Meu AdoroCinema
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
Média
4,6
3718 notas e 48 críticas
56% (27 críticas)
23% (11 críticas)
10% (5 críticas)
6% (3 críticas)
4% (2 críticas)
0% (0 crítica)
Você assistiu Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban ?

48 críticas do leitor

Kamila A.
Kamila A.

Segui-los 112 seguidores Ler as 379 críticas deles

4,0Muito bom
Enviada em 09/10/13

Quando as filmagens de “Harry Potter e a Pedra Filosofal” foram iniciadas em 2001, os atores Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint, que interpretam Harry Potter, Hermione Granger e Ron Weasley, respectivamente, eram ainda crianças. Na medida em que a franquia do bruxinho progredia era impressionante de se ver o quanto esses atores foram crescendo. E eles amadureceram no momento certo. “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban”, o terceiro filme da saga do bruxinho, tem uma trama mais densa, sombria e obscura do que a dos outros livros – e filmes – da série. Nela, Harry, que antes era visto sob um prisma de conformidade beirando, às vezes, a apatia; aparece com uma personalidade mais marcante, contestadora e rebelde. A mudança mais significativa, no entanto, decorre do fato de que vemos pela primeira vez em Harry um instinto maior de defesa e de vingança. Nunca a vontade de vingar aquilo que fizeram a seus pais e de machucar aqueles que lhe fazem mal foi tão forte. A trama de “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” é bem simples e retrata a volta de Harry para mais um ano escolar em Hogwarts, depois dos habituais problemas familiares ocorridos nas férias. Sendo que, mais uma vez, Harry se depara com um grande conflito. O prisioneiro mais temido de Azkaban, Sirius Black (Gary Oldman), escapou da prisão e agora está na caça de Harry, por ele ter vencido Lorde Voldemort. Sirius quer matar Harry, por acreditar que, com ele morto, Voldemort voltará à ativa. A fuga de Sirius da prisão deixa um ar mais sombrio e preocupante em Hogwarts. Guardas sinistros passam a proteger a escola (os chamados Dementadores), acontecimentos estranhos começam a ocorrer, pessoas que todos julgavam como mortas reaparecem, enquanto outras desaparecem, ao mesmo tempo em que Harry descobre novos fatos acerca da morte dos seus pais. Mas, nem tudo será sombrio em Hogwarts. As nossas personagens estão amadurecendo e despertando para o amor. Momentos de ternura entre Harry, Hermione e Ron não passam despercebidos, ao mesmo tempo em que se tornam mais freqüentes (especialmente entre os dois últimos). Entretanto, de todos os elementos que provam o amadurecimento da série e das suas personagens, o mais importante de todos foi a troca de direção. Sai Chris Columbus (que continua como produtor dos filmes da série), diretor que dá um ar mais juvenil às suas produções, privilegiando os efeitos em detrimento da história; e entra o ótimo Alfonso Cuarón, diretor de “E Sua Mãe Também”, o qual privilegiou as personagens e atores (a história em si) sem esquecer de destacar os efeitos visuais e especiais. O trabalho de Cuarón foi sensacional e deixou a tarefa de Mike Newell (“Quatro Casamentos e um Funeral”), que dirigiria “Harry Potter e o Cálice de Fogo“, muito mais difícil. Com isso, só quem teve a ganhar foram os fãs do bruxinho.

Gaúcha Bacana
Gaúcha Bacana

Segui-los Ler as 3 críticas deles

3,0Legal
Enviada em 04/05/11

A adaptação do livro pro filme ficou muito pobre, mas ainda sim o filme pareceu compreensível pra quem não leu o livro. Sei de muitas pessoas que acham que este é omelhor filme da série. Mas o que realmente salva o filme são as ótimas atuações do trio do mapa do maroto, principalmente Sirius(Gary Oldman), que está muito seguro no papel! Agora, o livro do Prisioneiro de Azkaban é, na minha opinião o melhor do todos seguido da Ordem da Fênix!!!

Viictor
Viictor

Segui-los 10 seguidores Ler as 8 críticas deles

3,5Bom
Enviada em 05/01/11

Achei muito legal como eles fizeram os Dementadores, deu realmente aquele aspécto frio e medonho.

Daniel
Daniel

Segui-los Ler as 94 críticas deles

1,5Ruim
Enviada em 03/01/04

Eu gostei dos efeitos, e achei o filme bem feito, mas ele perde muita qualidade ao ser comparado com o Livro, está muito mau adaptado, deixando muita coisa sem explicação para quem apenas assistiu os filmes e não leu o livro! Achei muito mau explicado, fui assistir e saí do cinema muito chateado!

Edgard T.
Edgard T.

Segui-los 2 seguidores Ler as 51 críticas deles

1,5Ruim
Enviada em 04/09/15

Disparado o pior filme da saga, pois teve situações muito mal explicadas e confusas...Continuou fazendo alterações no roteiro totalmente desnecessárias. O elenco principal deu uma boa amadurecida e resto manteve a mesma pegada.

Thomas Jefferson
Thomas Jefferson

Segui-los 41 seguidores Ler as 132 críticas deles

5,0Obra-prima
Enviada em 31/01/13

O Terceiro filme da saga Potter e Maravilhoso, cheio de efeitos magníficos. Alfonso Cuarón trouce para o publico uma versão mais sombria e tensa. O Filme e maravilhoso em todos os aspectos.

Vini S.
Vini S.

Segui-los 2 seguidores Ler as 93 críticas deles

5,0Obra-prima
Enviada em 07/12/17

a epoca q filmes eram feitos com tamanha qualidade e inteligencia, pra mim o melhor da franquia com certeza

Luis R.
Luis R.

Segui-los 30 seguidores Ler as 706 críticas deles

3,5Bom
Enviada em 26/10/16

Terceiro filme da franquia tem história que flui num ritmo bom,a base da trama é bastante sensata e interessante,principalmente a parte sobre o feitiço do tempo.

Zé Alexandre
Zé Alexandre

Segui-los 4 seguidores Ler as 45 críticas deles

5,0Obra-prima
Enviada em 09/12/15

Eu considero este filme como o melhor da saga,pelo menos na minha opinião, a história é muito boa,convincente, bons efeitos,criaturas iradas,boas atuações,trilha sonora incrível e tudo mais que um ótimo filme pode ter,recomendo! Nota 10/10

Guilherme V.
Guilherme V.

Segui-los Ler as 3 críticas deles

5,0Obra-prima
Enviada em 25/10/15

Excelente. O cenário, as estações do ano, e mais uma vez.. o cenário é magnifico. A atuação de todos atores em especial da Emma Watson tem uma grande evolução do segundo para o terceiro filme. De todos os filmes do HP esse é o meu favorito, seguido de perto pelo Príncipe Mestiço.

Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top