Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Diário de Bridget Jones
    Média
    4,3
    718 notas e 158 críticas
    distribuição de 158 críticas por nota
    41 críticas
    41 críticas
    39 críticas
    26 críticas
    9 críticas
    2 críticas
    Você assistiu O Diário de Bridget Jones ?

    158 críticas do leitor

    Jonas Furtado Bittencourt
    Jonas Furtado Bittencourt

    Segui-los 1500 seguidores Ler as 550 críticas deles

    3,0
    Enviada em 21 de setembro de 2020
    Apenas uma comédia regular, um entretenimento razoalvelme agradável, que se sustenta quase que inteiramente no talento e carisma de Renée Zellweger. Colin Frith e Hugh Grant também não fazem nada feio, o trio principal tem mesmo uma ótima química que garante momentos muito bons de humor. O problema do filme mesmo é o roteiro muito formulaico, quadrado, que desenvolve uma trama que, ao fim e ao cabo, não tem quase nada de realmente útil para dizer. Mas o bom elenco sustenta bem esta singela comédia romântica do início dos Anos 2000, que acabou fazendo sucesso suficiente para virar uma trilogia.
    Isis Lourenço
    Isis Lourenço

    Segui-los 2786 seguidores Ler as 752 críticas deles

    4,0
    Enviada em 17 de abril de 2016
    Passa ano,entra ano e essa história fica mais atual ainda,adoro toda a sequencia e não tem como não amar e se identificar com a protagonista,comédia romantica,mas não água com açucar.
    anônimo
    Um visitante
    3,0
    Enviada em 19 de dezembro de 2014
    Estamos convidados a explorar e acompanhar pouco a pouco a vida escrita de Bridget Jones.Um começo de uma série onde traz no comando,Reneé Zellweger,como a própria Bridget Jones.É bem fácil analisá-la.Problemática ao extremo,e nunca se decide em algo que quer.Sempre indecisa,Bridget consegue divertir todo o filme,com suas loucas aventuras na maioria das vezes amorosa.Que não sabe se fica com Mark (Colin Firth) ou Daniel (Hugh Grant).Pode sim ser considerado um triângulo amoroso,porque nas indas e vindas eles acabam se esbarrando pela a cidade.Nas festas ou até mesmo no local de trabalho.Renée Zellweger esbanjava boa forma.Tanto nas suas atuações,que ainda estava sendo bem cotada a fazer bons trabalhos.Quanto física,pois ao longo do filme mostra belas curvas que enchem os olhos.Colin Firth faz um papel bem mais interessante do que Hugh Grant.
    olly
    olly

    Segui-los 5 seguidores Ler as 95 críticas deles

    4,5
    Enviada em 10 de maio de 2012
    leve,despretensioso,esse filme é incrível,não perco uma chance de rever.recomendadíssimo.
    Edson Cacimiro
    Edson Cacimiro

    Segui-los 30 seguidores Ler as 29 críticas deles

    4,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    ...* Trilha sonora deliciosa e um elenco de primeira. Muito gostoso de se ver e rever. Pode-se dizer que é a 'vingança' das gordinhas, no bom sentido claro. www.osenhordosfilmes.blogspot.com
    Amanda
    Amanda

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Sabe aquele filme que você já assistiu umas mil vezes e quando passa de novo parece falta de educação não rever, assim é este filme p mim. É um conto de fadas moderno, com uma protagonista linda, mas não perfeita.
    Natália N.
    Natália N.

    Segui-los 2 seguidores Ler as 6 críticas deles

    5,0
    Enviada em 5 de fevereiro de 2018
    ótimo filme, ótima trama! a personagem principal tem uma personalidade que a maioria das mulheres se identifica logo de cara! filme único, vale a pena assistir várias vezes ! adoro
    Francisco Russo
    Francisco Russo

    Segui-los 10698 seguidores Ler as 687 críticas deles

    2,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    "O diário de Bridget Jones" é daqueles filmes que te fazem sair do cinema mais alegre. A história não é nenhuma novidade e você com certeza já a viu em algum outro filme. Mas o grande diferencial aqui é justamente como a história foi contada. Fiquei impressionado com o modo como a trilha sonora se completa com o restante do filme, entrando em cena sempre na hora certa. As músicas, todas grandes sucessos, possuem letras que refletem com exatidão a situação que Bridget vive naquele momento ou ainda seu estado de espírito, o que indica uma grande sensilidade do diretor e de sua equipe musical. Outro ponto a se destacar é o elenco de "O diário de Bridget Jones". Hugh Grant aparece fazendo um personagem bem diferente do bom moço com o qual nos acostumamos a vê-lo e com certeza tem sua melhor atuação até o momento. Renée Zellweger também aparece muito bem em cena, tendo ainda enfrentado o desafio de engordar e emagrecer vários quilos para interpretar o papel-título do filme. Outro grande charme de "O diário de Bridget Jones" é que não vemos nas telas pessoas ideais, mas sim reais. Bridget Jones, por exemplo, está acima do seu peso, fuma e bebe muito e ainda se mete nas mais diversas situações humilhantes apenas porque diz o que pensa sem medir as consequências. Bridget possui defeitos como qualquer outra pessoa e assim também são os personagens que giram ao seu redor, como o de Hugh Grant (conquistador e ao mesmo tempo sentindo um vazio interior), sua mãe (que além de tratar a filha como uma garotinha e viver se intrometendo em sua vida, larga o marido de tantos anos apenas em busca de mais atenção) e tantos outros. Por tudo isso "O diário de Bridget Jones" é um filme divertido, alegre e que te deixa ao menos um pouco mais contente quando você deixa o cinema.
    Eliane
    Eliane

    Segui-los 5 seguidores Ler as 8 críticas deles

    4,5
    Enviada em 3 de março de 2015
    Apesar de já ter visto várias vezes, o filme é maravilhoso.Engraçado, atual, trilha sonora incrível, atuação de Renée ótima.É a pura realidade de uma mulher solteira aos 30 anos e que "mete os pés pelas mãos", na´hilariante jornada de não ser mais uma "solteirona".O livro também vale a pena.É o filme da minha vida!
    Angela P.
    Angela P.

    Segui-los Ler as 19 críticas deles

    1,0
    Enviada em 17 de fevereiro de 2017
    Eu amo comédia romântica e filmes leves, mas esse filme é o fim! Muito ruim mesmo! Quase faltou coragem para terminar de ver. Mulher burra, filme sem diálogos, insuportavelmente chato.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top