Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Jonah Hill virou alvo de chacota em programa de TV francês durante divulgação de Cães de Guerra
    Por João Vitor Figueira — 16 de set. de 2016 às 17:30
    facebook Tweet

    Ator, famoso por seus papéis cômicos, não achou a menor graça nas piadas de Ornella Fleury, do Le Grand Journal.

    Alberto E. Rodriguez / Getty Images

    É bom fazer piadas, mas nem sempre é agradável ser tema delas. Jonah Hill descobriu isso de uma maneira incômoda ao participar do programa de TV francês Le Grand Journal para promover seu próximo filme, a comédia dramática baseada em fatos reais Cães de Guerra.

    No talkshow exibido no canal de TV por assinatura CanalPlus, Hill, ao lado do Miles Teller, com quem coestrela Cães de Guerra, foi o alvo das brincadeiras de Ornella Fleury, garota do tempo do programa.

    "Quando eu te vi ser sodomizado por um demônio de três metros de altura em É o Fim eu disse pra mim mesma: 'Este é o homem dos meus sonhos!'", contou Fleury, deixando o ator indicado ao Oscar por suas performances em O Lobo de Wall Street e O Homem Que Mudou o Jogo visivelmente desconfortável. Hill retribuiu a provocação com uma resposta que mal foi escutada pois a plateia ainda dava risadas e aplaudia a piada anterior. "Eu ouvi dizer que você é sodomizada com muita frequência", respondeu ele.

    Fleury seguiu seu fluxo de "zoações" dizendo que tinha uma "fantasia sexual" com Hill. "Nós nos encontraríamos num quarto de hotel à noite. Nós iríamos conversar e você me faria rir. Então, de repente, você traria os seus amigos [Leonardo] DiCaprio e Brad Pitt, e, então, você iria embora", brincou.

    Ao final dos aplausos e risadas, Hill, ainda mais incomodado foi irônico: "Fico feliz de ter vindo para este programa para ser ridicularizado pela garota do tempo local".

    Depois do acontecido, Fleury fez um pedido de desculpas formal, dizendo que se sentiu íntima do ator por ter acompanhado a sua carreira por anos. "Eu tinha a impressão de que te conhecia", disse ela. "Eu pensei que eu estava apenas mexendo com um amigo, mas a realidade é que nós não somos amigos", disse ela". Em seguida, a mulher disse, ainda em tom de brincadeira, que Hill foi indicado duas vezes ao Oscar, já trabalhou com diretores como Martin Scorsese e Quentin Tarantino, enquanto ela apenas fez um comercial na vida.

    Com direção de Todd Phillips, Cães de Guerra é inspirado em uma história real, com Teller e Hill no papel de dois fanfarrões de Miami que assinam um contrato de US$ 300 milhões com o governo dos Estados Unidos para armar milícias aliadas do país na Guerra do Afeganistão. O longa-metragem estreou no Brasil no último dia 8 de setembro.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top