Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Shrek Terceiro
    Média
    4,2
    1778 notas e 186 críticas
    distribuição de 186 críticas por nota
    34 críticas
    43 críticas
    51 críticas
    41 críticas
    15 críticas
    2 críticas
    Você assistiu Shrek Terceiro ?

    186 críticas do leitor

    Neto S.
    Neto S.

    Segui-los 15797 seguidores Ler as 773 críticas deles

    3,0
    Enviada em 29 de dezembro de 2013
    O rei Harold (John Cleese), pai de Fiona (Cameron Diaz), morre repentinamente. Com isto Shrek (Mike Myers) precisa ser coroado rei, algo que ele jamais pensou em ser. Juntamente com o Burro (Eddie Murphy) e o Gato de Botas (Antonio Banderas), ele precisa encontrar alguém que possa substituí-lo no cargo de soberano do Reino de Tão, Tão Distante. O principal candidato é Artie (Justin Timberlake), um jovem desprezado por todos em sua escola, que é primo de Fiona. Shrek 1 e 2 Era Otimos Mais Esse Caiu Demais Mais Ainda Smm Nao e Ruin e Sim Legal Nota 7.0
    Fernando Schiavi
    Fernando Schiavi

    Segui-los 1440 seguidores Ler as 389 críticas deles

    4,0
    Enviada em 28 de fevereiro de 2012
    Bom filme! Shrek Terceiro, referente ao títulos de nobreza, mostra Shrek e Fiona de volta ao castelo de Tão, Tão Distante para substituir os pais dela em algumas tarefas burocráticas já que o rei Harold está muito doente. Durante esse tempo de substituição, o ogro percebe que não tem o menor jeito para comandar um reino. Logo depois, morre o rei e Shrek teria que assumir por ser próximo na sucessão. Ele descobre então que um príncipe distante de Fiona poderia assumir o trono e vai à sua procura. Paralelamente o príncipe e também ator frustrado Encantado, do filme anterior, é apresentado novamente como o vilão do filme, e acaba convencendo outros vilões dos contos de fadas, entre eles a Rainha Má da Branca de Neve e o Capitão Gancho, a invadir o castelo do reino na ausência de Shrek para dar um "golpe de Estado". Ainda paralelamente, Shrek fica sabendo que vai ser pai e fica reticente com a novidade. O filme aborda aqui sobretudo o amadurecimento, sobre crescer e assumir as responsabilidades quando elas surgem em nossas vidas, mesmo que não estejamos preparados, ou que achemos isso. Shrek tem a paternidade à caminho, enquanto Artie tem que deixar de ser ridicularizado em sua escola para príncipes e por todos para assumir sem medo o reino de Tão, Tão Distante, provando seu valor. A maior lição aqui é saber que não devemos nos importar para que os outros digam, basta acreditar em você mesmo e buscar a coragem necessária para cada situação da vida. Este filme é ainda melhor tecnicamente, nota-se facilmente a evolução nos gráficos dos personagens e cenários. Andrew Adamson deixou o posto de diretor a partir deste filme, mas permanece como produtor-executivo. Chris Miller tem uma boa direção, mas a grande questão desta terceira parte é o roteiro que deve ser analisado de duas formas. Primeiramente temos que elogiá-lo por manter as referências, citando ainda mais os personagens de histórias infantis e dos irmãos Grimm. São inúmeros os personagens e as referências aos contos de fadas. Porém algumas citações são antigas e só serão percebidas para o público mais adulto e não pelas crianças. Algumas cenas são hilárias como: (a cena em que Artie invade o castelo e vê reunidos na mesa Biscoito, Pinóquio e os Três Porquinhos, as cenas do Burro brincando com seus filhotes, a cena do chá de bebê com Fiona e as outras princesas Bela Adormecida, Rapunzel e Branca de Neve, a luta das princesas no final do filme e a troca de corpos entre o Gato de Botas e o Burro). Porém o roteiro pecou em não adicionar novos personagens importantes, apenas secundários que pouco brilham, e ainda deu destaque menor para o Gato de Botas e especialmente para o Burro, que aparecem menos mas ainda assim conseguiram roubar as cenas em que apareceram. Outro grande problema é que o humor está presente, mas em uma escala bem menor que os anteriores. É jstamente essa queda brusca de humor dos anteriores para esse que incomoda os fãs da série. O filme apresenta muitos altos e baixos Em sua primeira hora o ritmo é muito parado e só engrena mesmo com a volta de Shrek ao reino para enfrentar Encantado e os outros vilões aliados a ele. Shrek neste filme não é o anti-herói de outrora e assume um papel típico de herói mais moralista e mais correto. Assim como algumas citações são para um público mais adulto, o mesmo ocorre com a tão elogiada trilha sonora da série, aqui vemos desde Led Zeppelin, Heart, Paul McCartney, até Ramones. Sinal que a preocupação do estúdio em atingir todos os públicos é realidade, não apenas o público mais infantil. Não é ruim como alguns dizem, porém ficou abaixo dos anteriores sem sombra de dúvidas. Pesou o fato de não apresentar muitas novidades significativas em relação aos anteriores e é o roteiro menos desenvolvido e sem grandes / inesquecíveis cenas. Mas de qualquer maneira deve ser visto!
    apenasumr
    apenasumr

    Segui-los 2189 seguidores Ler as 449 críticas deles

    1,5
    Enviada em 22 de abril de 2015
    O Filme continua com cenários muito bonitos,Mas não é tão bom quanto o primeiro e o segundo,Na verdade nem chega perto,Continuação desnessesária.
    Roberto Carlos M.
    Roberto Carlos M.

    Segui-los 2000 seguidores Ler as 443 críticas deles

    4,5
    Enviada em 27 de agosto de 2015
    assisti na temperatura máxima na tv globo e revi no canal megapix hd, excelente animação, história muito bem produzida e dirigida, muitas cenas hilárias, dublagem nota dez..
    Vinícius d
    Vinícius d

    Segui-los 36 seguidores Ler as 233 críticas deles

    5,0
    Enviada em 24 de agosto de 2020
    Shrek Terceiro ou 3º filme da franquia, Shrek 3, é o meu favorito. É o que mais simpatizo com todos personagens que ganham mais independência e personalidade. No filme todo um maravilhoso crossover que acredito jamais existiria em um filme unico: Rapunzel, Branca de Neve e Cinderela, Rei Arthur e Principe Encantado, Pinóquio, 3 Porquinhos além do direito de participar com Mago Merlin (da mítica historia do Rei Arthur). A história é divertida, criativa. Com certeza desagrada os fãs mais antigos em que a historia circulava fortemente entre os diálogos dos personagens Shrek e o burro, aqui todos personagens não são apenas cenas ou detalhes como nos filmes anteriores mas participam mesmo que um pouco da historia. Infelizmente nesse filme Bussunda não faz sua dublagem clássica no personagem mas tem sua voz substituída por Mauro Ramos, dizendo a verdade, deu uma naturalidade maior ao Shrek.
    anônimo
    Um visitante
    2,5
    Enviada em 10 de fevereiro de 2013
    -Na maioria das vezes as continuações são a pior coisa que se acontece em franquias,e no caso de Shrek não foi diferente de nada disso. -Filme perdeu o brilho de ser uma grande animação,e deu lugar a bobagens e personagens totalmente sem sentido na história. -Assista...(*Regular)!
    Estevan Magno
    Estevan Magno

    Segui-los 3232 seguidores Ler as 490 críticas deles

    2,0
    Enviada em 27 de dezembro de 2013
    Acho que eles se perderam um pouco aqui. Não fez muito sentido a história, e foi meio cansativa, mas estava bom como os anteriores. Uma série que deve ser parabenizada por ainda conquistar um grande público.
    anderson j
    anderson j

    Segui-los 144 seguidores Ler as 222 críticas deles

    3,0
    Enviada em 8 de maio de 2018
    O terceiro episódio da franquia não supera seus anteriores, mais ainda assim é um filme bem divertido. A história é simples e bem bacana, tem algumas piadas bem pontuadas, os personagens são bons e carismáticos e o ritmo do filme é ágil e ligeiro. O problema é que a saida de Andrew Adamson da direção causou alguns declínios nas piadas, que antes eram inteligentes e até maliciosas,aqui são mais óbvias e bem mais leves, O clímax do filme opta pela saída mais fácil e clichê possível causando um certo descontentamento, O mesmo recurso que o Encantado utiliza para fazer os vilões serem vilões é também utilizado por Arthur para fazerem os vilões deixarem de serem vilões, um descursinho motivacional. visto que nos filmes anteriores os clímax eram cheios grandiosidade e audácia, boas viradas, além de contar com um humor perfeitamente pontuado. Dito isto o filme é sim bem divertido cheio de bons momentos e como um encerramento de franquia o filme é muito competente,pena que veio shrek para sempre e desandou com tudo.
    jhonyborba
    jhonyborba

    Segui-los 95 seguidores Ler as 197 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    legal mas não se compara aos dois primeiros
    Debbie
    Debbie

    Segui-los 55 seguidores Ler as 145 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Achei o pior(ainda não vi o Sherek para sempre),achei muito fraco e sem graça,quase não consegui terminar de assitir.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top