Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Encurralado
    Média
    4,1
    103 notas e 71 críticas
    distribuição de 71 críticas por nota
    18 críticas
    33 críticas
    7 críticas
    10 críticas
    1 crítica
    2 críticas
    Você assistiu Encurralado ?

    71 críticas do leitor

    Shy Boy
    Shy Boy

    Segui-los 17 seguidores Ler as 107 críticas deles

    4,5
    Enviada em 3 de outubro de 2013
    Assisti Encurralado em minha infância, muitos anos depois, tornei a assisti-lo. O filme impressiona pela simplicidade e tensão o tempo todo. Obra imperecível do mestre Spielberg, na época em início de o clássico, assim como O Expresso do Horror que contou com a participação de Christopher Lee, Peter Cushing e Telly Savalas, lançado pouco tempo depois, nos meados da década 1970.
    Josmar D.
    Josmar D.

    Segui-los 7 seguidores Ler as 56 críticas deles

    5,0
    Enviada em 5 de março de 2014
    ótimo filme . vez ou outra o assisto ; faz parte da minha coleção de clássicos já a uns 4 anos . uma obs : quem tem esse filme e a comedia clássica DEU A LOUCA NO MUNDO de 1963 , reparem que a estrada de ambos os filmes é a mesma . ENCURRALADO no tempo de 48 a 50 minutos aparece um túnel na estrada e em DEU A LOUCA NO MUNDO no tempo de 1:21 aparece o mesmo túnel . tive essa certeza porque congelei a imagem do túnel nos 2 filmes e prestei atenção nos detalhes. nota 10 para o os 2 filmes
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 24 de outubro de 2015
    Steven Spielberg já mostrava que tinha vindo pra ficar.Com uma premissa simples,um carro,um caminhão,numa rodovia todinha deles.Nisso ele consegue criar algo tenso e majestoso.Algo que pra muitos pode ser sem nexo,pode até perder a graça com o tempo.Mas não é."Encurralado" é muito bem dirigido por Spielberg,sem contar que nesse longa,não vimos sequer uma pontinha de efeitos especiais.O filme ganha força apenas nas atuações.Dennis Weaver está excelente,depois de mostrar um ótimo desempenho em "A Marca da Maldade".Ele vive David,um sujeito que sai em um dia de viagem,apenas para resolver negócios particulares.Tudo começa com uma simples ultrapassagem sobre um caminhão que transporta material inflamável. O motorista do caminhão não aceita ser ultrapassado ,e daí começa o jogo de gato e rato.Outro ponto interessantíssimo,é a bela sacada que Spielberg faz sobre o tal personagem do caminhão.Não mostra em nenhum momento o rosto do sujeito,aumentando ainda mais nossa curiosidade. -Filme assistido em 24 de Outubro de 2015 -Nota 8/10
    Carlos Henrique S.
    Carlos Henrique S.

    Segui-los 5408 seguidores Ler as 799 críticas deles

    4,5
    Enviada em 16 de abril de 2020
    A mão de um grande diretor,Duel é um filme de simples premissa mas que tem um bom roteiro e uma direção de um mestre do Cinema dando assim um ótimo resultado. Originalmente feito para a TV americana,o filme teve um inesperado resultado que fez com que o filme fosse levado as telonas.Duel é dirigido pelo até então jovem e promissor diretor,Steven Spielberg e aqui ele já mostrava o seu poder na direção do suspense.Mesmo sendo conhecido como pai dos Blockbusters,Spielbeg mostrou que tem sim uma veia para o suspense,é em Duel ele trabalha um estilo de suspense na estrada onde um homem começa a perceber que um caminhoneiro está tentando matá-lo.A premissa é bem simples mas a maneira que ela é conduzida tem um brilhantismo.Uma das grandes virtudes é o brilhantismo de Spielberg em optar por construir uma figura desconhecida atrás do volante o caminhão,ao não conhecer-mos esse indivíduo,nós somos colocados na paranóia do protagonista que ao perceber que alguém quer matá-lo cria dúvidas a respeito com desconhecidos e a cena no estabelecimento é tão bem conduzida que ajuda a conduzir esse suspense. O filme serviu de forte exemplo para futuros longas como o terror Jeepers Creepers que tambemtrabalha bem suas cenas.Aqui o que deixa esse inimigo tão assustador é a psicopatia de quem está atrás do volante e o enferrujado e grandioso caminhão que é intimidador.Não só as intenções são boas para conduzir o filme pois a montagem é muito boa e dá dinamismo a cada sequência de perseguição. Duel é um simples filme,mas que possui um roteiro bem encaixado que trabalha a paranóia de ser perseguido e de quem é,tem um ótimo trabalho de montagem e uma direção magistral do grande Steven Spielberg.
    #NetoUlrich
    #NetoUlrich

    Segui-los 32 seguidores Ler as 86 críticas deles

    3,0
    Enviada em 27 de novembro de 2017
    Não é querendo elogiar 100% o Spielberg mas nesse filme ele acertou. lembrando que quando esse filme foi ao cinema ele era apenas um mero mortal. (risos vale a pena conferir o filme. roteiro bem escrito pra época. história rápida e bem desenhada.
    Rodrigo o que?
    Rodrigo o que?

    Segui-los 15 seguidores Ler as 211 críticas deles

    3,0
    Enviada em 30 de outubro de 2020
    Logo em sua estréia Steven Spilberg cria um ótimo filme que falha bastante, mais é bem forte para um filme de estréia.
    Igor San
    Igor San

    Segui-los 12 seguidores Ler as 95 críticas deles

    4,0
    Enviada em 31 de janeiro de 2020
    Um bom suspense psicológico. Resolvi assistir por curiosidade, e me surpreendi positivamente! spoiler:
    Lukas Henrier
    Lukas Henrier

    Segui-los 65 seguidores Ler as 163 críticas deles

    4,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Um filme simples de suspense,mas que chega fortemente a ser sufocante,e inquietante.Mostra uma perseguição insana,do inicio ao fim do filme,e que chega inclusive até a irritar.Encurralado,é um filme que certamente se passa apenas em estradas,dentro do carro ou em outros locais.E por isso,uma minoria de pessoas pode até não gostar,mas para mim,isso não fez sentido algum,e eu adorei. Não é cansativo,tem um trilha sonora muito boa,e é tenso.Ótimas são as cenas de perseguição,que entram para o meio ação.E o inesquecivel Spielberg,desde cedo mostrou,como seria o futuro de sua carreira.Com uma variedade de generos,mas todos incluindo a dose ideal de ação.
    Marcão
    Marcão

    Segui-los 7 seguidores Ler as 81 críticas deles

    4,5
    Enviada em 20 de fevereiro de 2016
    David Mann está em seu carro pelas rodovias da Califórnia quando começa a ser importunado por um gigantesco caminhão, que parece querer brincar com ele perigosamente na estrada. O que parece ser apenas um motorista engraçadinho de início, acaba por fazer David lutar por sua vida para escapar do lunático no volante. QUEM VÊ STEVEN SPIELBERG NADANDO EM RIOS DE DINHEIROS POR CONTA DE Tubarão, E.T. e afins, nem se lembra (ou sequer imagina) que o diretor tem dois grandes road movies em sua filmografia: Encurralado e Louca Escapada. O personagem principal de Encurralado é David Mann (Denis Weaver), que é um sujeito normal. Ao longo do filme, ele aparece falando ao telefone com a esposa dele. Por ali, pode-se concluir que se trata de um pai de família e trabalhador. O destino é a casa de um colega de trabalho, e o compromisso tem hora marcada. Tudo seguia tranquilo desde a saída da cidade, até que um caminhão-pipa apareceu em seu caminho, e por estar lento, David acabou cedendo passagem. Aparentemente sem motivos, o motorista conduz o caminhão em uma perseguição estranha e começa uma certa competição desnecessária com David. A partir daquele momento, o sufoco toma conta da cena e o suspense contagia o espectador. duel01O veículo que, como em todo road movie que se preze, se torna um personagem tão importante quanto o seu motorista, é um Plymouth Valiant Signet, fabricado em 1971 e de cor vermelha. Spielberg queria um carro que se destacasse entre as cores neutras do deserto. Já no caso do caminhão, o próprio veículo se torna o antagonista da história. O rosto de seu condutor é um mistério. Peterbilt 281 é o modelo do caminhão, fabricado em 1955. Sua aparência é monstruosa, já que ele está o tempo inteiro empoeirado por conta do clima seco do deserto. Enfim, o filme é perfeito para quem aprecia obras como Corrida Contra o Destino (Vanishing Point – 1971), Fuga Alucinada (Dirty Mary, Crazy Larry – 1974) e, até mesmo, À Prova de Morte (Death Proof – 2006), já que ele nada mais é do que uma grande homenagem ao gênero tão popular nos anos 1960/1970. Histórias simples, muito suspense, pouquíssimos personagens, o sufoco do deserto em conjunto com o desespero de seus mocinhos… É mais um daqueles filmes que fazem os apreciadores de carros esportivos pensarem que nasceram na época errada. O longa-metragem é cheio de falhas técnicas, com direito à imagem do Spielberg na cabine telefônica, no melhor estilo “foi sem querer” e uma sombra super esquisita na lanchonete. Mas Encurralado merece três caipirinhas, para celebrar esse início de carreira cheio de ousadia deste artista tão querido. Quem dera se todo diretor começasse tão bem quanto ele. Muito bom
    anônimo
    Um visitante
    4,5
    Enviada em 8 de julho de 2013
    Steven Spielberg, desconhecido até então, lança seu primeiro longa metragem e já mostra porque ele se tornou o que ele é hoje. Um filme com um bom roteiro, boas atuações e uma fotografia bem interessante. Sem dúvida não é o melhor do Spielberg, mas em momento nenhum decepciona!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top