui Beijada (1999) 

    Ser tímida e anti-social não é só um problema para Lana Condor: também já foi para Drew Barrymore nesse clássico dos anos 90. A atriz vive Josie Geller, uma jornalista jovem e competente que recebe a missão de se disfarçar de estudante para investigar o consumo de drogas num colégio. Para isso, ela precisa retomar seu eu adolescente e enfrentar seu maior medo: se enturmar com a galera popular que senta no fundão e, quem sabe, se relacionar com alguém pela primeira vez.

    8Todo Dia (2018) 

    O visual bonito e o ambiente escolar não são as únicas semelhanças entre os dois filmes. Todo Dia, lançado no final de julho e em breve na TV a cabo e serviços de streaming, também é inspirado num livro do gênero young adult e tem um ritmo de romance e descoberta bem parecido com o de Para Todos os Garotos que Já Amei. A mensagem de ambos também tem lá seus pontos de encontro: as duas histórias mostram o quanto é importante ir além das aparências nos relacionamentos. 

    Divulgação
    Clube dos Cinco, Com Amor, Simon, Juno e A Barraca do Beijo


    9. Clube dos 5 (1985)

    Cinco alunos de castigo na escola num sábado precisam superar suas diferenças para tirar algo de positivo do final de semana perdido. Mais um filme trintão da nossa lista, Clube dos 5 fala de amadurecimento e transformação interna de forma singela e peculiar. Novamente temos John Hughes contando uma história sobre a passagem da adolescência para a vida adulta com maestria inspiradora. Para quem se animar, vale a pena complementar a maratona de filmes do diretor com Curtindo a Vida Adoidado, que tem outro clima, mas também é imperdível.

    10Com amor, Simon (2018) 

    Filme lançado em março deste ano e prestes a estrear nos canais pagos e serviços de streaming, Com Amor, Simon tem lá suas semelhanças com a história de Lara Jean. Simon é gay e, antes mesmo de estar pronto para contar isso para o mundo, sua história é espalhada pelo colégio de uma forma nada confortável. O mesmo acontece com a personagem do original Netflix: o misterioso envio das cartas a faz confrontar seus sentimentos e ser transparente de uma forma que nunca foi.

    11Juno (2007)

    O pesadelo de uma gravidez indesejada na adolescência assombra os últimos anos de colégio da jovem Juno (Ellen Page). Depois de transar apenas uma vez com seu melhor amigo Paulie (Michael Cera), ela tenta entender o que sente de verdade ao mesmo tempo em que procura uma família para adotar o bebê. Confusões variadas acontecem, além de longas ligações que a protagonista faz usando um telefone fixo em formato de hambúrguer. Numa era pré-febre de redes sociais, o item ainda era essencial para uma jovem se comunicar. 

    12Barraca do Beijo (2018) 

    O sucesso da comédia romântica estrelada por Joey King favoreceu bastante a boa recepção de Para Todos os Garotos que Já Amei. Também um original Netflix adaptado de obra young adult, Barraca do Beijo conquistou uma legião de fãs falando de relacionamentos adolescentes de forma leve e descomplicada. Um easter egg que vale a pena prestar atenção é a participação rápida de Molly Ringwald, veterana que está em duas indicações aqui da nossa lista: Gatinhas e Gatões e Clube dos Cinco. Você percebeu quando assistiu?  

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Vidamell Vida R.
      alguns são bons(na minha opiniao).
    Mostrar comentários
    Back to Top