Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Um Dia de Fúria
    Média
    4,2
    224 notas e 57 críticas
    distribuição de 57 críticas por nota
    17 críticas
    21 críticas
    8 críticas
    10 críticas
    0 crítica
    1 crítica
    Você assistiu Um Dia de Fúria ?

    57 críticas do leitor

    Jc V.
    Jc V.

    Segui-los 8 seguidores Ler as 60 críticas deles

    4,0
    Enviada em 1 de novembro de 2017
    Um dia de fúria já provoca nossa empatia desde o início, mostrando o estress inerente do trânsito e da rotina metropolitana de forma geral. Quem nunca quis brigar com um atendente do McDonald's? Pois é, é impossível não se ver na pele de Foster (Douglas) várias e várias vezes. Com uma narrativa simples e linear, sem nenhum recurso mirabolante pra atrair a atenção do público o filme investe numa análise social pesada sobre o ser humano contemporâneo, um animal preso entre os instintos simiescos e o microchip de computador. Metade bicho, metade máquina, completamente vazio. Os dois personagens principais são, no final das contas, antíteses por fora mas idênticos por dentro, dois homens no limite da razão. Um se apoia no seu instinto primitivo pra fazer justiça, outro em uma lógica despersonalizada de "dever à ser cumprido". Porém ambos só estão tentando organizar uma situação caótica e insuportável pra escapar da loucura. Enquanto o filme foca no aspecto de suspense psicológico tudo são maravilhas, contudo quando próximo ao fim ele descamba pra um filme policial bruto a narrativa perde vigor. Foster se revela um mero sociopata, não muito complexo e baixo, bem diferente do personagem que projetamos no início do longa. É uma pena.
    Lucas S.
    Lucas S.

    Segui-los 123 seguidores Ler as 204 críticas deles

    3,0
    Enviada em 25 de janeiro de 2014
    Todo mundo tem um dia de fúria, com todas essas situações cotidianas acabam por "estourar", mas Michael Douglas numa interpretação muito boa, foi além. Virou um psicopata.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Segui-los 12660 seguidores Ler as 1 080 críticas deles

    4,0
    Enviada em 7 de maio de 2018
    A cena inicial já retrata a vida de muitos cidadãos, assim como todo o restante da obra. Michael Douglas tem uma belíssima atuação, assim como Robert Duvall faz bem o papel de coadjuvante. O vilão do filme: com certeza o sistema.
    Isis Lourenço
    Isis Lourenço

    Segui-los 2220 seguidores Ler as 749 críticas deles

    4,5
    Enviada em 12 de março de 2016
    É muito bom,filme que retrata a realidade conturbada em que vivemos,claro que nem todos tem essa coragem do protagonista,porém o que ele faz representa muito bem o que muitos de nós gostaríamos de fazer se pudêssemos,falo por mim!
    Maiko D
    Maiko D

    Segui-los 723 seguidores Ler as 303 críticas deles

    4,5
    Enviada em 10 de janeiro de 2015
    Clássico do sbt. Assisti demais quando era criança. Aquele tipo de filme que sempre que passa e a pessoa está à toa tem de assistir. Tenho de assistir novamente para saber se gostarei do mesmo jeito, mas, pela lembrança, é um ótimo filme.
    MichaellMachado
    MichaellMachado

    Segui-los 238 seguidores Ler as 287 críticas deles

    2,5
    Enviada em 19 de setembro de 2020
    Após perde seu emprego e seu casamento, William entra em um surto psicótico, resolvendo com os próprios punho aqueles que entram no seu caminho. O filme não é empolgante, por isso darei 2 estrelas e meia!
    Thiago Petherson
    Thiago Petherson

    Segui-los 72 seguidores Ler as 130 críticas deles

    4,5
    Enviada em 7 de abril de 2014
    Esse filme é fantástico. Uma atuação fenomenal do Michael Douglas, acho que foi sua melhor atuação. Filme bem forte, que vai aumentando de intensidade no seu decorrer. Essa obra não tem época pra se assistir, e se vc ainda não viu, não tenha dúvida que foi épico ...
    Sílvia Cristina A.
    Sílvia Cristina A.

    Segui-los 91 seguidores Ler as 45 críticas deles

    5,0
    Enviada em 25 de fevereiro de 2013
    Pungente crítica sobre a sociedade de consumo e o escárnio com que somos tratados todos os dias , nas mais variadas situações. O personagem de Michael Douglas , muito mais que um homem que enlouquece , representa qualquer pessoa que chega a seu limite; que se enfurece com todos os tipos de violência e abusos sofridos nas grandes cidades. Somos roubados de diversas formas; além dos assaltos convencionais , violência oficial, passível de se fazer um B.O, somos lesados por empresas e comerciantes que fazem propagandas enganosas , superfaturam seus produtos e deixam na boca do cliente/cidadão um gosto de derrota. Muito mais que um filme sobre um homem perdido e desesperado, "Um dia de fúria" é uma feroz crítica à nossa sociedade e de como homens comuns podem ser levados a extremos. Profundamente visceral, angustiante e crítico!
    Rogerio S.
    Rogerio S.

    Segui-los 24 seguidores Ler as 24 críticas deles

    3,5
    Enviada em 4 de março de 2013
    A ideia do filme é perfeita, alguns momentos ele chega ser cansativo...mas mesmo assim nada que apague a atuação de Michael Douglas.
    Fernando S
    Fernando S

    Segui-los 1171 seguidores Ler as 389 críticas deles

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Espetacular! Um filmaço que mostra William Foster tentando ir para casa literalmente em um dia de fúria pelas ruas americanas e vai de fato passando por cima de todos que atravessem seu caminho. O genial do filme é transitar por vários cenários da população americana e poder mostrar muita da hipocresia, das diferenças sociais e as diferenças de comportamento presentes em cada lugar. No caminho para casa vemos a imigração em solo americano e o quão eles não são tão bem aceitos ou vistos com outros olhos pelos cidadãos do país, temos uma gangue de latinos (mexicanos provavelmente), um coreano que tenta levar a vida nos EUA. Vemos também uma crítica em uma lanchonete (ótima sacada a ideia de pagar e não levar o que é oferecido), e também ao governo por ter que construir uma obra para justificar seu orçamento e prejudicando milhares de pessoas por conveniência das autoridades. Perto dali podemos ver a arrogância dos ricos em um clube privado, esbanjando dinheiro e prepotência. Enfim, passamos por vários tipos de pessoas, que convivem na mesma redondeza, e nos deparamos com as mentiras e situações de nosso dia-a-dia, especialmente com a violência. Uma incrível crítica à sociedade em um suspense fantástico, cheio de frases memoráveis, sarcasmo afiado. Grande interpretação de Michael Douglas, entregando aqui uma das melhores de sua carreira, e coadjuvado muito bem, especialmente por Robert Duvall. É um filme em que o suspense vai crescendo cada vez mais, e nos envolve de uma maneira que você fica vidrado querendo desvendar o final, que aliás é memorável. Um verdadeiro clássico dos anos 90, um dos melhores de Joel Schumacher. Destaque especial também para a edição precisa e para a trilha impecável do sempre fenomenal James Newton Howard. Imperdível, e que vale principalmente pelas críticas e constatações presentes nas entrelinhas. Um filme de tirar o fôlego!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top