Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Começa hoje a Bienal Internacional do Cinema Sonoro
    Por Felipe Ribeiro — 16 de mar. de 2017 às 11:08
    facebook Tweet

    De 16 a 25 de março em Goiânia, o festival traz mostras, oficinas e masterclasses, sendo uma delas ministrada pelo engenheiro de som de Relatos Selvagens.

    Em sua primeira edição, a Bienal Internacional do Cinema Sonoro (BIS) começa hoje na cidade de Goiânia. O festival, que acontece de 16 a 25 de março, tem como foco o desenvolvimento da linguagem sonora no cinema, realizando exibições, duas masterclasses, palestras e oficinas que dêem destaque a essa parte fundamental do meio audiovisual.

    Criado pelos produtores Belém de Oliveira e Wadih Elkadi, que foram motivados pelo uso diversificado do som no cinema contemporâneo, o BIS terá na sua abertura a pré-estreia mundial de Acts & Intermissions, da norte-americana Abigail Child, cineasta com mais de 30 anos de carreira e cuja obra é patrimônio cultural preservada pela Cinemateca da Universidade de Harvard. Neste novo documentário experimental ela usa conteúdos antigos e atuais para compor a forte figura de Emma Goldman (1869 – 1940), mulher anarquista que conseguia reunir milhares de pessoas em conferências sobre trabalho, propriedade e liberdade. A sessão de abertura acontece às 20h no Cine RITZ e tem entrada franca.

    As duas masterclasses oferecidas pelo evento serão ministradas por Daniel Deshays, um dos principais teóricos de som da França, que há anos dirige pesquisas para teatros, musicais e cinema; e José Luis Díaz, engenheiro de som argentino que já trabalhou em várias produções cinematográficas, incluindo Relatos Selvagens. Também acontecerão duas oficinas no festival: uma de edição e captação de som, e outra de direção de som. Para saber as datas e realizar as inscrições basta entrar no site do BIS.

    Além das duas Mostras Competitivas internacionais, uma de curtas-metragens e outra de longas, o festival também conta com a Mostra Lewis Carroll, voltada para o público infantil e infanto-juvenil, e quatro mostras não-competitivas. Confira abaixo os longas que estão em competição:

    Shelley, de Ali Abbasi
    Os Pássaros Estão Distraídos, de Diogo Oliveira e João Vieira Torres
    Mulher do Pai, de Cristiane Oliveira
    The Wakhan Front, de Clément Cogitore
    People That Are Not Me, de Hadas Ben Aroya
    O Touro, de Larissa Figueiredo
    O Auge do Humano, de Eduardo Williams
    Elon Não Acredita na Morte, de Ricardo Alves Jr.

    Com exceção dos filmes da Mostra Lewis Carroll, que serão exibidos no Cine Cultura, as sessões acontecem no Cine RITZ, localizado no centro da cidade, com ingressos custando R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia-entrada). Confira a programação completa no site da Bienal Internacional do Cinema Sonoro.
    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top