Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Com produtores de O Filho de Deus, refilmagem de Ben-Hur tem data de estreia agendada
    Por João Vitor Figueira — 25 de abr. de 2014 às 23:37
    facebook Tweet

    Timur Bekmambetov, responsável por 'O Procurado' e 'Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros', vai dirigir o remake.

    A MGM e a Paramount Pictures anunciaram os nomes que estarão envolvidos na refilmagem de Ben-Hur, épico lançado em 1959 que venceu 11 prêmios no Oscar, se tornando um recordista de prêmios da Academia (marca que foi igualada posteriormente por Titanic e O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei).

    Mark Burnett e Roma Downey, de O Filho de Deus, vão se juntar a Sean Daniel (franquia A Múmia) e Joni Levin para produzir o filme. A direção ficará à cargo de Timur Bekmambetov, que já realizou filmes como Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros e O Procurado. O roteiro foi originalmente escrito por Keith Clarke, mas ganhou um novo rascunho assinado por John Ridley, vencedor do Oscar pelo texto de 12 Anos de Escravidão. O novo Ben-Hur vai estrear no dia 26 de fevereiro de 2016.

    "Um clássico atemporal desta magnitude requer um time incrivelmente dedicado de cineastas. A oportunidade ter os talentos visionários de Mark [Burnett] e Roma [Downey] fazendo parte da produção do filme, sabendo da grande dedicação que eles dão a suas crenças, faz deles os parceiros ideais para a trazer autenticamente esta história à vida", disse Rob Moore, vice-presidente da Paramount.

    Baseado no romance "Ben-Hur: Uma história dos tempos de Cristo", de Lew Wallace, publicado em 1880, o novo filme terá uma vertente mais religiosa do que o clássico de 1959, sendo assim, ainda mais fiel ao livro. 

    O longa original apresentou a trajetória de vingança, honra e redenção de Judah Ben-Hur (Charlton Heston), um importante judeu que sofre uma traição de seu ex-amigo romano Messala (Stephen Boyd). O novo filme deve focar mais na crescente admiração de Ben-Hur por Jesus Cristo do que em sua rivalidade com Messala, mirando no sucesso com o público religioso.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    • Dida
      Legal. Gosto da história de Ben-hur. E assisti o antigo.
    Mostrar comentários
    Back to Top