Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Garfield
    Média
    4,2
    761 notas e 84 críticas
    distribuição de 84 críticas por nota
    13 críticas
    15 críticas
    14 críticas
    17 críticas
    18 críticas
    7 críticas
    Você assistiu Garfield ?

    84 críticas do leitor

    Paulo13
    Paulo13

    Segui-los 43 seguidores Ler as 151 críticas deles

    4,0
    Enviada em 9 de dezembro de 2012
    Uma aventura de comédia animada muita divertida.Vale a pena conferir.
    Dagoberto M.
    Dagoberto M.

    Segui-los 114 seguidores Ler as 202 críticas deles

    3,5
    Enviada em 14 de maio de 2017
    O personagem é delicioso, mas o enredo é muito fraco,sem criatividade e não sabe explorar a força do gato.
    Kamila A.
    Kamila A.

    Segui-los 3562 seguidores Ler as 570 críticas deles

    2,0
    Enviada em 18 de setembro de 2013
    Garfield, provavelmente, é o gato mais conhecido do planeta. As tiras criadas por Jim Davis são veiculadas diariamente em jornais de todo o mundo. No entanto, para aqueles que ainda não estão familiarizados com o universo do gato, o trailer de “Garfield – O Filme”, do diretor Pete Hewitt, já deixou bem claro: Garfield é um gato feio, gordo e que ama a si mesmo. Porém, o que o trailer não mostrou é que Garfield ainda é extremamente egocêntrico, comilão e preguiçoso. Ele possui um senso de humor único, que beira a ironia, algumas vezes. Daí a escolha extremamente acertada dos produtores em contratar o ator Bill Murray (indicado ao Oscar 2004 de Melhor Ator pela sua performance em “Encontros e Desencontros”, da diretora Sofia Coppola) para dublar o gato mais abusado do cinema. Murray É Garfield, exceto pelo fato de que o ator não é gordo e, imagino, preguiçoso. Na versão nacional, Murray foi substituído à altura por Antonio Calloni, ator mais conhecido do público como o Mohamed da novela “O Clone”, de Glória Perez. A história do filme é bem simples: Garfield (em sua espécie digital, bem ao estilo de “Scooby-Doo”) vive à toa na casa de seu dono Jon (Breckin Meyer), fazendo aquilo que mais gosta (comer, dormir, ver televisão e atazanar as vidas dos animais da vizinhança). Jon, podemos dizer, é a versão humana de Garfield, pois, aparentemente, não trabalha, mas vive no maior luxo e desfruta dos bons prazeres da vida; além, é claro, de pegar bastante no pé de Garfield, de quem espera atitudes de um gato normal como perseguir ratos, por exemplo. A única coisa da qual Jon realmente corre atrás é do amor da veterinária de Garfield, Liz (Jennifer Love Hewitt, que andava meio sumida das telas). E é na ânsia de conquistá-la que Jon irá tomar a decisão que vai estremecer a harmonia de sua casa. Ele adota um cãozinho fofo chamado Odie. É impossível não gostar de Odie e ele chama a atenção de todos, principalmente do Doutor Feliz (Happy Chapman, na versão sem dublagens), que participa de um famoso programa de TV vendendo rações para gatos. É óbvio que Garfield não irá gostar nem um pouco de ter que dividir a atenção e o amor de Jon com Odie. A inveja e a raiva que sente pelo cãozinho vão fazer com que Garfield arrume encrencas com Jon e com seus amigos animais, além de uma série de acontecimentos que também farão com que o impossível aconteça: Garfield irá amadurecer. Como falei no início, o traço mais marcante de Garfield é a sua ironia. Com o intuito de fazer um filme que agrade à todos os tipos de público foi necessário transformar esta faceta da personalidade de Garfield. O resultado é que “Garfield – O Filme” é um longa de poucos momentos engraçados, no entanto o filme nunca chega a ser enfadonho. Em outras palavras, “Garfield – O Filme” não está à altura de seu protagonista.
    Lucimaraâ„¢
    Lucimaraâ„¢

    Segui-los 33 seguidores Ler as 139 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Pra os fãs do Garfield este filme é um prato cheio. O Ody realmente rouba a cena, mas o Garfield é ainda o mais importante do filme (claro!). História bem engraçada e não deixa de ser como a das HQs. O Garfield continua sendo o gato mais mimado e preguiçoso do mundo. Só que desta vez ele tem um motivo pra sair da poltrona. Recomendo. - 8,0
    Matthew Samuel Chinstrap-beard
    Matthew Samuel Chinstrap-beard

    Segui-los Ler as 12 críticas deles

    4,5
    Enviada em 24 de outubro de 2020
    Mais um do bau: INFANCIA... NAO ME DIGA SE VOCE NAO VIU QUANDO ERA NOVO!!! A HISTORIA É INCRIVEL E ORIGINAL COMO DO DESENHO.... VALE A PENA REVER...
    SERGIO
    SERGIO

    Segui-los Ler as 37 críticas deles

    0,5
    Enviada em 28 de fevereiro de 2012
    Muito fraco, realmente o sarcasmo que às vezes dá certo nas tiras nâo teve a menor graça nas telas. Talvez a versão legendada seja um pouquinho melhor pelo fato de ter a voz do Bill Murray, mas mesmo assim é duro de assistir, principalmente para as crianças.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top