Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Caça-Fantasmas: Dan Aykroyd culpa Paul Feig pelo filme não ganhar sequência
    Por Felipe Ribeiro — 5 de jun. de 2017 às 10:49
    facebook Tweet

    Ator disse que orçamento e refilmagens tornaram o filme muito caro, o que gerou prejuízo à Sony.

    Getty Images

    Caça-Fantasmas chegou aos cinemas dia 14 de julho de 2016 e, até o momento, não houve nenhuma confirmação sobre a sequência do longa, principalmente pelo baixo rendimento da produção. Dan Aykroyd, ator do longa original de 1984 que produziu e fez uma participação na refilmagem, aponta o diretor Paul Feig como o culpado pela Sony não ter oferecido sinal verde para Caça-Fantasmas 2.

    "[...] a Sony não gosta de perder dinheiro. A produção arrecadou muito ao redor do mundo, mas custou muito caro, tornando economicamente inviável fazer uma sequência. Então isso é muito ruim - o diretor [Paul Feig] gastou demais com o filme. Ele não filmou cenas que nós sugerimos, várias cenas que seriam necessárias. Ele disse 'Não, não precisamos disso', mas quando testou o longa e precisava das cenas, tivemos que voltar atrás - cerca de US$ 30 a US$ 40 milhões em refilmagens", disse Aykroyd durante o programa Britain’s Sunday Brunch.

    Estrelado por Melissa McCarthy, Kristen Wiig, Kate McKinnon e Leslie Jones, Caça-Fantasmas teve orçamento de US$ 144 milhões - fora os gastos com marketing - e arrecadou pouco mais de US$ 229 milhões, gerando prejuízo ao estúdio. De acordo com uma entrevista de Feig, a sequência só receberia sinal verde caso fosse ultrapassada a barreira dos US$ 500 milhões. Após a declaração de Aykroyd, a Sony confirmou as refilmagens, mas afirmou que o custo foi entre US$ 3 e US$ 4 milhões, não de US$ 30 a US$ 40 milhões.

    Apesar das complicações de orçamento, uma fonte da Entertainment Weekly que é próxima da produção do filme afirmou que “o orçamento e filmagens adicionais para efeitos visuais foram previstos anteriormente". Também foi dito que "o estúdio teve uma incrível relação com o diretor”.

    Rumores afirmam que as quatro atrizes principais possuem contrato para mais dois filmes, mas será que eles vão acontecer? Ainda não sabemos, porém a franquia de volta à tona e a Sony vai investir num longa animado, previsto para 2019, e no desenho para TV Ghostbusters: Ecto Force, que pretende estrear em 2018. Ambos os projetos são conduzidos por Ivan Reitman, diretor do filme original.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top