Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Han Solo: Phil Lord e Chris Miller foram demitidos por desavenças com Kathleen Kennedy
    Por Taiani Mendes — 21 de jun. de 2017 às 11:30
    facebook Tweet

    Presidente da Lucasfilm não aprovava os métodos da dupla e queria mandar no set de filmagens.

    Getty Images

    Depois do choque, as explicações. Os diretores Phil Lord e Christopher Miller anunciaram ontem a saída do posto de diretores do filme do Han Solo por "diferenças criativas", termo bonito para "muitas brigas". "Infelizmente, nossa visão e método não estão alinhados ao dos nossos parceiros neste projeto. Normalmente não somos fãs do termo 'diferenças criativas', mas desta vez o clichê é verdadeiro. Estamos realmente orgulhosos do incrível trabalho feito pelo nosso elenco e equipe", dizia o comunicado oficial. O inesperado afastamento no meio das gravações, no entanto, não foi em acordo amigável. Segundo o THR e a Variety, Phil e Chris foram demitidos por Kathleen Kennedy, presidente da Lucasfilm.

    Dona do poder na nova fase da clássica franquia criada por George Lucas, a produtora aparentemente nunca se entendeu muito bem com os realizadores ("um embate de culturas desde o primeiro dia", afirmam fontes da Variety) e não aprovou o estilo de filmagem do duo. De acordo com o THR, Kennedy tomou as dores do veterano Lawrence Kasdan, roteirista e produtor executivo, que não gostou nem um pouco de ver as falas que escreveu com o filho Jon sendo esnobadas pelos diretores, sempre abertos a improvisações e mais inclinados ao humor do que o previsto - Kathleen sempre descreveu a aventura como um faroeste.

    O método de Lord e Miller, a forma como interagiam com equipe e elenco e a visão bem-humorada dos dois a respeito de Han Solo irritaram os produtores desde o início das filmagens, em fevereiro. A imposição da mudança de tom, falta de liberdade criativa e intromissões de Kennedy no dia a dia do set, em Londres, geravam brigas frequentes, mas Chris e Phil confiavam que tudo daria certo no fim e teriam sido pegos de surpresa pela demissão a poucas semanas do fim das gravações, na última segunda-feira (19 de junho).

    É curioso o incômodo da Lucasfilm com o humor, afinal os diretores se tornaram conhecidos com elogiados exemplares do gênero (Anjos da Lei, Uma Aventura LEGO). Da mesma forma, é quase incrível que as partes não tenham notado a falta total de química antes, pois os cineastas estão no projeto desde julho de 2015. Jordan Vogt-Roberts, diretor de Kong: A Ilha da Caveira, saiu em defesa da dupla no Twitter:

    "Lembrem-se de uma coisa crucial: Han Solo respondendo 'Eu sei' ao 'Eu te amo" da Leia FOI IMPROVISADO."

    A produção de Han Solo agora encontra-se em hiato até a contratação do diretor substituto. É incerto como Phil Lord e Chris Miller serão creditados no filme, que tem Alden Ehrenreich no papel principal e Donald Glover, Emilia Clarke, Woody Harrelson, Thandie Newton e Michael K. Williams como coadjuvantes. A estreia permanece marcada para 24 de maio de 2018.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top