Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Jennifer Lawrence comenta críticas a Passageiros: "Fiquei decepcionada comigo por não ter percebido isso"
    Por Bruno Carmelo — 9 de ago. de 2017 às 17:10
    facebook Tweet

    A atriz falou sobre a reação dos críticos à ficção científica.

    Em janeiro de 2017, a ficção científica Passageiros chegou aos cinemas e obteve boa resposta do público, com 1,3 milhão de espectadores no Brasil e US$303 milhões arrecadados no mundo inteiro.

    No entanto, os críticos não ficaram tão entusiasmados, incluindo no próprio AdoroCinema. O romance entre um viajante espacial (Chris Pratt) e uma mulher desconhecida (Jennifer Lawrence) em pleno espaço suscitou uma série de questões éticas.

    Atenção, spoilers abaixo!

    No filme, é Jim (Pratt) quem acorda Aurora (Lawrence) noventa anos antes de chegarem ao destino. Ele toma esta decisão porque se sente muito solitário, mas acaba condenando a viajante a viver o resto de sua vida com ele dentro da aeronave, enquanto ela poderia permanecer dormindo, acordando apenas no novo lar.

    Os roteiristas venderam a premissa como uma bela história de amor, mas a ideia de um homem que sacrifica a vida de uma mulher para lhe fazer companhia pareceu, no mínimo, machista. Os críticos também evocaram as noções de perseguição masculina, Síndrome de Estocolmo e manipulação emocional para explicar os problemas morais da história.

    Jennifer Lawrence respondeu aos comentários negativos na revista Vogue:

    "Fiquei decepcionada comigo mesmo por não ter percebido isso. Achei o roteiro lindo - era uma história de amor profunda, complicada. Certamente não foi um fracasso. Não tenho vergonha dele, de modo algum. Mas tinham coisas que eu gostaria de ter pensado mais a fundo antes de embarcar no projeto".

    O produtor de Passageiros, Neal Moritz, respeita as críticas, embora discorde delas: "Isso foi uma lição valiosa para mim. Eu amei o filme. Foi uma das minhas experiências preferidas fazendo um filme. Isso foi estranho: nós tínhamos feito vários testes com o público, o que nos encorajava. Tudo parecia ótimo. Dez dias antes da estreia, chegou a primeira crítica. O autor disse que nós estávamos justificando o estupro no relacionamento, e eu pensei 'Como?'. Isso se tornou um mantra que o filme carregou, o que achei muito injusto". 

    Você viu Passageiros? Concorda com as ressalvas? Acha que os textos dos críticos têm o poder de influenciar tanto assim a opinião do público?

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Bárbara
      como o mundo ficou chato. Quanto mimimi. Pq ninguém fala da Aurora quase espancando o Jim quando descobriu que ele acordou ela??????
    • MARCIO BELO
      EU ACHEI MUITO INTERESSANTE O FILME ... NÃO ME INTERESSA TANTO SE CIENTÍFICO OU NÃO ... JÁ VI VÁRIOS FILMES DESTE ESTILO, MAS ESTE ME EMOCIONOU DO FATO DE SER ROMÂNTICO, OU TER ESTE TOQUE DE ROMANCE NO ENREDO ... ESTOU FARTO DE GUERRA E MORTES, VIOLÊNCIA E OUTROS MAIS; AGORA VEM UMA CRÍTICA BESTA DIZENDO DE MACHISMO NO FILME ... ROMANTISMO TEM UM ENREDO VARIÁVEL. ESTOU COM OS DEMAIS QUE CURTIRAM COM BONS OLHOS... QUER AÇÃO, PROCURE UM FILME DE AÇÃO .... (MINHA OPINIÃO GOSTEI E ME EMOCIONEI!!)
    • MARCIO BELO
      EU ACHEI MUITO INTERESSANTE O FILMA ... NÃO ME INTERESSA TANTO SE CIENTÍFICO OU NÃO ... JÁ VÁRIOS FILMES DESTE ESTILO, MAS ESTE ME EMOCIONOU DO FATO DE SER ROMÂNTICO, OU TER ESTE TOQUE DE ROMANCE O ENREDO ... ESTOU FARTO DE GUERRA E MORTES, VIOLÊNCIA E OUTROS MAIS; AGORA VEM UMA CRÍTICA BESTA DIZENDO DE MACHISMO NO FILME ... ROMANTISMO TEM UM ENREDO VARIÁVEL. QUER AÇÃO, PROCURE UM FILME DE AÇÃO .... (MINHA OPINIÃO GOSTEI E ME EMOCIONEI!!)
    • Homero Junior
      kkkkkkkkkkQue ridículo!!!É om tanto mimimi que o machismo ou estupro se banaliza.O filme mostra qual seria a reação de uma pessoa que se viu completamente só, fadado a permanecer assim para o resto da vida e que 1 ano neste estado acabou não aguentando e acordando outra pessoa, no caso uma mulher., pois ele era hétero. assim como se fosse homo, acordaria outro homem!Não existe machismo ali, existe uma questão filosófica muito interessante.Mas o politicamente correto só nos condena a um futuro idiota.
    • Tiago Voltaire
      É, pelo jeito em 2050 será queimado pela inquisição progressista junto com O Sol é Para Todos por ousar esbarrar em alguma bobagem feminista.É um lindo filme cliché para chorar com a namorada (ou é estupro também?)
    • Silvano Miotto
      esse e um daqueles filmes que vc assiste 1, 2,3,4,5 vezes e se emociona todas as vezes...
    • Mônica O.
      Esse mundo está muito chato!!! Qualquer coisa que vc fale ou faça, já saem com pedras e machados atrás de vc. Agora tudo é bullying, machista, feminista, pejorativo, racista... ahh que todos a PQP mesmo!!! Será que ninguém assistiu o filme inteiro? Se os dois não tivessem acordado a nave toda iria explodir, sem contar a parte que ele deu a oportunidade a ela de hibernar novamente, e ela recusou, Estocolmo o escambau!!! Ninguém mais acredita no amor?? Claro que ele foi extremamente egoista acordando ela, mas ele não teria salvo a nave sozinho.
    • Vinícius
      Essas feministas não entendem o quê é uma ereção, não é mesmo? Muito fácil julgar.
    • Vinícius
      Finalmente alguém honesto aqui.
    • Vinícius
      Nossa, olha aquela loira gostosa ali *saliva*...vou acordá-la para ficarmos sozinhos aqui e uma hora eu acabo conseguindo comê-la *saliva*..................e depois a gente vê o problema da nave
    • Thiago B.
      Filme top não me arrependi de assistir. (machismo) não sei aonde. Ele fez o certo ter acordado ela senão não teria graça o filme é outra se não fossem os dois não teriam salvados os outros 4997 tripulantes e comandantes. Esse filme é ficção fora da realidade porque o mundo em que vivemos os seres humanos equispert que trabalham na NASA nunca teriam a capacidade de criar uma nave que vá até a lua, imagina em outro planeta abeiráveis e ainda uma nave voando na velocidade da luz.kkkkkkkFica a dica.
    Mostrar comentários
    Back to Top